quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Feliz 2015

Feliz 2015!

"... esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo..." (Filipenses 3.13b - 14a).





domingo, 28 de dezembro de 2014

É para Deus?


É para Deus?

“Minha mensagem e minha pregação não consistiram de palavras persuasivas de sabedoria, mas consistiram de demonstração do poder do Espírito” (1 Coríntios 2.4).

Hoje em dia tem “pregador” de todo e qualquer jeito para tudo e todos os gostos. Têm os atores, chorões, milagreiros, místicos, eloquentes, iletrados, exibicionistas, enganadores, midiáticos, anônimos, hereges, puritanos, moralistas, legalistas, juízes, liberais, libertinos... e assim vai!

Reconhecemos poucos pregadores segundo o coração de Deus. Assim como tem sido difícil reconhecer ouvintes interessados na vontade de Deus. Existe um enorme esforço pessoal para tentar impressionar pessoas, para receber aplausos ou simplesmente para viverem não terem opositores. Isso acontece porque o EU está em evidencia. O pensamento é mais ou menos assim: O que ganho ou perco com isso?

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Servir Simplesmente


Servir Simplesmente

"43. Não será assim entre vocês. Ao contrário, quem quiser tornar-se importante entre vocês deverá ser servo; 44. e quem quiser ser o primeiro deverá ser escravo de todos. 45. Pois nem mesmo o Filho do homem veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (Marcos 10.43-45).

Reflita: Falta apenas 1 semana para terminar 2014. Pensando no Reino de Deus: Como foi o seu desempenho como 'servo' (a) do Senhor?

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

A Bela Amizade

A Bela Amizade

"Assim como o perfume e incenso trazem alegria ao coração; do conselho sincero do homem nasce uma bela amizade" (Provérbios 27.9).

A amizade pode ser algo muito poderoso. Amigos podem encorajar, inspirar e nos ajudar a sermos cristãos melhores. Eles também podem nos acalmar em momentos de stress, de preocupação e nervosismo.

O bom amigo edifica nossas vidas, eles são como belos presentes... "Assim como o perfume e incenso trazem alegria ao coração..." - excelentes presentes na época de Salomão. Mas ... “Não se deixem enganar: As más companhias corrompem os bons costumes” (1 Coríntios 15.33).

domingo, 21 de dezembro de 2014

Olhando para Jesus e Celebrando o Natal

Olhando para Jesus e Celebrando o Natal

Mensagem do dia 21/12/2014 (Domingo/Noite) 
Igreja Batista Monte Sião – Londrina PR
“A Cruz de Cristo” – Gálatas 2.20

 

INTRODUÇÃO

“Olhando para Jesus e Celebrando o Natal”. Eu quero propor uma mensagem que não vamos falar sobre o Natal especificamente, iremos falar sobre a CRUZ de Cristo, sobre o significado real de ser cristão, a implicância do Natal na vida do cristão. Porque o cristão celebra o Natal? Que tipo de cristianismo existe hoje? Que cristianismo a Bíblia propõe que vivamos?

 

Jesus nasceu, cresceu, vivenciou e desenvolveu seu ministério terreno, foi perseguido, rejeitado, crucificado, morreu, foi sepultado, ressuscitou ao terceiro dia e um dia, um dia ELE voltará para buscar a sua igreja. Disse Jesus: "Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim. Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu lhes teria dito. Vou preparar-lhes lugar. E se eu for e lhes preparar lugar, voltarei e os levarei para mim, para que vocês estejam onde eu estiver” (João 14.1-3).

sábado, 13 de dezembro de 2014

A Lâmpada de Deus

A Lâmpada de Deus
Dia da Bíblia

“A Tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho” (Salmo 119.105) NVI

Todo 2º Domingo de Dezembro, comemoramos o “Dia da Bíblia”. E por isso, quero meditar sobre ela começando com a seguinte pergunta: 

·         Qual a importância da Bíblia em sua Vida?

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

O amor de Deus e o Deus que é amor


O amor de Deus e o Deus que é amor

19 Nós amamos porque ele nos amou primeiro. 20 Se alguém afirmar: "Eu amo a Deus", mas odiar seu irmão, é mentiroso, pois quem não ama seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. 21 Ele nos deu este mandamento: Quem ama a Deus, ame também seu irmão” (1 João 4.19-21).

Reflita: Ahhhh... O amor. Quem inventou o amor? Alguém já perguntou e nunca soube da resposta, mas respondo eu – DEUS! Deus é amor. Ele nos amou. Amou primeiro, antes de tudo, já na eternidade ELE nos amou. Amou quando nos criou. Amou quando nos fez e deu a vida. Amou quando morreu a nossa morte. Amou criando todas as coisas, diz os Salmos que... “Do Senhor é a terra e tudo o que nela existe, o mundo e os que nele vivem” (24.1) e que “Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra das suas mãos” (19.1).

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Como Davi

Como Davi

"Abre, Senhor, os meus lábios, e a minha boca entoará o teu louvor" (Salmo 51.15).

E dizendo: "Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus" (Mateus 3.2).

Reflita: Davi pecou e arrependido pelo que fez, escreveu dois salmos para entoar a Deus o seu pedido de perdão, o Salmo 32 e 51 (leia depois). Apesar de errar, Davi tinha um coração disposto a se arrepender e sabia que Deus não rejeitaria um coração quebrantado e contrito. Você já pediu perdão ao Senhor hoje?

