quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

#Pare e Reflita: Ouvir e Praticar

Ouvir e Praticar

"Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos" (Tiago 1.22).

Pare e reflita: O que sabemos e o que acreditamos não significam muita coisa se não afetam como vivemos em nosso cotidiano. Puro e simples, a fé não vivida diariamente não é fé; é uma fachada. Assim como Jesus nos disse que devemos praticar o que aprendemos dEle, seu irmão Tiago nos lembra a mesma coisa: quando aprendemos a verdade da palavra de Deus, só resta uma coisa para fazer: praticá-la!

sábado, 5 de dezembro de 2015

Ame ao seu próximo!

Pastoral: Ame ao seu próximo!

"O ódio provoca contendas, mas o amor cobre todos os pecados" (Provérbios 10.12).

Qual é melhor? Amar ou Odiar? Tanto o amor quanto o ódio são sentimentos que brotam do coração. Eles são opostos consequentemente produzem resultados diferentes. Se o ódio provoca contendas, o amor cobre os pecados. Se o ódio expõe os defeitos das pessoas, o amor cobre os defeitos e ressalta as qualidades. Se o ódio afasta as pessoas, o amor as aproxima. Se o ódio cava abismos, o amor constrói pontes.

domingo, 29 de novembro de 2015

De Volta ao Lar


Pastoral: “DE VOLTA AO LAR”
Texto: João 14.1-6

          Vocês já repararam que o conceito de “LAR” é muito mais que familiar para nós? Diria que é essencial em nossas vidas. Quando estou fora de casa (não sei vocês), mas eu quero voltar o mais rápido possível para o meu Lar. O ser humano tem nele um desejo de voltar ao LAR. Deus criou um lar perfeito, mas o homem pecou e ficou longe do seu lar. Todavia, Deus preparou um “Novo Lar”, e Jesus está falando sobre este lar. Sentimos falta Dele (João 14.1-3).

sábado, 10 de outubro de 2015

Verdadeiramente Discípulos



O Evangelho de João – “Verdadeiramente Discípulos”
Mensagem do dia 10/10/2015 (Dom/Noite) – Igreja Batista Central em Cascavel
Texto: João 8.31-59
Introdução
Como já sabemos, e foi mencionado, o Evangelho de João não faz parte dos sinóticos. João faz teologia e não biografia, como é o caso de MT. MC. e LC. A Tese de João é provar a divindade de Jesus e por isso o evangelho tem um “prólogo”, um resumo de sua obra (1.1-18). Depois vem o que chamamos de períodos, são 3 períodos.

1º.   O período da consideração (1.19 - 6.71) – Jesus é apresentado como o Filho de Deus. Jesus se revela como o Messias, o Cristo, aos discípulos, judeus, samaritanos, aos líderes judeus e também aos gentios e a multidão, realizando os 5 primeiros sinais, mas também João mostra que ainda não estava na hora de Jesus ser glorificado. V. 2.4: “Ainda não é chegada a minha hora”.

2º.   O período de conflito (7.1 - 12.50) – Nos capítulos 5 e 6 encontramos o início da oposição de dos judeus contra Jesus. Mas é à partir do capítulo 7 ao 12 que a coisa fica mais intensificada. Os judeus viram os sinais de Cristo e ouviram Sua pregação; agora começa seu conflito com Cristo acerca de Moisés, de Abraão, da sua alegação de ser o Filho de Deus e acerca do seu poder. Mas por via das dúvidas, “Ninguém lançou mão dele, porque ainda não era chegada a sua hora” (7.30).

3º.   O período de clímax (13.1 - 21.25) – E por fim o 3º período O período de clímax (13.1 - 21.25). Quando inicia a preparação para a Cruz, a contínua incredulidade dos judeus, a crucificação, ressurreição e as aparições de Jesus ressurreto. “Sabendo Jesus que já era chegada a sua hora” (13.1); “Pai, é chegada a hora” (17.1).

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Esperança?


Esperança?

Hoje estive pensando nesta palavra: “ESPERANÇA”.

Qual a tua esperança? O que você almeja? Sonha? Uma das reflexões que fiz é que infelizmente hoje, há muitas pessoas sem esperança alguma e isso é muito triste. O ser humano precisa de ter esperança. Porque a esperança nos faz viver, alimenta sonhos, ela nos traz a alegria e satisfação, nos dá ânimo para alcançar nossos sonhos, cumprir as metas, nos dá uma boa perspectiva de futuro, nos faz acreditar que amanhã será diferente e melhor.

