segunda-feira, 26 de abril de 2010

Luto

1O homem, nascido de mulher, vive breve tempo, cheio de inquietação. 2 Nasce como a flor e murcha; foge como a sombra e não permanece” Jó 14.1-2

Quem nunca perdeu uma pessoa amada? Uma pessoa pediu para escrever sobre Luto, porque é um momento pessoal que ela tem vivido e talvez você ou alguém conhecido tenha passado pela mesma situação. Agora vou confessar que não é um tema fácil, pois mexe muito comigo, perdi várias pessoas importantes como amigos, primos, primas, um irmão e meu pai. Quando meu pai morreu, senti o mundo desabar, perdi o chão, fiquei desorientado, pois o meu herói havia morrido o meu amigo e parceirão de todas as horas. Mas a grande questão é como lidar com o luto?

Respondo de maneira simples, porque nessas horas não existem palavras que sejam capazes de expressar exatamente o que gostaríamos e por mais belas que sejam, jamais serão suficientes para confortar o coração abalado pela perda de alguém querido. Então a melhor coisa é deixar o único que pode confortar o coração entrar em ação. Deus. A melhor coisa a se fazer é orar e confiar no acalento do nosso maravilhoso Jesus e então sentir que a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente (sentimentos) em Cristo Jesus” Filipenses 4.7.  Não vejo outra resposta que não esteja em Deus e na sua ação.

É necessário entender que a nossa vida aqui na terra é breve em Jó 8.9 “... porquanto nossos dias sobre a terra são como a sombra”.  E Tiago diz: “Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa”. Tiago 4.14. Mas se fomos realistas conosco mesmo, perceberemos que invertemos os conceitos e valores e “Vivemos o passageiro como se fosse eterno”.

E essa mentalidade tem prejudicado o mundo, ninguém mais deseja ir para o céu nem mesmos os crentes! Porque mesmo que na “brincadeira” dizem: “Óh... Jesus não volte agora, quero ainda casar, quero ainda ter filhos, quero ainda fazer minha faculdade e quero ainda.... quero... quero... quero... quero...” E nessas horas estão tão apegados às coisas do mundo que não conseguem muitas vezes sentir Alegria na perda. Tá eu sei que é uma coisa LOUCA isso que estou falando. Mas a lógica de Deus é outra mesmo. Já vi pessoas regozijando a morte de alguém querido, não porque morreu, mas porque está na Glória com o Senhor.

Nem tudo conseguimos entender, principalmente se tratando dos desígnios de Deus, o que nos resta é crer, confiar, entregar-se totalmente ao Senhor que tem o desejo de nos confortar e nos dar do seu maravilhoso refrigério. Não é à toa que o apóstolo Paulo escreveu coisas como:

“tudo posso naquele que me fortalece”. (Filipenses 4.13)

“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito". (Romanos 8.28)

O curioso deste ultimo versículo é a palavra “cooperam” que no grego (língua na qual foi escrita o Novo Testamento) a palavra é synergei. É desta palavra que se originou sinergia, muito utilizada por administradores e empreendedores, principalmente por palestrantes motivacionais. Ea é formada por duas palavras sýn, juntamente com e érgon trabalho. Tem o sentido bastante apropriado para o que quero dizer, significa – cooperar, trabalhar junto, trabalhar com. Este significado é fundamental para entender o texto.

A Bíblia versão Almeida Século 21, fez uma excelente tradução deste texto, ela traduziu assim: “Sabemos que Deus faz com que todas as coisas concorram para o bem daqueles que o amam, dos que são chamados segundo o seu propósito”. Noutras palavras:

“SABEMOS QUE DEUS TRABALHA JUNTAMENTE COM TODOS QUE O AMAM”.

Deus exerce a sinergia conosco. Louvado seja Deus! É por isso que TUDO que acontece, acontece para o nosso próprio bem, (Lembre-se a Vontade de Deus é Boa, Perfeita e Agradável Rm 12.2), por mais que não entendamos, podemos confiar nessa verdade. Mesmo em meio à dor da perda, Deus está ao nosso lado confortando e dando Paz.