Seja como Davi, um homem com coração disposto a se arrepender, com um coração humilde e contrito.

sábado, 6 de dezembro de 2014

Pedindo a Deus

Pedindo a Deus

“Mantém longe de mim a falsidade e a mentira; Não me dês nem pobreza nem riqueza; dá-me apenas o alimento necessário” (Provérbios 30.8).

Reflita: Agur fez dois pedidos ao Senhor, pedidos importantes e necessários. Por vezes podemos pedir o que não precisamos e muito menos necessitamos. Tiago diz que estes... "Quando pedem, não recebem, pois pedem por motivos errados, para gastar em seus prazeres" (Tiago 4.3).

AGUR justifica o seu pedido: "Se não, tendo demais, eu te negaria e te deixaria, e diria: ‘Quem é o Senhor? ’ Se eu ficasse pobre, poderia vir a roubar, desonrando assim o nome do meu Deus" (Pv 30.9).

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Nem todos...

Nem todos...

“Eu lhes escrevi todos os ensinos da minha Lei, mas eles os consideraram algo estranho” (Oséias 8.12).

"Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus” (Mateus 7.21).

Algumas pessoas pensam que podem surpreender a Jesus com seus dons e talentos, pensam que podem deixar Deus admirado com seus “grandes feitos”, seja com seus atos ou palavras. Contudo, nada surpreende ao SENHOR, nada pode deixa-lo admirado, nenhuma ação por mais nobre que seja, nenhum milagre ou ato sobrenatural que possa acontecer pode de alguma maneira deixar Deus estupefato, se tal coisa não for realizada de todo o coração, sem vaidade e orgulho, mas com amor, humildade, excelência e com toda dedicação.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Igrejas “vazias”


Igrejas “vazias”

Fui perguntado certa vez sobre o que ou qual era a maior problema da igreja. Eu respondi que o maior problema da igreja é a própria igreja. Quando esta não quer orar, não quer evangelizar, não estuda a Bíblia, não conhece a Palavra de Deus, não faz missões, não dá frutos, não ama o próximo, muito menos ao Senhor... etc e tal.

Ouço obreiros dizendo que a cultura de determinado local é difícil, o povo do sul, por exemplo: Dizem que é um povo frio onde duas ou três religiões (o catolicismo e a umbanda/Candomblé) são fortes e prejudicam a evangelização. Balela! Outra coisa que tenho ouvido ultimamente é que pastor deve ter perfil e igrejas possuem perfis X ou Y. O pastor X se encaixa com a igreja X e não serve para a igreja Y. Será?

Louvemos ao Senhor


Versículos do Dia

"Bendiga ao Senhor a minha alma! Bendiga ao Senhor todo o meu ser!"(Salmo 103.1)

"Louvado seja o Senhor, o Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo" (Lucas 1.68).

Reflita: Louvemos ao SENHOR! Louvemos por aquilo que ELE tem feito, por aquilo que ELE fez e por aquilo que ELE ainda fará em nossas vidas. Por nós, para nós e por meio de Nós. Louvemos ao Senhor não apenas por seus feitos, mas por quem ELE é e representa em nossas vidas. Louvemos ao Senhor!!!

Que neste dia o seu dia seja cheio de alegria e louvores ao Senhor dos senhores, ao Grande EU SOU, ao soberano Senhor.

No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

domingo, 23 de novembro de 2014

Para ser feliz

Para ser feliz

Aleluia! Como é feliz o homem que teme o Senhor e tem grande prazer em seus mandamentos! (Salmo 112.1)

O HOMEM busca a felicidade como o maior propósito de sua vida. No entanto, não nascemos para ser felizes, nem para buscar a felicidade como muitos pensam e fazem. Nascemos para glorificar a Deus, obedecendo aos seus preceitos e fazendo a vontade DELE. Aquele que vive a Palavra de Deus e não é apenas ouvinte dela, será feliz. É o que Tiago diz em sua carta, confira:

“O homem que observa atentamente a lei perfeita que traz a liberdade, e persevera na prática dessa lei, não esquecendo o que ouviu, mas praticando-o, será feliz naquilo que fizer” (Tiago 1.25).

sábado, 8 de novembro de 2014

Amizades...

Amizades...

"O amigo ama em todos os momentos; ele torna-se um irmão na adversidade" (Provérbios 17.17).

Ah como é bom ter amigos, louvo a Deus por meus amigos. Este versículo foi um dos primeiros que aprendi e guardei em minha mente e coração. Ele mostra que o amigo verdadeiro é uma fonte constante de amor, enquanto em muitos casos, um irmão de sangue pode não ser tão íntimo como este amigo. Provérbios 18.24b diz que “há amigo que é mais chegado do que o irmão”, exatamente porque está perto o tempo todo, não apenas nos momentos de alegria e festas, mas principalmente nas horas de crises.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Nada lhe faltará


NADA LHE FALTARÁ

Lucas 22.35: Então Jesus lhes perguntou: "Quando eu os enviei sem bolsa, saco de viagem ou sandálias, faltou-lhes alguma coisa?" "Nada", responderam eles.

Quando Jesus, chama, comissiona, ELE também provê e nada falta àquele que responde positivamente à sua chamada. Mas Jesus também sempre insistiu no comprometimento dos seus servos, não foi à toa que ELE serviu (literalmente) de exemplo na última ceia (Lc 22.19-23), e ensinou seus discípulos que o MAIOR no reino de Deus deveria ser o menor (Lc 22.24-30). E ainda que os discípulos devessem estar vigilantes, pois o próprio Pedro, um dos mais valentes e corajosos, por poucas horas iria negar seu mestre por 3 vezes.