Contudo, outra coisa que pensei foi: Para que serve a esperança somente neste mundo?

Preocupa-se comigo



Preocupa-se comigo

Quanto a mim, sou pobre e necessitado, mas o Senhor preocupa-se comigo. Tu és o meu socorro e o meu libertador; meu Deus, não te demores! (Salmo 40.17).

Mesmo sendo quem eu sou, o Senhor preocupa-se comigo. Diante de Deus somos pobres e necessitados, carecemos de sua Graça e Misericórdia. Nós somos totalmente dependentes Dele como uma criança depende de seus Pais. Ele se importa conosco, Ele vê a nossa dor, se compadece da nossa situação.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

#002 - Fazendo a Diferença - FOME DE QUE?

Estamos em Obra

Estamos em Obra

“Estou convencido de que aquele que começou boa obra em vocês, vai completá-la até o dia de Cristo Jesus” (Filipenses 1.6).

Deus não faz nada pela metade e também nunca usa remendos para a transformação de nossas vidas. Ele faz uma obra perfeita, sem defeitos e sem erros. Contudo, para ver, para enxergar a obra de Deus como Ela é, precisamos olhar com o SEU prisma, pois o homem pecador e imperfeito só verá as imperfeições dos outros.

domingo, 16 de agosto de 2015

Conhecidos na História

Conhecidos na História
Mensagem do dia 16/08/2015 (Domingo-Noite) – Igreja Batista Pioneira em Cascavel PR
Textos: Números 13.4-16; 2 Crônicas 21.20; 3João.
Introdução
Eu tenho pensado muito referente este tema, inclusive já preguei nele outras vezes e gostaria de pensar juntamente com os irmãos sobre como seremos conhecidos na história. Afinal de contas, estamos vivendo as nossas vidas dia após dia e fico pensando que tipo de imagem as pessoas tem de nós. Por isso, iremos refletir sobre quem nós somos diante de Deus e das pessoas e como seremos lembrados na história. Há um princípio importante que eu quero que os irmãos guardem: “A vida fala mais que as palavras”.

Mas antes de entrar no tema propriamente dito, para começarmos com a imagem real de quem nós somos diante do Senhor e das pessoas, reflitamos: Quem nós Somos? Como é que a Bíblia nos chama? Quem é o cristão? Como o cristão é visto por Deus à Luz de sua Palavra? A Bíblia diz que:

Qual a tua esperança?


2ª Timóteo 4 – Qual a tua esperança?
Mensagens em 2 Timóteo – Igreja Batista Central de Cascavel 
(16/08/2015 – Domingo/Manhã)

v.8.: “Já agora a coroa da justiça me está reservada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele DIA; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda”

Introdução
Qual tua esperança? O que vocês esperam de Deus e na Eternidade? Vocês pensam na eternidade? Há uma grande realidade, nós invertemos as coisas: “Vivemos o passageiro como se fosse eterno”.

O apóstolo Paulo noutra ocasiçao disse que nós não somos daqui, “nossa pátria, nossa cidadania está nos céus, de onde esperamos ansiosamente um Salvador, o Senhor Jesus Cristo”. E disse ainda que se a nossa esperança está somente direcionada para esta vida, estes homens são os mais dignos de compaixão (1 Coríntios 15.19)

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Cego, mesmo vendo?


Cego mesmo vendo?

Existe um ditado popular que afirma assim: “o que o olho não vê, o coração não sente”, penso que isso pode ser a base para algumas inverdades perigosas. Uma delas, por exemplo, é acreditar que as informações fornecidas pela visão são infalíveis e totalmente seguras, mas não o são, por vezes nossos olhos nos pregam peças.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Como um Presente


Como um Presente

"Assim como o perfume e incenso trazem alegria ao coração; do conselho sincero do homem nasce uma bela amizade" (Provérbios 27.9).

A amizade é poderosa. Amigos podem encorajar, inspirar e nos ajudar a sermos cristãos melhores. Eles também podem nos acalmar em momentos de stress, de preocupação e nervosismo. Podem nos ajudar a se aproximar de Deus, mas também pode fazer tudo o oposto de tudo que falei.

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Dependemos de Deus?


Dependemos de Deus?

Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês", diz o Senhor... Então vocês clamarão a mim, virão orar a mim, e eu os ouvirei... Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração (Jeremias 29.11-13)

Sobre a necessidade de Deus. É muito mais comum o ser humano “buscar” a Deus na dor do que nos momentos bons e de alegria, pois quando as coisas vão bem, se esquecem de Deus. Mas e o cristão, age assim também? Bom, cada um responderá por si mesmo, mas a verdade é que quando nos encontramos em meio a um conflito, quando buscamos por uma solução, recorremos a Deus em oração.

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Fique conosco?


Fique conosco?

Mas eles insistiram muito com ele: "Fique conosco, pois a noite já vem; o dia já está quase findando". Então, ele entrou para ficar com eles (Lucas 24.29).

Reflita: Embora o ser humano não reconheça (digo alguns), existe um desejo profundo por Deus. O ser humano não foi criado para ficar só, foi criado para ser sociável e ter relacionamentos interpessoais e acima de tudo criado para ter um relacionamento íntimo e pessoal com Deus. Por isso há nele este desejo, e ao mesmo tempo uma espécie de medo caso a sensação de abandono tome seu coração. Mas Deus não nos abandona em Deuteronômio 31.8 diz: “O próprio Senhor irá à sua frente e estará com você; ele nunca o deixará, nunca o abandonará. Não tenha medo! Não se desanime!"

sábado, 1 de agosto de 2015

Somente Na Graça de Cristo


Somente Na Graça de Cristo

"Portanto, você, meu filho, fortifique-se na graça que há em Cristo Jesus" (2 Timóteo 2.1)

Reflita: Assim como o apóstolo Paulo deseja motivar Timóteo para que ele esteja firme e fortalecido na vida cristã, eu também desejo para todos vocês, mas isso só é possível através da GRAÇA que há somente em Cristo Jesus.

Paulo sabia do que estava falando, a Graça de Deus nos basta, ela é suficiente para nos fortalecer, foi o que ele ouviu de Jesus em 2 Coríntios 12.9a: "Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza".

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Deus Supre os Seus


Deus Supre os Seus

"Pois o Senhor, o seu Deus, os tem abençoado em tudo o que vocês têm feito. Ele cuidou de vocês em sua jornada por este grande deserto. Nestes quarenta anos o Senhor, o seu Deus, tem estado com vocês, e não lhes tem faltado coisa alguma" (Deuteronômio 2.7).

Simão respondeu: "Mestre, esforçamo-nos a noite inteira e não pegamos nada. Mas,
porque és tu quem está dizendo isto, vou lançar as redes" (Lucas 5.5).

Reflita: Duas situações, no AT o povo foi suprido em todo tempo, mesmo debaixo de muita reclamação e incredulidade do povo. No NT Simão diz que a pesca foi horrível, não pescaram nadinha, mas com a presença de Jesus, mediante as suas palavras, agora havia uma convicção e uma esperança. Eis a grande lição, Deus sempre supre os teus independente de qualquer coisa ou situação. Deus tem lhe sustentado?

terça-feira, 21 de julho de 2015

Como uma criança

Como uma criança

Salmos 131.1-3: 1 Senhor, o meu coração não é orgulhoso e os meus olhos não são arrogantes. Não me envolvo com coisas grandiosas nem maravilhosas demais para mim. 2 De fato, acalmei e tranqüilizei a minha alma. Sou como uma criança recém-amamentada por sua mãe; a minha alma é como essa criança. 3 Ponha a sua esperança no Senhor, ó Israel, desde agora e para sempre!

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Simplesmente Ama


Simplesmente Ama

O encantador Salmo 116 comove pelo seu começo, que dá o tom de toda a experiência do salmista: "Amo o Senhor Deus". Só então o salmista anuncia as suas dificuldades. Isso mostra que ele enfrenta os seus problemas na perspectiva da fé, tudo o que ele diz vem desta convicção. Esta é a mensagem central do salmo, o salmista ama a Deus por quem o Senhor Deus é em sua vida e por causa de sua experiência pessoal com ele. Assim, se não recebe dele o que espera, Deus continua sendo o seu Senhor e ele vai continuar a amar o seu Deus. Assim deveria ser o sentimento e a postura de todos nós.

sábado, 18 de julho de 2015

Consolo nas Tribulações – 03

Consolo nas Tribulações – 03

Vimos que seremos sofreremos tribulações, isso é inevitável ao ser humano. Passaremos por tribulações, mas também seremos consolados por Deus. E ainda temos uma terceira verdade baseada em (2 Coríntios 1.3-4).