Oração
“Pai querido somente Tu é capaz de saber o que passa no coração de quem perde uma pessoa amada e querida e somente o Senhor é capaz de Consolar e Confortar tais corações, por isso lhe peço, faça isso, nos dê a sua Paz e conforte e console nossos corações. Em nome de Jesus. Amém!”

No Amor de Cristo,

Paulo Berberth

Gostaria de sugerir algumas leituras. são textos que falam do Cuidado de Deus.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Novos Caminhos


"Eis que eu faço uma coisa nova, agora germinará, não a percebeis? Eu colocarei um caminho no deserto, e rios em lugar desolado." (Isaías 43.19)

"Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já está surgindo! Você não a reconhecem? Até no deserto vou abrir um caminho e riachos no ermo." ( NVI)

Muitas vezes pedimos a Deus para mudar as situações da nossa vida. Oramos e choramos diante de Deus pedindo que Ele reverta uma situação que caminha para o que nós consideramos o caos. Outras vezes oramos para que um desejo que temos, seja realizado. Quando fazemos isso, oramos na maioria das vezes desejando manter o controle da vida em nossas mãos.

No entanto, o nosso Deus é criativo, e como todo criativo não consegue deixar as coisas como estão sem desejar que elas melhorem. Ele olha para nossa vida e na Sua sabedoria decide que certas coisas devem mudar, para o nosso próprio bem. Aí.... Ele põe a mão e começa a mudança. Sabe o que nós fazemos?

Na maioria absoluta das vezes nós nos desesperamos, ficamos totalmente descontrolados com o que está acontecendo, pois as coisas simplesmente saíram do NOSSO confortável controle e nós não conseguimos enxergar ninguém dirigindo “essa bagunça” que se tornou a nossa vida, bagunça segundo os nossos olhos.

Penso que não vemos ninguém no controle das coisas quando a situação fica assim, porque não confiamos em Deus como deveríamos e nos esquecemos que Ele está sempre no controle das coisas, todavia o fato é que Deus está dizendo através do profeta que este é o tempo da transformação, é o tempo de novos caminhos e ele afirma com entusiasmo...

"eu estou fazendo uma nova obra de arte aqui! Já está surgindo, já dá para ter um vislumbre, você consegue ver?"

Se você como eu, já começou o ano com sensação de turbulência, então aperte os cintos, porque o ano está só no início (ou apenas 1/3 dele) e Deus tem mais o ano todo, ou melhor, Deus tem a vida toda para fazer a obra Dele em sua vida e na minha vida e na de todos os teus filhos. Neste caso, devemos deixar que Ele transforme, mude o que precisa ser mudado e crie o que Ele achar adequado. Tenho certeza: Ele só fará o que for melhor!

Parece que O ouço dizendo:
“Filho, é necessário que você Entregue tudo em minhas mãos, os teus anseios, sonhos, desejos. É necessário que você abra mão do que não é necessário, mude de opinião se for preciso, aprenda mais, estude o que não sabe, seja humilde em aceitar conselhos, seja o que for, seja sempre sincero, verdadeiro e transparente, não importa o que EU lhe pedir de você neste tempo, obedeça, apenas obedeça. Cresça, amadureça, me busque, se santifique, cumpra o meu querer me deixando mexer em tudo. Confie em mim”.

TÁ... sei que não será fácil, nunca disse que seria, mas enquanto você estiver fazendo o que Deus desejar, eu e você, Nós.... vamos começar a ver as estradas se formando no deserto... mesmo que em direções diferentes daquilo que desejamos quando entramos nela. Afinal de contas quem conhece o caminho é o Mestre.

Oração:
“Pai querido continue realizando Tua obra em nossas vidas e nos ajude a enxergar rapidamente o que estás fazendo, para que possamos compreender e colaborar contigo naquilo que cabe fazermos e também para Glorificarmos os teus grandes feitos”

No amor de Cristo,

Paulo Berberth

Comunidade No Orkut

Graça e Paz!