Grande lição: “Até os maiores e melhores estão sujeitos ao erro e à queda”.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Na tribulação

Na tribulação

"Alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação, perseverem na oração" (Romanos 12.12).

Este versículo tem ensinamentos preciosos sobre como passar por tempos difíceis.
A pior coisa é viver sem esperança. Como crentes em Cristo nós temos esperança, e não é qualquer esperança, nossa esperança é viva.

Nós podemos crer com confiança em um tempo onde não haverá mais dor nem sofrimento. É confortante ter a certeza de que, apesar de passarmos por desespero e desânimo, a tribulação um dia vai acabar. Deus requer que tenhamos paciência neste período.

sábado, 1 de novembro de 2014

Prudente ou Insensato?

Prudente ou Insensato?

"O prudente percebe o perigo e busca refúgio; o insensato segue adiante e sofre as consequências" (Provérbios 27.12).

Qual a diferença prática entre o prudente e o insensato? À luz deste versículo, a diferença entre eles está na sua reação ao perigo ou diante de situações que claramente pode levar à perda e dor. Por exemplo:

Se o dentista diz que devemos usar mais o fio dental, escovar os dentes direitinho, ou se o médico diz que devemos cuidar de nossa alimentação e nos exercitar, ou ainda se um mecânico diz que é preciso cuidar da manutenção do carro para estar em dia, o prudente em qualquer uma dessas situações dará ouvidos e cumprirá o que foi orientado, mas o imprudente não vai dar bola e infelizmente sofrerá consequências.

domingo, 26 de outubro de 2014

DIA DE ELEIÇÃO

DIA DE ELEIÇÃO

4 O rei que exerce a justiça dá estabilidade ao país, mas o que gosta de subornos o leva à ruína. 5 Quem adula seu próximo está armando uma rede para os pés dele. 6 O pecado do homem mau o apanha na sua própria armadilha, mas o justo pode cantar e alegrar-se. 7 Os justos levam em conta os direitos dos pobres, mas os ímpios nem se importam com isso” (Provérbios 29.4-7)

Quero apenas fazer uma pequena reflexão sobre o dia de hoje. Um dia importante para nossa nação. Hoje é dia de eleição em nosso país, estamos prestes a eleger o nosso futuro líder político.  E no meu modo de avaliar as coisas, ambos os candidatos são ruins de mais para aquilo que entendo ser um governo com VERDADE, JUSTIÇA E PAZ. Para um governo que tenha honestidade, amor à vida e não aos próprios bolsos, princípios e valores bíblicos, ou pelo menos que tenham valores e princípios da ética e da moral que seja considerado por todos como algo bom e justo e que beneficiaria o povo e não os políticos e partidos.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Para o nosso bem

PARA O NOSSO BEM

"Nenhuma disciplina parece ser motivo de alegria no momento, mas sim de tristeza. Mais tarde, porém, produz fruto de justiça e paz para aqueles que por ela foram exercitados" (Hebreus 12.11).

Se você for treinar para uma maratona você vai querer um treinador que te corrija. Acordar cedo, treinar na chuva e no frio são coisas que desafiam nossa disciplina. O treinador faz com que você tenha responsabilidade e com que você não desista. Afinal, não há nada como a satisfação de terminar uma maratona. Quando o teu Treinador estiver requerendo mais de você, lembre-se, Ele está te preparando. Pode ser doloroso, mas você vai conseguir e vai valer a pena.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Não tenha medo

Não tenha medo

Disse DEUS: “Assim como estive com Moisés, estarei com você; nunca o deixarei, nunca o abandonarei. Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar" (Josué 1.5,9).

Assim como Deus esteve com Moisés, com Josué e com muitos outros servos e servas dele tanto no AT como no NT, sim, ELE estará contigo também. Pois Deus não muda e ELE disse que “nunca nos deixará, nunca nos abandonará”. Os homens podem nos abandonar, pessoas podem falhar conosco, o que é muito natural, todos somos passíveis de erros. Mas Deus... Deus nunca nos deixará e nunca nos abandonará. Ele nos anima dizendo: 

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Choro Agora e Depois?

Choro Agora e Depois?

“... Bem-aventurados sois vós, que agora choram, pois haverão de rir” (Lucas 6.21b).

Amados, a alegria que Jesus Cristo dá ao homem é Indescritível, Sublime, Preciosa, não se trata de uma alegria passageira ou momentânea como a que o mundo oferece. A Alegria de Jesus é Eterna. Tal alegria é de uma felicidade que nasce dentro pelo imenso prazer de estar vivendo a melhor de todas as vidas, trilhar o melhor de todos os caminhos. Os Caminhos do SENHOR.

Jesus não está exaltando a tristeza como virtude. Ele está prometendo que aqueles que choram agora um dia haverão de rir. Seguir Jesus eventualmente traz sofrimento, tristeza, desconforto, decepção para todo o verdadeiro discípulo. Mas veja o que Paulo nos diz: Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação” (2Co 4.17).

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Se o Senhor quiser...

Se o Senhor quiser...
"Ao invés disso, devemos dizer: Se o Senhor quiser viveremos e faremos isto ou aquilo" (Tiago 4.15)

O ano tem 365 dias, nós estamos no mês de Setembro, ou seja, daqui 3 meses acaba o ano, eu gostaria de levantar algumas questões: O que você fez até aqui? Das coisas que você realizou, quantas você perguntou se o Senhor queria? Das coisas que você deseja ainda fazer, já as colocou diante Dele para saber se é assim mesmo que Ele quer? Ou simplesmente você faz tudo como quer? Você tem o hábito de perguntar para Deus: Senhor o que queres que eu faça? Qual a tua vontade?