3ª Verdade: Vamos consolar os atribulados.
O final do versículo 4 diz: “... para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações”

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Consolo nas Tribulações – 02

Consolo nas Tribulações – 02

Vimos que seremos sofreremos tribulações, isso é inevitável ao ser humano...

2ª Verdade: Seremos consolados por Deus.
O texto diz: 3 Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, 4 que nos consola em todas as nossas tribulações...”

Bendito seja Deus, que enviou seu Filho Jesus o Cristo, para nos salvar. O “PAI das misericórdias”. Sabemos que a razão de não sermos consumidos são as grandes misericórdias do Senhor (Lm 3.22). O Salmo 103. 13-14: 13 Como um pai tem compaixão de seus filhos, assim o Senhor tem compaixão dos que o temem; 14 pois ele sabe do que somos formados; lembra-se de que somos pó”. Sua misericórdia dura para sempre, nós não merecemos, mas Ele age com misericórdia, porque é o PAI das misericórdias.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Consolo nas Tribulações - 01

Consolo nas Tribulações - 01

Introdução
Nesses últimos dias, tenho pensado muito numa palavra, “CONSOLAÇÃO”, mas junto dela penso também noutra, TRIBULAÇÃO. Acredito que este texto (2 Coríntios 1.3-4) expressa muito bem o que sentimos nos momentos de tribulações, de tristezas, de dor e sofrimento, contudo eu creio que podemos extrair coisas boas das coisas ruins, podemos pensar em lições preciosas para as nossas vidas.

Vamos pensar em pelo menos 3 VERDADES delas: A 1ª Verdade: É que Passaremos por tribulações; a 2ª Verdade: É que seremos consolados por Deus; e a 3ª Verdade: É que temos a oportunidade de consolar aqueles que estiverem atribulados.

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Um Quebrantado Coração


Um Quebrantado Coração

“Sacrifício aceitável ao Senhor é o espírito quebrantado; ó Deus, Tu não desprezarás o coração quebrantado e arrependido” Salmo 51.17

O pano de fundo deste Salmo pode ser lido em  2Samuel 11. Davi cobiçou a mulher de Urias, Bate-Seba, deu uma ordem criminosa para se livrar do marido dela (2Samuel 11.14-15). Morto Urias, tudo parecia resolvido. Mas Natã o acusou (2Samuel 12.1-9). Então, Davi caiu em si e compôs dois salmos parecidos o 32 e este o 51.

A história não acabou. Alguns dizem que depois disto Davi nunca mais foi o mesmo. Tal declaração ignora a Bíblia. E desconhece a graça de Deus. Deus o perdoou e continuou com ele (2Samuel 12.24-25). A mensagem central não são os erros de Davi, mas a Graça de Deus. Este é o ensino do Salmo. Deus nos perdoa, Ele nos aceita e nos ama, Ele não rejeita um coração quebrantado e arrependido.

sábado, 4 de julho de 2015

#Pare e Reflita: Obediência


#Pare e Reflita: Obediência

5 Confie no Senhor de todo o coração e não se apóie na sua própria inteligência. 6 Lembre de Deus em tudo o que fizer, e Ele lhe mostrará o caminho certo” (Provérbios 3.5-6).

Reflita: A instrução é Confiar em Deus de todo o coração não em si mesmo. Aquele que confia em si mesmo e pensa não precisar de Deus está muito enganado, caminhando por caminhos errados e que o levará à tristeza e à dor.

sexta-feira, 19 de junho de 2015

#Pare e Reflita: Apesar das circunstancias

Apesar das circunstancias

"Abraão, contra toda esperança, em esperança creu, tornando-se assim pai de muitas nações, como foi dito a seu respeito: 'Assim será a sua descendência'" (Romanos 4.18).

Reflita: Conhecemos bem a história de Abraão. Mas para nossa reflexão, imagine receber uma promessa de Deus e esperar durante anos para ela se realizar e ainda contra todas as probabilidades. Abraão tinha 100 anos e Sara tinha 90 quando ela deu a luz a Isaque! A fé de Abraão se manteve firme apesar de todos os obstáculos, ele não deixou de crer que Deus é bom e fiel para cumprir o que prometera.

sexta-feira, 12 de junho de 2015

#Pare e Reflita: Próximo de quem?

Próximo de quem?

Lucas 10. 27e 29: Disse Jesus: “27 ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todas as suas forças e de todo o seu entendimento’ e ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’". 29 Mas ele, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: "E quem é o meu próximo?"

