quarta-feira, 16 de julho de 2014

JUDAS – Batalhar pela fé – 04

Mensagem do dia 16/07/2014 (quarta-feira) – Igreja Batista Central em Toledo

3 Amados, embora estivesse muito ansioso por lhes escrever acerca da salvação que compartilhamos, senti que era necessário escrever-lhes insistindo que batalhassem pela fé uma vez por todas confiada aos santos. 4 Pois certos homens, cuja condenação já estava sentenciada há muito tempo, infiltraram-se dissimuladamente no meio de vocês. Estes são ímpios, e transformam a graça de nosso Deus em libertinagem e negam Jesus Cristo, nosso único Soberano e Senhor” (Judas 1.3-4).

Uma preocupação de Judas. Batalhar pela fé. Mas porque devemos batalhar pela fé? No versículo 4 Judas explica a razão da peleja. Ele diz que “certos homens infiltraram-se dissimuladamente no meio da igreja, ele diz que são ímpios, e transformam a graça de nosso Deus em libertinagem, e ainda negam Jesus Cristo, que é o nosso único Soberano e Senhor”. Vamos analisar por partes.

A batalha é legítima. Hoje em dia vemos pessoas batalhando por coisas que não deveriam batalhar. Brigando por coisas que não deveriam brigar. A igreja tem virado uma espécie de “octógono”, onde as pessoas disputam entre si por poder e por causa da vaidade enquanto as coisas realmente importantes são deixadas de lado. Eis uma boa pergunta: Que batalha você luta? Judas é bem claro, ele queria escrever sobre coisas mais agradáveis, sobre a salvação, sobre a vida cristã, mas ele sentiu esta necessidade de “... escrever-lhes insistindo que batalhassem pela fé uma vez por todas confiada aos santos”.

terça-feira, 15 de julho de 2014

Entendimento para Frutificar

Entendimento para Frutificar

“As tuas mãos me fizeram e me formaram; dá-me entendimento para aprender os teus mandamentos” (Salmos 119.73).

“Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim” (João 15.4).

Num mundo onde é mais fácil acreditar que o homem veio do macaco, encontramos na PALAVRA de DEUS, o salmista reconhecendo que foi criado pelas mãos do SENHOR, o Deus todo poderoso, criador e sustentador do universo. E não apenas isso, ele almeja ter entendimento para aprender os teus mandamentos. Se está difícil crer em Deus, imagine então obedecer aos seus mandamentos?

O mundo está cada vez mais incrédulo, porém eu até diria que é preciso ter muito mais “fé” para crer que o homem veio do macaco do que crer num DEUS criador de todas as coisas. O salmista revela seu desejo por mais entendimento das coisas do Senhor e já demonstra ter sabedoria por saber quem Deus é, e quem ele é.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

JUDAS – Misericórdia, paz e amor – 03

Mensagem do dia 09/07/2014 (quarta-feira) – Igreja Batista Central em Toledo

Vimos que a princípio Judas e seus irmãos rejeitaram Jesus como Messias, (Jo 7.2-5; Mt 13.55-57; Mc 6.3-4). Mas após a ressurreição, todos eles passaram a crer (Atos 1.14) e Judas em particular tornou-se um grande servo de Jesus. É assim que ele se apresentou em sua carta: “Judas, servo de Jesus Cristo”. Hoje vamos analisar a saudação da carta de Judas.

1 Judas, servo de Jesus Cristo e irmão de Tiago, aos que foram chamados, amados por Deus Pai e guardados por Jesus Cristo: 2 Misericórdia, paz e amor lhes sejam multiplicados” (Judas 1.1-2).

quarta-feira, 2 de julho de 2014

JUDAS – O incrédulo que se tornou Servo – 02

JUDAS – O incrédulo que se tornou Servo – 02
Mensagem do dia 02/07/2014 (quarta-feira) 
Igreja Batista Central em Toledo

A Epístola de Judas tem um tom forte e exortativo. Foi escrita para alertar e advertir a igreja em relação à apostasia, a imoralidade de incrédulos pervertidos e as heresias de homens que estavam no seio da igreja. Este é o foco: falsos cristãos dentro da igreja. O Apocalipse fala do inimigo externo e Judas fala do inimigo interno. Este é o inimigo mais nocivo para a igreja. Cuidado com falsos mestres! Causam mais males que os incrédulos. Eles estavam pondo em perigo a fé genuína e a sã doutrina ensinada outrora.

terça-feira, 1 de julho de 2014

Versículos do Dia - Um convite intencional

Versículos do Dia - Um convite intencional.

“Venham! Cantemos ao Senhor com alegria! Aclamemos a Rocha da nossa salvação” (Salmos 95.1).

“... ao único Deus sábio seja dada glória para todo o sempre, por meio de Jesus Cristo. Amém” (Romanos 16.27).

O salmo 95 era um hino processional, cantado durante a procissão do povo indo ao templo na festa dos tabernáculos (Dt 31.11). Depois que o povo chegava ao templo, a Lei era lida para o povo. O salmo é um convite: vamos ao templo louvar a Iahweh pelo que ele fez!