Planejar é muito bom. É necessário. Não podemos deixar as coisas para a última hora, nem para correr o risco de não conseguir fazer o que queremos e nem ficarmos chateados porque não deu certo, por isso, temos de ser prudentes e sábios, o planejamento é algo importante sim. Deus nos dá sabedoria para "prever" algumas coisas, não todas, mas de algumas podemos nos prevenir.

domingo, 21 de setembro de 2014

PERDENDO PARA GANHAR – 01


PERDENDO PARA GANHAR – 01
Mensagem do dia 21/09/2014 (Domingo/Noite) 
Igreja Batista Central em Toledo
Série: Os Provérbios de Jesus – 03

NVI: “Quem acha a sua vida a perderá, e quem perde a sua vida por minha causa a encontrará” (Mateus 10.39).

NTLH: “Quem procura os seus próprios interesses nunca terá a vida verdadeira; mas quem esquece a si mesmo, porque é meu seguidor, terá a vida verdadeira”.

A MENSAGEM: “Se a prioridade de vocês é cuidar de vocês mesmos, jamais irão se encontrar. Mas, se vocês se esquecerem de vocês mesmos e me buscarem, irão encontrar-se e a mim também”.

INTRODUÇÃO
Esta é a matemática de Deus. O menos é mais. Para o mundo quanto mais perde, mais perde e quanto mais ganha, mais ganha. Mas para Deus é o contrário, para Deus “quem perde, ganha!”. Muitos ao longo da história morreram “literalmente” por Cristo, Estevão foi um deles. Ainda hoje temos muitos irmãos em alguns países que estão morrendo por causa de sua fé professada no NOME de JESUS. Mas antes da morte física, essas pessoas tiveram uma primeira morte, uma morte espiritual, por isso, é necessário o “EU” morrer para que uma nova vida surgir em Cristo.

Este provérbio paradoxal exige por parte do leitor, para ele entender os dois tipos de vida que Jesus se refere. Estão em contraste a “vida mundana” e a “vida eterna”: Quem escolher a primeira perderá a segunda. Por outro lado, mesmo que se perca a primeira para obter a segunda, na verdade nada foi perdido. Aquele quem escolhe viver a vida com Cristo, nunca perderá. Somente os que têm fé estão prontos para entender e atender este aforismo (máxima) de Jesus. Que revela: “É o compromisso verdadeiro com Jesus que transforma a renúncia do que é passageiro em ganho eterno”.

A DRACMA PERDIDA

A DRACMA PERDIDA
Mensagem do dia 21/09/2014 (Domingo/Manhã)
Igreja Batista Central em Toledo
Série: As Parábolas de Jesus – 03 – Texto: Lucas 15.8-10

8 Ou, qual é a mulher que, possuindo dez dracmas e, perdendo uma delas, não acende uma candeia, varre a casa e procura atentamente, até encontrá-la? 9 E quando a encontra, reúne suas amigas e vizinhas e diz: ‘Alegrem-se comigo, pois encontrei minha moeda perdida’. 10 Eu lhes digo que, da mesma forma, há alegria na presença dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende" (Lucas 15.8-10).

INTRODUÇÃO
Jesus segue com a segunda parábola, primeiro Ele fala sobre “a ovelha perdida”, mostrando que assim como o pastor cuida muito bem de todas as ovelhas especialmente daquela que está perdida, da mesma forma DEUS o faz. Agora, Jesus conta outra parábola, sobre “a dracma perdida”.

Dracma. É uma moeda grega que possuía aproximadamente o mesmo valor do denário romano, era equivalente a um dia de trabalho, quase 4 gr. de prata (3,6 gr.). A mulher citada por Jesus, provavelmente era uma camponesa pobre que possuía 10 dracmas. Poderia ser uma espécie de poupança da família, ou, as moedas poderiam ter sido o dote da mulher, e ainda, aquelas moedas poderiam ser tudo o que a mulher tinha. Ambas as teorias explicam a urgência da busca da mulher e a extensão da sua alegria quando a moeda fora encontrada.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Nem só de pão


Nem só de pão

Jesus respondeu: Está escrito: “Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus" (Mateus 4.4).

Para pensar: Jesus estava sendo tentado pelo diabo que lhe disse: "Se você é o Filho de Deus, mande que estas pedras se transformem em pães" (v.3). Jesus até poderia fazer o que fora desafiado, mas não o fez. Todavia, nos ensinou que o pão sustenta a carne, mas a Palavra de Deus sustenta o Espírito. Você pode ter uma dispensa farta de alimento para o corpo, mas se não tiver o alimento espiritual, não terás nada. A Palavra de Deus é o alimento que precisamos, que necessitamos e que não podemos viver sem. Você será amanhã, aquilo que se alimentar hoje. Do que tem se alimentado? Alimente-se da Palavra de Deus.

domingo, 14 de setembro de 2014

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!


QUEM TEM OUVIDOS PARA OUVIR, OUÇA!
Mensagem do dia 14/09/2014 (Domingo/Noite) – Igreja Batista Central em Toledo
Série: Os Provérbios de Jesus – 02

Lucas 8.8: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça” (Mateus 13.9/Marcos 4.9).

INTRODUÇÃO
O profeta tem a função de proclamar ao povo da parte de Deus. O resto é com o povo. Se o povo vai dar ouvidos ou não, é com eles, a mensagem precisa ser entregue. Deus disse a Ezequiel: “Mas, quando eu falar contigo, darei que fale a tua boca, e lhes dirás: Assim diz o SENHOR Deus: Quem ouvir ouça, e quem deixar de ouvir deixe; porque são casa rebelde” (Ezequiel 3.27).