Quero dar-Nos uma sugestão:

quinta-feira, 11 de junho de 2015

#Pare e Reflita: Servo, Seguidor ou Expectador?


#Pare e Reflita: Servo, Seguidor ou Expectador

“Seguir de longe, não faz de ti um seguidor; Assim como Servir por conveniência, não faz de ti um servo; Honre a Deus e será honrado por ELE!”.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Imediatismo, coisa de homens!

Imediatismo, coisa de homens!

Eclesiastes 3.1: “Tudo tem uma ocasião certa, e há um tempo certo para todo propósito debaixo do céu”.

Vivemos numa época de imediatismos. Tudo deve acontecer na hora que queremos e o mais rápido possível. O homem tornou-se escravo do tempo e não sabe esperar o kairós de Deus. É notável que o mundo mudou, na verdade tudo mudou! Sempre digo que as facilidades estão produzindo crentes preguiçosos e relaxados.

Claro que nem tudo é ruim: Os bancos, por exemplo, que pensaram em muitas possibilidades para facilitarem a vida de seus clientes, um tempo atrás, você tinha de ir ao banco para fazer tudo, hoje, você pode fazer quase tudo de casa mesmo, através de um computador ou onde quer que esteja através do seu celular. Isso de fato é incrível, mas é bem verdade que mesmo assim, existem muitos que não se contentam e desejariam que as coisas fossem ainda mais rápidas e o atendimento cada vez melhor.

terça-feira, 26 de maio de 2015

Sofrimentos Momentâneos

Sofrimentos Momentâneos

"Pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles" (2 Coríntios 4.17).

Não sei quanto a você, mas o que percebo é que não importa quão grande seja o meu problema, sempre encontrei alguém com um problema ainda maior e em situação mais complicada que a minha. E com isso aprendemos algumas lições, como:

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Perto de Ti

Perto de ti

8 Sempre tenho o Senhor diante de mim. Com ele à minha direita, não serei abalado. 9 Por isso o meu coração se alegra e no íntimo exulto; mesmo o meu corpo repousará tranquilo” (Salmo 16.8-9).

Li recentemente (não lembro onde), uma ilustração que dizia mais ou menos assim:
“Um homem resolveu visitar uma igreja e o tempo todo ficou avaliando o culto e a liturgia. Achou ela muito, fria e formal. Então ele começou a orar como se estivesse resmungando, e obviamente chamou a atenção dos homens que estavam na recepção, um deles se aproximou e disse:
- Senhor, não precisa orar tão alto, pois além de atrapalhar os outros irmãos, saiba que Deus não está surdo!
Em resposta, o visitante disse:
- De fato Deus não é surdo, mas posso dizer também que ELE está muito longe deste lugar”.

domingo, 10 de maio de 2015

Prioridade: O Reino de Deus


Romanos 15 – Prioridade: O Reino de Deus
Mensagens em Romanos – Igreja Batista Central de Cascavel (10/05/2015 – Domingo/Noite)
Romanos 15.23-33

Introdução
Graça e paz Irmãos, antes de tudo, eu gostaria de expressar a profunda admiração que sinto pelo Apóstolo Paulo, a meu ver, depois de Jesus, Paulo é a personagem mais fascinante da Bíblia. Paulo Respirava o Evangelho, vivia Missões e sua mente estava tão somente voltada para Reino de Deus. Sua missão era, pregar Jesus Cristo e o que ELE fez em sua vida. Pensando e meditando em Romanos 15, veio em minha mente a seguinte questão:

·         Qual deve ser a prioridade em nossas vidas?

sábado, 2 de maio de 2015

Minha Segurança é o Senhor


Minha Segurança é o Senhor

"Conservem-se livres do amor ao dinheiro e contentem-se com o que vocês têm, porque Deus mesmo disse: 'Nunca o deixarei, nunca o abandonarei'" (Hebreus 13.5).

Lembro-me de uma ocasião em que fui apresentado a um senhor e em nossa conversa num dado momento perguntei à Ele se era de alguma igreja ou se tinha alguma religião, ele ironicamente me olhou e disse: “Deus? Olha aqui o meu Deus e bateu no bolso dizendo, este é o meu Deus”.

sábado, 25 de abril de 2015

Pagando SEMPRE uma dívida, o Amor


Pagando SEMPRE uma dívida, o Amor

“Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ama seu próximo tem cumprido a lei” (Romanos 13.8).

