quarta-feira, 29 de junho de 2016

#SALMO 5 – parte 5

Estudos em Salmos
Salmo 5 “A ORAÇÃO DE UM AFLITO” – Parte 5

5ª ESTROFE – “ALENGREM-SE” (vv. 11-12)
11 Alegrem-se, porém, todos os que se refugiam em ti; cantem sempre de alegria! Estende sobre eles a tua proteção. Em ti exultem os que amam o teu nome. 12 Pois tu, Senhor, abençoas o justo; o teu favor o protege como um escudo.

Seus inimigos serão condenados (v.10), pelo menos isso é o que Davi deseja e confia, “mas”...  Como será com os servos do Senhor? O texto diz que “todos os que confiam no Senhor podem se alegrar, porque Deus os defenderão”. A ideia é para se alegrar mesmo em meio ou diante das injustiças e tristezas, pois o justo verá a alegria, conforme disse Davi “o choro pode durar uma noite, mas o cântico de júbilo vem de manhã” (Sl 30.5).

quinta-feira, 23 de junho de 2016

#SALMO 5 – parte 4

Estudos em Salmos
Salmo 5 “A ORAÇÃO DE UM AFLITO” – Parte 4

4ª ESTROFE – “CONDENA -OS” (vv. 9-10)

No v. 9 Davi descreve como são os seus inimigos: “Nos lábios deles não há palavra confiável; suas mentes só tramam destruição. Suas gargantas são um túmulo aberto; com suas línguas enganam sutilmente”.

Imagine descobrir que você está rodeado de pessoas assim? Davi fala dos “lábios, garganta, língua”, órgãos utilizados para emitir sons, Tiago fala da língua, um órgão pequeno, mortífero e difícil de ser domado (Tg 3.1-12), contudo o problema mesmo é o interior do homem que é corrupto, suas mentes só tramam destruição, morte e engano, portanto, não são pessoas confiáveis. Conforme Jeremias 9.8: “A língua deles é uma flecha mortal; eles falam traiçoeiramente. Cada um mostra-se cordial com o seu próximo, mas no íntimo lhe prepara uma armadilha”.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Ser Bênção

Ser Bênção

"Então o Senhor disse a Abrão: "Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que eu lhe mostrarei. "Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção" Gênesis 12.1-2

Noutra versão, "SÊ tu uma bênção". Deus deu uma missão a Abrão, que se tornou cumprindo a promessa de Deus em "Abraão", Pai de uma grande nação. Deus tem planos para todos nós, com certeza são planos diferentes, mas um único objetivo, glorificar a Deus, levar pessoas a se aproximarem de Deus.

terça-feira, 21 de junho de 2016

Um bom lugar!


Um bom lugar!

"Em verdes pastagens me faz repousar e me conduz a águas tranquilas" (Salmo 23.2)

Que lugar é para você um bom lugar? O mundo está tão barulhento e perturbador que é fácil perceber que as pessoas não conseguem de fato repousarem em paz e tranquilidade. Na verdade elas se escondem em seu mundo “perfeito” e pensam não precisar de Deus. Apoiam-se em sua própria inteligência fazendo aqueles discursos prontos e previsíveis para tentar zombar de Deus e da religião.

Contudo, nos momentos de dor, de frustração, de sofrimento e desespero se veem numa situação sem saída, perdem o chão, isso acontece exatamente por não terem um fundamento sólido e seguro. Não conhecem a Rocha.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Palavras de Ânimo


Palavras de Ânimo

“Disse Davi a Salomão, seu filho: Sê forte e corajoso e faze a obra; não temas, nem te desanimes, porque o SENHOR Deus, meu Deus, há de ser contigo; não te deixará, nem te desamparará, até que acabes todas as obras para o serviço da Casa do SENHOR” (1 Crônicas 28.20).

O rei Davi havia feito de tudo para construir o templo do Senhor, mas o Senhor falou que não seria ele o construtor – então preparou tudo para que seu filho Salomão o fizesse – obedeceu às regras estabelecidas e descansou em paz. Tenho ouvido dizer que "tudo que é bom dura pouco". Eu diria que “tudo que é bom dura para sempre”. O que você pensa sobre isto?

domingo, 12 de junho de 2016

#SALMO 5 – parte 3

Estudos em Salmos
Salmo 5 “A ORAÇÃO DE UM AFLITO” – Parte 3

3ª ESTROFE – “EU, PORÉM” (vv. 7-8)
7 Eu, porém, pelo teu grande amor, entrarei em tua casa; com temor me inclinarei para o teu santo templo. 8 Conduze-me, Senhor, na tua justiça, por causa dos meus inimigos; aplaina o teu caminho diante de mim.