Um dos provérbios mais conhecidos de Jesus diz: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça”, ou simplesmente, “Quem tem ouvidos, ouça”. Mateus apresenta desta forma mais resumida, Marcos e Lucas sempre usam a forma mais extensa. Este provérbio era usado por Jesus no final de algumas parábolas marcando o ministério de ensino de Jesus e também foram pronunciadas por Ele em sua mensagem às sete igrejas da Ásia, no livro de Apocalipse. Tanto em seu ministério terrestre como em sua glória celeste, Jesus quer transmitir uma mensagem muito importante com este provérbio.

“Quem tem ouvidos para ouvir, ouça”, é um provérbio com pelo menos três aplicações, conforme o uso que nosso Senhor fez dele. “COMPREENDA, DECIDA E SEJA RESPONSÁVEL”.

A Ovelha Perdida

A OVELHA PERDIDA
Mensagem do dia 14/09/2014 (Domingo/Manhã) – Igreja Batista Central em Toledo
Série: As Parábolas de Jesus 02 - Texto: Lucas 15.1-7

Introdução
Como foi dito na mensagem anterior, Lucas 15 possui uma trilogia de Parábolas: 1. A parábola da Ovelha Perdida (vv.3-7); 2. A parábola da Dracma Perdida (vv. 8-10); 3. A parábola do Filho Perdido (vv. 11-24). São parábolas que tratam da alegria de Deus quando recupera um pecador perdido. Nas palavras de Jesus “o que foi recuperado dava mais alegria do que o que foi mantido”. Uma congregação de fiéis agrada a Deus, mas recuperar um que não estava com Ele o alegra mais ainda, tanto que há “festa nos céus” (vv. 7, 10).

Contudo, nem todos festejavam, os fariseus e mestres da lei criticavam Jesus, chamando-o de “amigo de publicanos e pecadores” (Mt 11.19; Lc 7.34). E de fato, ELE o era, porém a diferença é clara, estes publicanos e pecadores o buscavam e desejavam ouvir seus ensinos, o contrário deles que rejeitavam Jesus. É o que diz os vv. 1-2: 1 Todos os publicanos e pecadores estavam se reunindo para ouvi-lo. 2 Mas os fariseus e os mestres da lei o criticavam: Este homem recebe pecadores e come com eles" (vv.1-2).

sábado, 13 de setembro de 2014

Não se esqueçam de mim

Não se esqueçam de mim

"4 Mas eu sou o Senhor, o seu Deus, desde a terra do Egito. Vocês não reconhecerão nenhum outro Deus além de mim, nenhum outro Salvador senão a mim. 5 Eu cuidei de vocês no deserto, naquela terra de calor ardente. 6 Quando eu os alimentava, ficavam satisfeitos; quando ficavam satisfeitos, se orgulhavam, e então me esqueciam” (Oséias 13.4-6).

Deus tem alegria e prazer em cuidar do seu povo. Mas o ser humano dentre muitas capacidades, uma faz dele um ser único, “o esquecimento”, “a ingratidão”. Observo minhas cachorrinhas, podemos até brigar com elas, todavia elas sempre estão com seus rabinhos abanando, felizes da vida e agradecidas pelo cuidado que temos para com elas.

domingo, 7 de setembro de 2014

Os que precisam de médico

OS QUE PRECISAM DE MÉDICO
Mensagem do dia 07/09/2014 (Domingo/Noite) – Igreja Batista Central em Toledo
Série: Os Provérbios de Jesus – 01

27 Depois disso, Jesus saiu e viu um publicano chamado Levi, sentado na coletoria, e disse-lhe: "Siga-me". 28 Levi levantou-se, deixou tudo e o seguiu. 29 Então Levi ofereceu um grande banquete a Jesus em sua casa. Havia muita gente comendo com eles: publicanos e outras pessoas. 30 Mas os fariseus e aqueles mestres da lei que eram da mesma facção queixaram-se aos discípulos de Jesus: "Por que vocês comem e bebem com publicanos e ‘pecadores’? " 31 Jesus lhes respondeu: "Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes. 32 Eu não vim chamar justos, mas pecadores ao arrependimento" (Lucas 5.27-32).

Introdução
O final do século XX e o início do século XXI ficarão marcados na história, pelo terror de uma doença abominável: a AIDS. É uma doença extremamente maligna por destruir as defesas do corpo humano deixando-o totalmente vulnerável a todo tipo de mal, como um simples resfriado. É uma doença mortal e, até o momento, sem cura.

Nos lábios de Jesus de Nazaré, o corriqueiro torna-se inédito e o comum, especial ou escandaloso. Jesus falou de diversas maneiras para ensinar o povo e revelar o propósito da Salvação para a humanidade, ele falou por meio de parábolas, usou exemplos da natureza, da agricultura, falou poeticamente, citou o AT várias vezes e criou muitos provérbios. Nós vamos estudar os provérbios de Jesus. Este é o primeiro: "Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes. Eu não vim chamar justos, mas pecadores ao arrependimento".