Dentre muitas coisas difíceis para o ser humano, amar o próximo é uma delas. Mas podemos afirmar que é ao mesmo tempo a ação mais complexa, a mais simples e a mais sublime de todas.

Complexa. Porque é difícil amar quem nos faz mal. Amar quem nos ama é fácil. Contudo, todo cristão sabe que amar é necessário, o problema mesmo é cumprir este mandamento do Senhor e para cumpri-lo é necessário vencer alguns obstáculos, como o orgulho, a soberba, a falta de perdão, de misericórdia e compaixão, o ciúmes, a insegurança, a procrastinação, o perfeccionismo, o egoísmo, a ira, o ódio, a raiva, a imaturidade e outros sentimentos que impedem o fluir do amor de Deus.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Esperar não é fácil


Esperar não é fácil

“A esperança adiada faz o coração ficar doente, mas o desejo realizado enche o coração de vida” (Provérbios 13.12).

Esperar não é nada fácil, principalmente para o ansioso que gostaria de ter o domínio do tempo para que conseguisse mais rápido o que está esperando. Mas as cosias não são assim. Por isso, para a pessoa ansiosa esperar por algo que tanto deseja pode ser extremamente torturante, seu coração é um coração doente e geralmente não tem domínio de suas emoções. Mas somente quando seu anseio é satisfeito é que fica feliz, é como árvore de vida, contudo, passou por todo estresses desnecessário.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Acabando mal ou recompensado?


Acabando mal ou recompensado?

“Quem despreza os bons conselhos acabará mal, mas quem os segue será recompensado” (Provérbios 13.13).

Existe um ditado popular que diz assim: “Se conselho fosse bom, não era dado, era vendido”. Evidente que existem bons conselheiros e maus conselheiros. Assim como também há os bons conselhos e os maus conselhos. Mas tratando-se da Palavra de Deus, podemos afirmar sem medo de errar que todos os seus conselhos são bons.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Você é meu servo(a)!

Você é meu servo(a)!

"Eu os tirei dos confins da terra, de seus recantos mais distantes eu os chamei. Eu disse: "Você é meu servo"; eu o escolhi e não o rejeitei" (Isaías 41.9).

"Vocês não me escolheram, mas eu os escolhi para irem e darem fruto, fruto que permaneça, a fim de que o Pai lhes conceda o que pedirem em meu nome" (João 15.16).

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Você O seguirá?

Você O seguirá?

"Fiz-me acessível aos que não perguntavam por mim; fui achado pelos que não me procuravam. A uma nação que não clamava pelo meu nome eu disse: Eis-me aqui, eis-me aqui" (Isaías 65.1).

Deus é acessível! Está acessível! Lembra de Levi? Passando por ali, viu Levi, filho de Alfeu, sentado na coletoria, e disse-lhe: "Siga-me". Levi levantou-se e o seguiu (Marcos 2.14).

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Crer sem ver

Crer sem ver

Joao 20.29: E Jesus lhe disse: "Porque me viste, creste? Bem-aventurados os que não viram e creram".

Jesus ressuscitou e alguém duvidou, quem foi? Tomé, chamado Dídimo, um dos Doze, não estava com eles quando Jesus apareceu (v.24).  Imaginemos (claro que uma possibilidade impossível) se alguém conseguisse provar que Jesus não ressuscitou dos mortos, você continuaria crendo que Jesus ressuscitou?

sábado, 4 de abril de 2015

De que adianta?

De que adianta?

Mateus 6.27: Será que alguém consegue ficar um centímetro mais alto preocupado diante do espelho? A mensagem

Será que com todas as preocupações juntas poderão acrescentar um único momento à vida de vocês? B Viva

Ansiedade. Engraçado, tenho aprendido muito com uma palavrinha, ansiedade. E percebo que a cada dia aprendo que ainda tenho muito o que aprender. E parece que a lição se repete, contudo de forma diferente. “Preocupar-se não resolve nada, nunca resolveu e jamais resolverá”. Eu sempre me pergunto, se sei disso, porque então que continuo me preocupando?

quarta-feira, 1 de abril de 2015

De quem é a culpa?