Agora você poderá participar da Comunidade no Orkut do meu blog.
Esta comunidade é para você e todos que acompanham o blog. E tem como objetivo compartilhar da palavra de Deus e das experiências vivenciadas através dos textos.

Meu Desejo é ...
que ao ler cada texto postado no blog, sua vida seja Edificada para honra e glória de Jesus Cristo, o meu Senhor e Salvador.

Cresçamos Juntos!

No amor de Cristo.

Paulo Berberth

Acesse e participe!!!!
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=100950191


segunda-feira, 19 de abril de 2010

Caminhos no Deserto


"Eis que eu faço uma coisa nova, agora germinará, não a percebeis? Eu colocarei um caminho no deserto, e rios em lugar desolado" (Isaías 43.19)

"Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já está surgindo! Você não a reconhecem? Até no deserto vou abrir um caminho e riachos no ermo" (NVI)

Como nós atualmente dispomos de estradas pavimentadas e bem feitas (pelo menos uma ou outra é assim) perdemos a profundidade do significado deste texto. Andar no deserto sem conhecer um caminho pode ser sentença de morte, (digo e repito, pode ser!) Pois podemos andar em círculos sem percebermos e acabarmos morrendo sem chegar a lugar nenhum. Então tudo dependerá da forma que andamos e a direção que tomamos. Isso por que infelizmente em nossa limitada compreensão dos desígnios de Deus,  podemos nos perder nos desertos que Ele nos faz atravessar. Se não conhecermos o caminho mais seguro que passa pelo deserto, arriscamos colocar a nossa vida em perigo.

Muitos associam o deserto com castigo. Eu não. Estes, devido à peregrinação dos israelitas por 40 anos, devido à sua incredulidade. No entanto, devemos perceber que o deserto teve de ser atravessado antes disso de qualquer maneira. O castigo não foi o deserto, o "castigo" foi ter de esperar aquele tempo todo para tomar posse da promessa. A terra prometida. Portanto, o deserto era o desafio a ser vencido antes de alcançar o objetivo prometido. Aí você pergunta:

- Mas o que tem haver o povo de Israel e a peregrinação deles com a minha vida? Eu respondo:

- Tudo! Bom de fato a situação é outra, o deserto é outro, mas o Deus é o mesmo e o "castigo" é o mesmo, temos que esperar! Quero mudar a palavra castigo, para a VONTADE de Deus, ok? Pois não consigo ver Deus como um “Castigador”, um “Malfeitor” ou um “Carrasco”, o vejo como um Deus de Amor que nos quer bem e, diga-se de passagem, nos quer muito bem!

Enfim, continuando... Entre hoje e os seus alvos para este ano ou para os próximos anos, existe o deserto do tempo, do esforço, da disciplina, do trabalho, da longanimidade, da paciência, da oração incessante e, por que não, do choro e do clamor pelo mover de Deus. A grande realidade é que o deserto terá de ser atravessado, de qualquer maneira. Mas ele pode ser para você apenas isso, um desafio a ser vencido. E assim o vejo mesmo. Não precisa se tornar um castigo. O que quero dizer com isso? Olha, não veja os teus sofrimentos, dificuldades ou tribulações, como um peso, mas como uma provação de amor permitida pelo nosso querido Deus, para o nosso próprio bem. Afinal de contas "para estarmos aprovados temos de ser provados".

Vejo os empecilhos como uma prova e não castigo. Vejo tudo o que estou vivendo, como oportunidade de crescimento e vejo que tudo é para o meu próprio bem, pois Deus me ama e deseja fazer mudanças e transformações necessárias em minha vida. 

A afirmação de Deus é que, se necessário for, Ele cria caminhos no deserto mesmo onde não tem. Vejo como uma porta fechada agora, mas que pode ser aberta depois!  Digo, pode não que será, mas se Deus quiser e se Ele achar que é o melhor ela será aberta.