Recuperando o que se perdeu

RECUPERANDO O QUE SE PERDEU
“UMA INTRODUÇÃO ÀS PARÁBOLAS DE LUCAS 15”
Mensagem do dia 07/09/2014 (Domingo/Manhã) – Igreja Batista Central em Toledo
Série: As Parábolas de Jesus
Texto: Lucas 15.1-32

Introdução
Em minhas férias tive a oportunidade de rever muita gente importante, familiares, irmãos em Cristo, conhecidos, vizinhos, mas um encontro em especial me chamou a atenção, encontrei-me com amigos que estudei à 18 anos atrás, nos formamos em 1996 na 8ª Série. É muito bom vê-los bem, casados, com filhos e suas profissões. O sentimento de nostalgia é algo fantástico. Recuperar as memórias que estavam de alguma forma perdidas, é algo incrível.

Estas memórias de certa forma não me faziam falta, não por não ser importante, sempre foram, mas por não pensar nelas o tanto que pensei enquanto estava reunido com meus amigos, aquilo foi especial demais, a sensação de recuperá-las foi muito agradável e a cada história nossa contada, dava vontade de relembrar cada vez mais. Foi então que pensei nas 3 parábolas de Lucas 15. Fiquei imaginando a satisfação de Deus quando recupera alguém que se perdeu. Quando um pecador se arrepende. Quando uma ovelha é restaurada. Quando um filho volta à casa do PAI.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

JUDAS – A Punição dos falsos Cristãos – 05

JUDAS – A Punição dos falsos Cristãos – 05
Mensagem do dia 03/09/2014 (quarta-feira) – Igreja Batista Central em Toledo

5 Quero, pois, lembrar-vos, embora já estejais cientes de tudo uma vez por todas, que o Senhor, tendo libertado um povo, tirando-o da terra do Egito, destruiu, depois, os que não creram;  6 e a anjos, os que não guardaram o seu estado original, mas abandonaram o seu próprio domicílio, ele tem guardado sob trevas, em algemas eternas, para o juízo do grande Dia;  7 como Sodoma, e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se entregado à prostituição como aqueles, seguindo após outra carne, são postas para exemplo do fogo eterno, sofrendo punição” (Judas 1.5-7).

Os apóstatas, os falsos mestres e as falsas religiões sempre deturparam e ainda hoje deturpam o que a Escritura declara que é verdadeiro a respeito do Senhor Jesus Cristo. Esta era a realidade do contexto de Judas é por isso que nos Vv. 5-7, Judas fornece três fatos bem conhecidos da apostasia no AT como breves lembretes (A incredulidade do povo no deserto depois da Libertação do Egito; A queda dos anjos e Sodoma e Gomorra) para ilustrar suas consequências condenáveis, como declara o v. 4: “Pois certos homens, cuja condenação já estava sentenciada há muito tempo, infiltraram-se dissimuladamente no meio de vocês...”.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Multiplique


Multiplique

“E todos os dias, no templo e de casa em casa, não cessavam de ensinar e de anunciar Jesus, o Cristo” (Atos 5.42).

Multiplique. Fazendo Discípulos & Plantando Igrejas. Este é o tema da Campanha de Missões Nacionais deste ano. A Grande Comissão de Jesus à sua igreja é muito clara: “fazei discípulos” (Mateus 28.19-20).  Os crentes da igreja primitiva entenderam tão claramente esta ordem que não se distraíram dela por coisa alguma. Viviam em função de se multiplicar, fazendo novos discípulos, e com isso a igreja crescia e se fortalecia à medida em que o evangelho chegava a todos os lugares do mundo.

·         Mas se a ênfase da Grande Comissão é fazer discípulos, por que plantar igrejas?

domingo, 31 de agosto de 2014

Um Deus que dá chances


UM DEUS QUE DÁ CHANCES
Mensagem do dia 31/08/2014 (Domingo/Noite) – Igreja Batista Central em Toledo
Texto: Marcos 10.17-22
Introdução
Este texto traz consigo geralmente nas Bíblias o titulo de "O JOVEM RICO", com certeza vocês conhecem ele, mas poderia ser intitulado também como: “O JOVEM POBRE”, ele era tão pobre, tão pobre que tinha apenas bens materiais. Ou poderia ser intitulado também como “UM JOVEM RELIGIOSO”, que pensava ser merecedor da vida eterna por cumprir os mandamentos. Jesus quer tratar uma questão importante, diria que é a mais importante para o ser humano: Como herdar Reino de Deus? Como obter a salvação, a vida eterna? O que, ou quem pode nos conduzir a Deus?

Bom, nós sabemos que não são por meio das obras, muito menos por meio das práticas e ritos religiosos. Ser rico ou pobre também não importa para Deus. Embora Jesus fala da dificuldade de um rico se converter por causa dos bens materiais (v.23), não pelas riquezas e bens em si, mas como disse o apóstolo Paulo à Timóteo, por causa do amor ao dinheiro que é a raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores” (1 Tm6.10). Ao mesmo passo que alguém pode ser pobre e achar que Deus se esqueceu dele e ter uma vida desonesta. Mas isso é relativo, o caráter não depende de riqueza ou pobreza, cada um tem o seu independente se é rico ou pobre. O que Jesus deseja então?

domingo, 3 de agosto de 2014

Como você será lembrado?

Como você será lembrado?
Mensagem do dia 03/08/14 (Domingo/Manhã) – Igreja Batista Central em Toledo

6 Sobre a cabeça do justo há bênçãos, mas na boca dos perversos mora a violência. 7 A memória do justo é abençoada, mas o nome dos perversos cai em podridão” (Provérbios 10.6-7).