De quem é a culpa?
“A Filosofia da Culpa”
Devocional no culto de oração do dia 01/04/2015 
Igreja Batista Central em Cascavel
Texto: Gênesis 3.1-13

Introdução
Você sabe qual é a filosofia da culpa? “Se a culpa é minha, eu a coloco em quem eu quero”. Eis a filosofia da culpa. Noutras palavras: “Transferência de responsabilidade”. Penso que se errar é humano, colocar a culpa nos outros, então nem se fala! É engraçado como o ser humano tem a incrível capacidade de não assumir suas responsabilidades ou tentar justificá-las de qualquer forma. Cá entre nós, tentar justificar o erro torna-se ainda mais errado o que já está errado. Gosto de dizer que isso “explica, mas não justifica”. Errou, errou e pronto. Reconhecer o erro é uma virtude e não uma fraqueza.

terça-feira, 31 de março de 2015

É Irrelevante, Atrapalha ou Edifica?


É Irrelevante, Atrapalha ou Edifica?

"O corpo não é composto de um só membro, mas de muitos... Assim, há muitos membros, mas um só corpo" (1 Coríntios 12.14,20)

O chuveiro lá em casa está com um pequeno defeitinho, cai dele uma gota gelada. É muito interessante, o chuveiro tem vários furos e sai um boa quantidade de água, mas aquela única gota gelada é sentida e incomoda a gente, como pode isso? Pensando nisso, comecei a refletir a respeito de como é o corpo de Cristo, a Igreja do Senhor.

Somos muitos membros, mas um só corpo. Assim como uma única gota se destaca em meio a muitas de um chuveiro, uma única pessoa pode ser notada também de várias formas dentro do corpo de Cristo, de maneira positiva ou negativa. Ela pode ser Irrelevante, tanto faz como tanto fez! Ela pode atrapalhar ou pode edificar o corpo.

domingo, 29 de março de 2015

Atendendo a Grande Comissão

Atendendo a Grande Comissão
Mensagem do dia 29/03/2015 (Domingo/Noite) – Aniversário da Igreja Batista Monte Moriá Cascavel
Texto: Mateus 28.16-20 “A Grande Comissão”

“16 Os onze discípulos foram para a Galiléia, para o monte que Jesus lhes indicara. 17 Quando o viram o adoraram; mas alguns duvidaram. 18 Então, Jesus aproximou-se deles e disse: "Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. 19 Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, 20 ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos” (Mateus 28.16-20).

Introdução
Jesus fora crucificado, ressuscitou dos mortos e agora em seu estado glorificado como o Cristo ressurreto e sem reservas conclama sua autoridade total nos céus e na terra. E deixa uma missão para sua igreja, conhecemos como “A grande Comissão”, relatada também em Marcos 16.14-18; Lucas 24.36-49; João 20.19-23; e Atos 1.6-8. Jesus comissionou sua igreja para a missão mais sublime de todas. Levar o Evangelho para todas as criaturas. Atos 1.8: “E receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra". Missão da Igreja. Sua, minha, nossa missão!

Nós iremos analisar o texto versículo a versículo e extrair dele valiosas lições. Acompanhe comigo!

sábado, 28 de março de 2015

Filipe e o Eunuco


EVIDÊNCIAS DE UM CORAÇÃO COM SEDE DE DEUS
Mensagem do dia 28/03/2015 (Sábado/Noite) 
Aniversário da Igreja Batista Monte Moriá Cascavel
Texto: Atos 8.26-40 “Filipe e a conversão do eunuco etíope”

INTRODUÇÃO
O Evangelho estava avançando. Primeiro os judeus, depois os Samaritanos, que eram de sangue mestiço, e agora os Gentios. O etíope e Cornélio são representantes deste 3º grupo. Eram gentios que se simpatizavam e estudavam o judaísmo, mas que ainda não tinham se tornado prosélitos. O quarto grupo eram os pagãos, aqueles sem qualquer experiência com Deus, estes deveriam ser alcançados também pelo Evangelho.

É interessante pensar sobre as pessoas que se denominam “filhos de Deus”. Há aqueles que dizem conhecer a Jesus Cristo, são meio que simpatizantes ao cristianismo, mas não o vivem e se perguntarmos algo um pouco mais profundo, percebemos claramente que seu conhecimento é raso e insuficiente até mesmo para compreenderem o propósito da Salvação.

quinta-feira, 26 de março de 2015

Cantarei ao Senhor!


Cantarei ao Senhor!

“Eu, porém, confio em teu amor; o meu coração exulta em tua salvação. Quero cantar ao Senhor pelo bem que me tem feito” (Salmo 13.5-6).

