terça-feira, 31 de agosto de 2010

Como você é visto? II

[Um bom Exemplo]

“Quanto a Demétrio, todos lhe dão testemunho, até a própria verdade, e nós também damos testemunho; e sabes que o nosso testemunho é verdadeiro”. (3 João 12)

O apóstolo João primeiramente fala a respeito de Gaio (vv.1-8, que será tratado no próximo texto), depois a respeito de Diótrefes (vv. 9-10). No versículo 12, em contraste com Diótrefes, João em poucas palavras fala quem era Demétrio e como o via, para João Demétrio era um cristão modelo, ele era exemplo: Pelo bom testemunho e Pela boa reputação; Se alguém fosse escrever uma carta sobre você, o que escreveriam?

O versículo 11 após ter mencionado quem era Diótrefes, João faz uma recomendação para Gaio: “Amado, não imites o que é mau, senão o que é bom. Aquele que pratica o bem procede de Deus; aquele que pratica o mal jamais viu a Deus”.

Noutras palavras: “Querido amigo Gaio, não deixe que este mau exemplo influencie você. Siga só o que é bom. Lembre-se que aqueles que fazem o bem provam que são filhos de Deus; e aqueles que continuam no mal provam que estão longe de Deus. Entretanto, quer imitar alguém? Imite Demétrio, que tem bom testemunho. Todos dão testemunho dele, até a própria verdade, inclusive eu também dou e você sabe muito bem que digo a verdade”.

sábado, 28 de agosto de 2010

Como você é visto?

[Um cara Mal]

Estamos estudando no PG Jovem (Pequeno Grupo Jovem) de minha igreja a 3ª carta escrita por João e basicamente a carta menciona o testemunho de 3 líderes: “Gaio”, “Diótrefes” e “Demétrio”. Na carta são abordados temas importantes que um cristão deve exercer como a “Sinceridade”, o “Amor”, a “Hospitalidade” e o “Caráter Cristão”. E alertas quanto a comportamentos errados que não devemos jamais praticar. A pergunta chave do estudo é... Se alguém fosse escrever uma carta sobre você, o que escreveriam?

Pensa num cara mala? Pensou? Pois é este era fichinha para Diótrefes. Veja quem ele era segundo a ótica de João.
9 Escrevi alguma coisa à igreja; mas Diótrefes, que gosta de exercer a primazia entre eles, não nos dá acolhida.  10 Por isso, se eu for aí, far-lhe-ei lembradas as obras que ele pratica, proferindo contra nós palavras maliciosas. E, não satisfeito com estas coisas, nem ele mesmo acolhe os irmãos, como impede os que querem recebê-los e os expulsa da igreja”.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Quem vence?


16 Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne.  17 Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer”. (Gálatas 5.16-17)

O apóstolo Paulo sabia muito bem o que estava dizendo, certa vez ele abriu o seu coração dizendo: “Não entendo o que faço, pois não pratico o que quero e sim o que odeio... Agora, porém, não sou eu mais que faço isso, mas o pecado que habita em mim... Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; pois o querer o bem está em mim, mas não o realizá-lo... Pois não faço o bem que quero, mas o mal que não quero”. (Romanos 7.15, 17, 18, 19).

Esta semana eu aconselhei um jovem que estava exatamente com esta crise. Ele não se perdoava em cair no mesmo pecado sempre. Disse ele, que pecava, pedia perdão, mas sempre volta a cair. O que disse para ele é que esta luta não é somente dele, mas de todos nós que desejamos agradar a Cristo e que bom que ele permitia que o Espírito Santo ainda falasse ao seu coração e ele ainda conseguia reconhecer que estava pecando e que estava arrependido pelo pecado. Devemos estar atentos, pois “o pecado jaz em nossa porta”!

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Oportunidades de Deus


“Há coisas que não se explicam apenas se crê”. Creio que assim que deve ser e o que nos resta como servos, é obedecer à voz do Mestre. Então, fiquei pensando por esses dias na forma curiosa e interessante de como Deus age em sua soberana vontade quando chama alguém para realizar seu propósito. “Ele escolhe as pessoas certas, para funções especificas, nos lugares e tempo certo”.

Moisés por exemplo: Deus o levantou para libertar o povo de Israel da escravidão do Egito e depois ele teria que conduzir o povo até a terra prometida. E nesta missão o povo peregrinou por 40 anos e passaram por muitas coisas. Ao chegar na terra, a sua missão acabará e agora Deus levanta outro líder, Josué. Sua missão era encorajar o povo para conquistar a terra de Canaã.

sábado, 7 de agosto de 2010

Jovens.... qual a tua?

Este mês de Agosto (na CBB – Convenção Batista Brasileira, da qual faço parte), comemoramos como o mês da Juventude Batista e este texto é uma pastoral que fiz agora para a minha igreja, direcionado aos Jovens e adolescentes. Espero que gostem...

A OPÇÃO DE SEGUIR JESUS... MAS COM COMPROMISSO E RESPONSABILIDADE.

Jorge era uma pessoa inteligente e super agradável. Destacava-se em qualquer modalidade esportiva. Era carismático e muito engraçado, tanto que os adolescentes e jovens da igreja adoravam estar com ele. Na verdade, quando Jorge começou a participar do grupo de jovens tinha 17 anos. Não era muito dedicado e comprometido, apesar da família ser membro da igreja desde quando ele nasceu. Aos poucos sua freqüência começou a aumentar. Ele estava ansioso em aprender mais sobre como seguir a Deus e fazer amizades.

Assim, não demorou muito e estava participando de um grupo de estudos bíblicos da Escola Dominical e de outras atividades da igreja. Logo, tornou-se líder dos jovens e adolescentes e como líder, vivia incentivando e motivando os que tocavam instrumentos e cantavam a melhorar cada vez mais. Conseqüentemente o grupo cresceu contando com a colaboração de todos. Na igreja todos admiravam Jorge pelo empenho e dedicação. Estava em todo lugar e fazia um pouco de tudo, sempre estava pronto para ajudar.