Voltando um pouco no v.4: “... contigo o mal não pode habitar”. Deus não aceita quem faz o mal, na versão NTLH: “Tu não permites que os maus sejam teus hóspedes”. O oriental é conhecido pela hospitalidade, mas com este tipo de gente Deus não é gentil. Ele é justo.

sábado, 11 de junho de 2016

#SALMO 5 – parte 2

Estudos em Salmos
Salmo 5 “A ORAÇÃO DE UM AFLITO” – Parte 2

2ª ESTROFE – “TU ÉS JUSTO” (vv. 4-6)
4 Tu não és um Deus que tenha prazer na injustiça; contigo o mal não pode habitar. 5 Os arrogantes não são aceitos na tua presença; odeias todos os que praticam o mal. 6 Destróis os mentirosos; os assassinos e os traiçoeiros o Senhor detesta.

Quem é Deus para você? A imagem que se tem de Deus faz toda a diferença para a vida. Já conversei com muitas pessoas que tem a imagem distorcida de Deus. Viveram frustrações, decepções e traumas que transferem para Deus como se ELE fosse culpado pela dor que viveu. Usando a frase: “Se Deus me ama, então porque ELE permitiu que eu passasse por tal coisa?”.

sexta-feira, 10 de junho de 2016

#SALMO 5 – parte 1

Estudos em Salmos
Salmo 5 “A ORAÇÃO DE UM AFLITO” – Parte 1

Introdução
O Salmo 5 é basicamente um lamento que contém declarações de inocência, de confiança, de reconhecimento de quem Deus é e faz pelos justos e ímpios, Davi ora pedindo proteção. Ele estava na presença do Senhor quando colocou seus inimigos diante dele. Suas orações têm duas grandes preocupações: “Ajuda-me e destrói meus inimigos”. Davi estava aflito. O salmo tem cinco estrofes. Em três ele fala diretamente com Deus, em duas ele fala dos inimigos.

1ª ESTROFE – “ESCUTA, SENHOR” (vv. 1-3)
2ª ESTROFE – “TU ÉS JUSTO” (vv. 4-6)
3ª ESTROFE – “EU, PORÉM” (vv. 7-8)
4ª ESTROFE – “CONDENA -OS” (vv. 9-10)
5ª ESTROFE – “ALENGREM-SE” (vv. 11-12)

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Praticando a Vontade de Deus

Praticando a Vontade de Deus

“Não que eu já tenha obtido tudo isso ou tenha sido aperfeiçoado, mas prossigo para alcançá-lo, pois para isso também fui alcançado por Cristo Jesus” (Filipenses 3.12).

A Vontade de Deus é boa, perfeita e agradável, sabemos disso! Como filhos de Deus temos que ter o desejo de aprender a vontade de Deus. Contudo se isso ficar apenas no campo da vontade, do desejo, do querer e não tiver AÇÃO, de que vale?

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Desejo de Aprender

Desejo de Aprender

“Ensina-me a fazer a tua vontade, pois tu és o meu Deus; que o teu bondoso Espírito me conduza por terreno plano” (Salmos 143.10).

Pensando em fazer o que se gosta, se fosse dizer algumas coisas que gosto, talvez criaria uma lista bem grande, enorme, com muitas coisas que gosto. Mas uma das coisas que mais gosto é de aprender. Qualquer assunto que possa me edificar, gosto de aprender. Mas existe algo que é superior a qualquer ensinamento, é sublime, excelente, refiro-me a vontade de Deus.

sábado, 4 de junho de 2016

A Vontade de Deus

A Vontade de Deus

A Bíblia diz que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável (Romanos 12.2). Mas ela é boa, perfeita e agradável na perspectiva de Deus, na Ótica de Deus, no prisma de Deus e não na do homem, pois o homem não vê como Deus vê, nem o que Ele vê e jamais verá.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

#SALMO 4 – parte 3

Estudos em Salmos
Salmo 4 “UMA ORAÇÃO EM MEIO A ANGÚSTIA” – Parte 3

3. DAVI LOUVOU A DEUS POR TER OBTIDO UMA PERSPECTIVA CORRETA (vv. 6-8).
"6 Muitos perguntam: "Quem nos fará desfrutar o bem?" Faze, ó Senhor, resplandecer sobre nós a luz do teu rosto! 7 Encheste o meu coração de alegria, alegria maior do que a daqueles que têm fartura de trigo e de vinho. 8 Em paz me deito e logo adormeço, pois só tu, Senhor, me fazes viver em segurança".

No versículo 6: “Bem”. Heb.: tôv, “bom”, uma “coisa boa”. Quem não gosta de coisas boas? Na versão da BLH: “Há pessoas que oram assim: Dá-nos mais bênçãos, ó SENHOR Deus, e olha para nós com bondade”. Elas querem "o bem" tôv, "as coisas boas", querem felicidade, querem bênçãos, mas será que querem o Deus das bênçãos? Muitos buscam apenas as bênçãos e não o Deus que abençoa.