Pois é... lembre-se: O desafio de passar pelo deserto é garantia de amor, de cuidado, de esperança e segurança, não de rapidez e conforto. No entanto, temos a garantia de que alcançaremos o objetivo – chegar ao outro lado – claro, isso não significa que quando chegarmos ao outro lado, tudo será como antes, com toda certeza não será. Porém o que importa é que chegaremos de uma forma ou de outra, cresceremos e nos tornaremos melhores ainda, porque nossa fé e vida serão aperfeiçoadas em Cristo e por ELE, nós amadureceremos para honra e Glória do seu Santo Nome, Jesus.

Oração:
"Senhor, ensina-nos a permanecermos confiantes na Tua direção crendo que o Senhor tem o melhor e nos ajude a passarmos pelo ‘Teu’ deserto de nossas vidas, pois cremos que chegaremos ao outro lado de uma forma ou outra, e com toda certeza, isso será bom para as nossas vidas. Em nome de Jesus. Amém”.

No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Tudo tem seu tempo... Mesmo


“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu” Eclesiastes 3.1

Que todos nós temos dificuldades em entender e discernir o tempo de Deus para as coisas é fato. Que muitas vezes nos precipitamos e “chutamos o balde” em diversas ocasiões também. Sofremos antes das coisas acontecerem? Eu que o diga!!! E nas coisas mais simples o esperar para alguns de nós torna-se algo torturante. A verdade é que temos mesmo dificuldades em esperar. Até sabemos que o tempo pertence a Deus, só não colocamos o saber em prática.

Hoje conversando com uma amiga, a Liliam, que me perguntou se havia novidades para contar, respondi automaticamente como muitas vezes é de costume... “Nadica de nada...”  e na hora me veio uma resposta assim: “Mas o nosso Deus é um Deus de novidades... e Ele há de te surpreender...” Rá...  na hora confesso que iria ironizá-la dizendo...  Será?  Mas cai em si...  Ufa! E ainda bem que não disse nada, mas pensei... Opa lá vai eu novamente duvidar do DEUS TODO PODEROSO, do SENHOR dos senhores. Imagino que isso não acontece só comigo. Como somos incrédulos, não é verdade? O mais legal é que ela falou isso bem na hora que estava escrevendo este texto... é sinal de que TUDO TEM SEU TEMPO MESMO... (viu Liliam tu és uma benção).

Salomão disse exatamente o que nós não gostaríamos de ouvir, no entanto disse TUDO o que precisávamos saber.
1 Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu”. E no mesmo capítulo nos versos seguintes ele explica: “2 há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou”

Tempo, tempo, tempo, tempo, tempo...
“... tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou”.

Quero refletir a respeito deste trecho. Gosto de pensar que Tudo tem seu tempo mesmo, só que o maná não cai mais do céu não... Temos que plantá-lo. E tenho aprendido algumas coisas sobre isso. Resumindo: Deus age sim e tem seu tempo para que as coisas aconteçam e nada está parado, porém temos que fazer nossa parte, agora aqui vai o desafio. Até que ponto devo agir?

Nossa tarefa é plantar, cultivar e colher, mas quem dá o crescimento é DEUS. Isso não muda e nunca mudará. É um princípio. O que acontece é que muitas vezes tentamos colher antes do tempo certo da colheita. Já ouviu a expressão: “apressado come cru”. Pois é... e muitas nem come porque não dá pra comer. Como é difícil este assunto. Penso nos lavradores que fazem este processo, aí no meio do caminho acontece algo e a colheita é toda perdida. Vem tristeza e o desanimo. Aquela antiga música, “fácil sorrir”, aplica-se facilmente aqui.

"Quando as coisas não acontecem do jeito que eu quero em lugar de ficar triste é melhor quando eu espero pra saber o porquê, o que Senhor quer me mostrar, o que ele quer dizer quando não faz aquilo que o meu coração quer mais.