O louvor é uma das formas que temos para adorar ao Senhor. Alguns pensam ser a única forma de adoração. Evidente que não é, contudo, pelo menos para mim, é a forma da qual eu mais gosto de adorar ao Senhor. Amo tocar meu violão e catar louvores ao Senhor.

quarta-feira, 25 de março de 2015

Coração Abatido


Coração Abatido
“A ansiedade no coração do homem o abate...” (Provérbios 12.25a).

Já parou pra pensar que quando nós nos ocupamos em demasia com suposições, com hipóteses, com os “eu acho”, ou com aquelas famosinhas expressões: “Será que...?”, “e se isso...?”, “e se aquilo...?”, em sua vida é o primeiro passo para ser afetado pela ansiedade, pelas preocupações exageradas deste mundo. E quando isso acontece, somos dominados pela ansiedade.

domingo, 22 de março de 2015

As Coisas Temporais são Temporais...


As Coisas Temporais são Temporais...

"Considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada" (Romanos 8.18).

Olhar as circunstâncias é um hábito comum do ser humano, e o resultado é ainda mais comum, o desespero. Mas quando conseguimos olhar com o prisma de Deus, temos a convicção de que de fato as coisas temporais são temporais e que a Glória futura que nos será revelada é bem maior e superior às coisas temporais.

quinta-feira, 19 de março de 2015

Amor Infalível

Amor Infalível

"Porque o Senhor não o desprezará para sempre. Embora ele traga tristeza, mostrará compaixão, tão grande é o seu amor infalível" (Lamentações 3.31-32).

Será que um pai que ama seu filho gosta de disciplina-lo? Gosta de vê-lo sofrer? Creio que não! Mas ele o faz exatamente por amar e querer bem seu filho, para que ele aprenda o certo e o errado, para que não venha a se desviar dos caminhos do Senhor.

sábado, 7 de março de 2015

Vivendo em Cristo ou em Pecado?

Vivendo em Cristo ou em Pecado?
Romanos 6 - Pastoral

“Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 6.23).

Até o momento de nossa conversão, estávamos servindo ao pecado. Como “marionetes”, tínhamos a ilusão de que éramos livres, mas não existe liberdade sem a Graça de Deus em nossas vidas. Vivíamos como escravos do pecado e estávamos sujeitos aos nossos desejos pecaminosos.

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Tô de boa! Será?

Tô de boa! Será?

“Quando vou dormir, meu coração está em perfeita paz e tenho um sono bem tranqüilo porque Tu, ó Senhor, me dá a mais perfeita segurança” A Bíblia Viva (Salmo 4.8).

Você já disse que está bem por dizer? Eu já! Muitas vezes o nosso exterior parece tudo bem, mas por dentro estamos tristes. E eu sei que muitas pessoas também já fizeram o mesmo comigo. A Bíblia diz que “o choro pode durar a noite toda, mas a alegria vem pela manhã”. Como servos de Deus, temos em quem confiar e descansa entregando todos os nossos medos, nossas frustrações, tristezas e preocupações.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Ele estava na popa

Ele estava na popa

“E ele estava na popa dormindo sobre uma almofada; e despertaram-no, dizendo-lhe: Mestre, não te importa que pereçamos?” (Marcos 4.38).

Infelizmente há muitas pessoas que acham que Deus as abandonou e não se importa com elas, isso fica mais evidente nos momentos de crise, nos momento de dor e desespero, momentos que julgam precisar mais da proteção e do cuidado divino. Mas a verdade é que Deus se importa, se preocupa e cuida de você, mas temos pelos menos 2 princípios: 1º Deus pode fazer o impossível acontecer; 2º Ele age sempre de acordo com a sua soberana vontade;

Um grande desafio para a nossa fé, é conseguir compreender que o silêncio de Deus é capaz de nos salvar, nos tranquilizar trazendo paz e refrigério para os nossos corações. Assim aconteceu com os discípulos, vamos ler a continuação do texto:

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Como pasto novo


Como pasto novo

"Que o meu ensino caia como chuva e as minhas palavras desçam como orvalho, como chuva branda sobre o pasto novo, como garoa sobre tenras plantas" (Deuteronômio 32.2).

É interessante como a chuva e o orvalho quando caem do céu envolvem tudo que está ao seu alcance e não há nada que não possa tocar, a não ser o que estiver protegido. Pela manhã podemos observar como fica branquinho o pasto marcado pelo orvalho. O cheiro gostoso e agradável revelando que o solo e as plantas foram alimentados.