6 As bênçãos coroam a cabeça dos justos, mas a boca dos ímpios abriga a violência. 7 A memória deixada pelos justos será uma bênção, mas o nome dos ímpios apodrecerá”. (NVI)

Quem não quer bênção? Quem não quer ser abençoado? Creio que todas as pessoas querem ser abençoadas, mas nem todos querem o DEUS da bênção, nem todos conhecem o Deus da bênção, nem todos andam com o Deus da Bênção, nem todos servem ao Deus das bênçãos. Portanto, nem todos são bênção na vida dos outros. Quem quer ser bênção?

Há duas possibilidades, dois tipos de pessoas, o justo e o perverso. Um abençoa e será lembrado por ser bênção na vida dos outros, o outro gera violência e cairão no esquecimento. Como você será lembrado?

Maria e Marta

Maria e Marta,
“Escolha, uma questão de prioridade”.
(Lucas 10.38-42)
Mensagem do dia 03/08/2014 (Domingo/Noite) – Igreja Batista Central em Toledo

INTRODUÇÃO
Contexto: O assunto fé, crer, proclamar, reino está em pauta. No final do capítulo 9. vv. 57-62, vemos quão difícil é Seguir Jesus! Quem não quer seguir Jesus dá muitas desculpas. No Inicio do cap. 10 – Jesus envia os 70 para a missão de anunciar o Teu Reino, “como cordeiros entre lobos” eles foram enviados (vv.1-24). Nos vv. 25-37 – temos a tão conhecida: Parábola do bom Samaritano – um perito da lei questiona Jesus acerca do Reino de Deus e depois sobre quem seria o próximo dele.

As pessoas estão em busca de respostas. Jesus aponta para si mesmo, como o autor e consumador da nossa fé, aponta para o que iria acontecer e o que Ele iria realizar. Então, chegamos a nosso texto (Lucas 10.38-42).

Jesus caminhando com seus discípulos, chegaram à Betânia. Betânia era um pequeno povoado bem perto de Jerusalém e Jesus sempre passava por ali, porque havia uma casa sempre com as portas abertas para ele. Ali fez amigos, os irmãos Lázaro, Maria e Marta. Existem alguns relatos marcantes sobre a relação de Jesus com esta família. Hoje veremos um deles. Leiamos nosso texto.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

JUDAS – Batalhar pela fé – 04

Mensagem do dia 16/07/2014 (quarta-feira) – Igreja Batista Central em Toledo

3 Amados, embora estivesse muito ansioso por lhes escrever acerca da salvação que compartilhamos, senti que era necessário escrever-lhes insistindo que batalhassem pela fé uma vez por todas confiada aos santos. 4 Pois certos homens, cuja condenação já estava sentenciada há muito tempo, infiltraram-se dissimuladamente no meio de vocês. Estes são ímpios, e transformam a graça de nosso Deus em libertinagem e negam Jesus Cristo, nosso único Soberano e Senhor” (Judas 1.3-4).

Uma preocupação de Judas. Batalhar pela fé. Mas porque devemos batalhar pela fé? No versículo 4 Judas explica a razão da peleja. Ele diz que “certos homens infiltraram-se dissimuladamente no meio da igreja, ele diz que são ímpios, e transformam a graça de nosso Deus em libertinagem, e ainda negam Jesus Cristo, que é o nosso único Soberano e Senhor”. Vamos analisar por partes.

A batalha é legítima. Hoje em dia vemos pessoas batalhando por coisas que não deveriam batalhar. Brigando por coisas que não deveriam brigar. A igreja tem virado uma espécie de “octógono”, onde as pessoas disputam entre si por poder e por causa da vaidade enquanto as coisas realmente importantes são deixadas de lado. Eis uma boa pergunta: Que batalha você luta? Judas é bem claro, ele queria escrever sobre coisas mais agradáveis, sobre a salvação, sobre a vida cristã, mas ele sentiu esta necessidade de “... escrever-lhes insistindo que batalhassem pela fé uma vez por todas confiada aos santos”.

terça-feira, 15 de julho de 2014

Entendimento para Frutificar

Entendimento para Frutificar

“As tuas mãos me fizeram e me formaram; dá-me entendimento para aprender os teus mandamentos” (Salmos 119.73).

“Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim” (João 15.4).

Num mundo onde é mais fácil acreditar que o homem veio do macaco, encontramos na PALAVRA de DEUS, o salmista reconhecendo que foi criado pelas mãos do SENHOR, o Deus todo poderoso, criador e sustentador do universo. E não apenas isso, ele almeja ter entendimento para aprender os teus mandamentos. Se está difícil crer em Deus, imagine então obedecer aos seus mandamentos?

O mundo está cada vez mais incrédulo, porém eu até diria que é preciso ter muito mais “fé” para crer que o homem veio do macaco do que crer num DEUS criador de todas as coisas. O salmista revela seu desejo por mais entendimento das coisas do Senhor e já demonstra ter sabedoria por saber quem Deus é, e quem ele é.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

JUDAS – Misericórdia, paz e amor – 03

Mensagem do dia 09/07/2014 (quarta-feira) – Igreja Batista Central em Toledo

Vimos que a princípio Judas e seus irmãos rejeitaram Jesus como Messias, (Jo 7.2-5; Mt 13.55-57; Mc 6.3-4). Mas após a ressurreição, todos eles passaram a crer (Atos 1.14) e Judas em particular tornou-se um grande servo de Jesus. É assim que ele se apresentou em sua carta: “Judas, servo de Jesus Cristo”. Hoje vamos analisar a saudação da carta de Judas.