É fácil sorrir quando a gente acredita que Deus toma conta da nossa vida. É tão bom saber que ele vai suprir qualquer necessidade que eu sentir.

Às vezes fica difícil acreditar que aquilo que eu quero não é o melhor pra mim e então procuro ao meu Senhor e lhe digo que não consigo entender, mas sim posso crer que ele sabe realmente o que é melhor.

Agradeço Senhor por fazeres em minha vida só aquilo que tu queres, agradeço porque apesar do que sou Senhor ainda me tratas com tanto amor.

É fácil sorrir quando a gente acredita que Deus toma conta da nossa vida. É tão bom saber que ele vai suprir qualquer necessidade que eu sentir.

Deus pode suprir....  Qualquer necessidade que eu sentir”

Quando surgir situações em que o momento o que se deve fazer é nada mais nada menos que ESPERAR para saber que decisão tomar. ESPERE. Em muitas dessas situações a resposta pode depende de outra pessoa, se for isso, saiba entender o tempo dela, por mais difícil que seja. Talvez ela esteja buscando entender o tempo de Deus para responder o que tanto deseja. Saber esperar o tempo de Deus é descansar e Confiar na ação Dele e que no TEMPO CERTO poderemos colher o tão esperado fruto.



Oração:
“Senhor, como são confusas muitas coisas que acontecem em nossas vidas e na maioria das vezes nós quem complicamos tudo, tentando lhe dar uma ajudinha e sabemos que essa não é a nossa função. Peço-te que nos dê sabedoria para entendermos o Seu tempo, para confiarmos em Ti plenamente, confiar que a Tua vontade será cumprida. Seja qual for o resultado, será bom, perfeito e agradável. Como dizem: ‘No final tudo dá certo – se não deu certo ainda é porque não chegou ao fim’. Em nome de Jesus Cristo. Amém”.

No amor de Cristo,

Paulo Berberth

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Síndrome do “quase”


Já ouviu falar sobre a Síndrome do quase? Não? Então saberá agora.

Certo dia, alguém disse para Deus:
“Oh DEUS, estou decepcionado e cansado por tantas e tantas vezes ‘quase’ dar certo as coisas para a minha vida”.

Deus perguntou: Mas porque está dizendo isso?

Então aquela pessoa começou a falar....  “Ah... porque eu quase casei uma vez, quase namorei outras vezes, quase fui amado, quase amei, quase estudei o que desejava, quase arrumei um emprego, quase fui feliz, quase... quase... quase... quase... quase... quase... quase... quase... minha vida se resume em ‘quase’. Nada dá certo, nada acontece de bom. Sabe, quando penso... ‘agora sim é a minha vez, agora sim serei feliz...’  aí sempre acontece algo de errado e o ‘sim’ vira ‘quase’, eu estou sofrendo, quase desistindo, estou cansado de tanta chateação, decepção e tristeza e nada de alegria...”.

Então Deus falou:
Será que você vive no “quase” porque apenas corre atrás do vento?  Será que não tem buscado somente a tua vontade e não a minha? Será que não tens feito somente do seu jeito e não do meu? Será que a sua impaciência, ansiedade e falta de fé para esperar o meu tempo não tem lhe atrapalhado? Será que tens entregado de fato tudo o que queres em minhas mãos?  Óh filho meu, em minhas palavras eu lhe digo:

Agrada-te de mim, o SENHOR, e  satisfarei os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho para mim,  SENHOR, confia em mim, e o mais EU farei” Salmo 37.4-5

“EU é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, são pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais”. Jeremias 29.11

Os Meus planos não são os teus, EU sei o que é melhor para ti filho meu. Confie em mim. Confie no meu tempo. Saiba que eu conheço todos os seus anseios. Conheço os teus desejos e sonhos. Conheço a sua dor e tristeza, até mesmo as tuas decepções. Saiba que tenho cuidado de tudo nos mínimos detalhes. Creia que no momento certo as coisas acontecerão. Tenho ainda muito para lhe ensinar, tu não sabes o deserto é a minha escola? Filho meu, cumpra meu querer, busque a minha vontade e então tu serás feliz como eu quero que tu sejas. É meu, todo o trabalho e o seu trabalho é descansar em mim.

Quem é este alguém? Pode ser eu ou você... quem nunca se sentiu assim? Independente de qual seja a sua dor ou o que não lhe aconteceu, lembre-se Deus diz que está no controle de todas as coisas. Creia nisso!

Oração
“Senhor, obrigado por tudo o que tens feito, me perdoe Senhor, por duvidar muitas vezes do seu cuidado e amor. Ajuda-me a buscar o Teu querer. Preciso da sua sabedoria. Ajuda-me assim como também aos meus amados irmãos. Em nome de Jesus. Amém!”

No amor de Cristo,

Paulo Berberth

sábado, 3 de abril de 2010

Futebol no Sabão


“Assim, aquele que pensa estar em pé, cuidado para que não caia” (1 Coríntios 10.12)

Hoje, fui numa cidade perto de onde moro, Santa Barbara D’Oeste. Convidado pelos jovens da Igreja Batista Vida Nova, de Nova Odessa, onde preguei semana passada. Igreja muito querida do meu amigo o Pr Luciano Peterlevitz. A igreja local de Santa Barbara D’Oeste organizou um divertido torneio de “futebol no sabão” entre igrejas. Foi muito legal, dei muitas risadas a ponto do meu maxilar ficar doendo, enfim... foi um dia muito gostoso. Como de costume eu fiquei pensando em escrever algo para a edificação dos leitores do meu blog. Pois bem, segue abaixo, espero que gostem...

O campo é inflável, sustentado por ar, é uma espécie de “pula pula” em formato de quadra, talvez o nome correto seria “quadra de futebol no sabão inflável”. O objetivo da brincadeira claro é fazer o gol. No entanto há algumas dificuldades. Tem o sabão, que faz escorregar muito. O próprio Campo, pois é totalmente instável, não é plano e com toda certeza uma das coisas mais difíceis é parar em pé nele. O que mais me chamou a atenção é que, em muitos momentos a pessoa podia se sentir seguro e com a convicção de que iria fazer o gol e quando menos esperava... BUMMMM!!! Ela caia, conseqüência, perdia a oportunidade de gol e só ouve as gargalhadas à sua volta.

Em nossa vida cristã também acontece o mesmo. Muitas vezes nos sentimos confiantes e seguros a ponto de olhar para a nossa própria capacidade de enfrentar os problemas, as dificuldades e tentações, quando menos percebemos BUMMMM!!! Caímos! Isso porque duvidamos de nossa capacidade de pecar. Isso porque confiamos mais em nós mesmos e em nossas forças e nos esquecemos que na verdade precisamos da Graça de Deus para que possamos nos manter em pé, seguros, firmes e constantes NA ROCHA.

Eu me lembrei na hora de Mateus 7.24-27:
24 Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; 25 e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. 26 E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; 27 e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína”.

Podemos aprender até mesmo através de uma brincadeira, como a do “futebol no sabão”, que estar com os pés num local inseguro, sem firmeza alguma, sem estabilidade, sem visão clara do alvo, sem a condição adequada para “fazer o gol” (acertar o alvo). É o mesmo que pedir para cair. É o mesmo que ser insensato. É o mesmo que brincar com a tentação. É o mesmo que ouvir a palavra de Deus e não atentar os ouvidos para ela. Por isso, “... aquele que pensa estar em pé, cuidado para que não caia”.

Oração:
“Senhor... peço-te que nos dê sabedoria, prudência para trilharmos bons caminhos. Que nossas vidas estejam firmadas em Ti, A ROCHA. Para que, quando as tribulações deste mundo nos assombrar, possamos permanecer em pé, firmes, em Ti Jesus, a nossa ROCHA. Amém!”

No amor de Cristo,

Paulo Berberth