1 Judas, servo de Jesus Cristo e irmão de Tiago, aos que foram chamados, amados por Deus Pai e guardados por Jesus Cristo: 2 Misericórdia, paz e amor lhes sejam multiplicados” (Judas 1.1-2).

quarta-feira, 2 de julho de 2014

JUDAS – O incrédulo que se tornou Servo – 02

JUDAS – O incrédulo que se tornou Servo – 02
Mensagem do dia 02/07/2014 (quarta-feira) 
Igreja Batista Central em Toledo

A Epístola de Judas tem um tom forte e exortativo. Foi escrita para alertar e advertir a igreja em relação à apostasia, a imoralidade de incrédulos pervertidos e as heresias de homens que estavam no seio da igreja. Este é o foco: falsos cristãos dentro da igreja. O Apocalipse fala do inimigo externo e Judas fala do inimigo interno. Este é o inimigo mais nocivo para a igreja. Cuidado com falsos mestres! Causam mais males que os incrédulos. Eles estavam pondo em perigo a fé genuína e a sã doutrina ensinada outrora.

terça-feira, 1 de julho de 2014

Versículos do Dia - Um convite intencional

Versículos do Dia - Um convite intencional.

“Venham! Cantemos ao Senhor com alegria! Aclamemos a Rocha da nossa salvação” (Salmos 95.1).

“... ao único Deus sábio seja dada glória para todo o sempre, por meio de Jesus Cristo. Amém” (Romanos 16.27).

O salmo 95 era um hino processional, cantado durante a procissão do povo indo ao templo na festa dos tabernáculos (Dt 31.11). Depois que o povo chegava ao templo, a Lei era lida para o povo. O salmo é um convite: vamos ao templo louvar a Iahweh pelo que ele fez!

domingo, 29 de junho de 2014

Salmo 126 – Alegria e Louvor por Recomeçar


Salmo 126 – Alegria e Louvor por Recomeçar.
Mensagem do dia 29/06/2014 (Domingo/Noite) 
Igreja Batista Central em Toledo
 “Recomeçar é ter alegria e esperança em Deus de que as coisas vão melhorar”.

Introdução
Recomeçar não é nada fácil, principalmente porque o recomeço acontece depois de momentos difíceis e dolorosos. E geralmente todo recomeço traz-nos esperança, esperança de que as coisas vão melhorar e serão diferentes. Esperança de que a dor e os dilemas serão superados, as cicatrizes serão curadas. O Salmo 126 – É um louvor pelo retorno do cativeiro

O mau hábito de citar passagens fora do contexto prejudica muito no entendimento da Bíblia. E o Salmo 126 (principalmente os versículos 5-6), tem sido usado para embasar mensagens missionárias, sobre a necessidade de evangelizar e para dizer que a pregação não voltará vazia para aquele que tem levado a semente. Ou seja, “quem prega o evangelho chorando, voltará sorrindo trazendo seus frutos”. Embora isso possa acontecer, não é o que o texto diz. O salmo 126 não trata de evangelização, nem de missões, nem assegura que quando se prega há conversões (até porque quem faz a obra é Deus e não o pregador).

Creio na obra de evangelização e na importância de se fazer missões, mas o salmo não fala da necessidade de pregar e que Deus abençoa a pregação (apesar DELE fazer isso). Por isso, não podemos dar ao texto bíblico o sentido que queremos dar e fazê-lo dizer o que queremos, faze-lo dizer o que ele não diz. Ao contrário, este é um salmo de alegria e de pedido de colheita abençoada. O Salmo celebra a bênção do Deus libertador (v.3) e pede a bênção do Deus preservador (v.4) “Restaura, SENHOR, a nossa sorte, como as torrentes no Neguebe”. Façamos a leitura dele!

JESUS, PAI DA ETERNIDADE!


JESUS, PAI DA ETERNIDADE!
Mensagem do dia 29/06/2014 (Domingo/Manhã) 
Igreja Batista Central em Toledo

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, PAI DA ETERNIDADE, Príncipe da Paz” (Isaías 9.6).

O profeta Isaías afirmou que Jesus Cristo seria reconhecido como Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz”. Vimos que Jesus Cristo é o “Maravilhoso Conselheiro”, não há conselho melhor do que o de Jesus, Jesus é o “Deus Forte”, de fato Ele tem poder sobre todas as coisas. Hoje veremos que além de Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte Jesus também é Pai da Eternidade.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

PERSEVERANÇA, Requisito Essencial Na Vida Cristã


PERSEVERANÇA, 
Requisito Essencial Na Vida Cristã
Mensagem do dia 27/06/2014 (Sexta-feira/Encontro dos Homens) 
Igreja Batista Central em Toledo

Filipenses 3:14: “... prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”.
Hebreus 12.1b: “... e corramos com perseverança a corrida que nos está proposta”.

INTRODUÇÃO
O apóstolo Paulo tinha muitas virtudes, mas uma das mais admiráveis é a sua persistência. Por isso, acredito que a perseverança é REQUISITO ESSENCIAL NA VIDA CRISTÃ. Acredito também que a perseverança é uma das características que compõe a base, a estrutura, o alicerce para alcançarmos as vitórias almejadas na vida cristã. Se quisermos avançar, progredir a perseverança precisa estar presente em nossas vidas. E, também acredito que um dos principais motivos para desistências e derrotas na vida cristã, na igreja local é devido ao não cumprimento desta admirável virtude, a PERSEVERANÇA.

Qual a definição de perseverança? Constância, firmeza, persistência, continuar, prosseguir; Conservar-se, manter-se, firme e decidido sem mudar ou sem variar de objetivo, prosseguir para o alvo.

F PORQUE PERSEVERAR?
F PARA QUE PERSEVERAR?
F EM QUE PERSEVERAR?