domingo, 28 de novembro de 2010

Equilíbrio na vida


“Depois, Jesus deitou água na bacia e passou a lavar os pés aos discípulos e a enxugá-los com a toalha com que estava cingido. Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu não te lavar, não tens parte comigo. Então, Pedro lhe pediu: Senhor, não somente os pés, mas as mãos e a cabeça”. (João 13: 5,8 e 9)

Como se não bastasse ter sofrido um entorse no tornozelo, as muletas que peguei para me locomover eram pequenas para a minha altura e pior! Não tinha como regular. Vou dizer uma coisa, é ruim demais andar e tentar se equilibrar sob muletas inadequadas. Cansa os braços, dói a coluna e por algumas vezes quase levei outro tombo. Imagine se quebro mais uma coisa?

Em nossa vida é necessário ter equilíbrio. Penso que os extremos nunca foram coisas boas. Por exemplo: Não gosto do fundamentalismo religioso e muito menos do liberalismo. Não gosto do legalismo e moralismo exagerado (nada pode e tudo é pecado) e nem a libertinagem (tudo pode e nada é pecado).

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Lições de um dia ruim


"Do Senhor é a Terra e a Sua plenitude; o mundo e aqueles que nele habitam" (Salmo 24.1)

Ontem sofri uma entorse no tornozelo, hilário! Como consegui isso? Deve ser a idade chegando. Kkkk. Pisei em falso e BUM... lá veio o tombão. Pior, foi no ponto de ônibus, acreditem se quiser ninguém me ajudou a se levantar e como se não bastasse deram risada. Quando torci o pé fiquei zonzo e tentei me levantar e cai novamente. Acho que pensaram: “Olha lá, tá bêbado!”. Esperei passar a tontura e fui para casa pulando. Depois liguei para meu amigo e ele me levou ao hospital. Resultado? Ganhei uma “botinha” de presente.

Nessa história toda, como disse um professor de Homilética que tive no seminário, o Pr Elias Soares:  “Os melhores sermões surgem do nosso dia à dia, por isso fiquem atentos, em algum momento Deus pode lhe entregar uma mensagem”. Depois disso, nunca mais deixei de ficar atento e como não poderia ser diferente: O que aprendi com tudo isso?

sábado, 20 de novembro de 2010

Pare com segurança


“O temor do SENHOR é o princípio do saber, mas os loucos desprezam a sabedoria e o ensino”. (Provérbios 1.7)

Terminei as aulas de CFC para tirar minha habilitação (é ainda não tirei, digamos que fui meio procrastinador nesta área). Enfim... Muitas coisas nas aulas chamaram a minha atenção, especialmente para tirar lições e aplicações espirituais para o nosso dia a dia. Eu ficava lá, só ouvindo o professor falar e pensava, de que forma poderia passar adiante minhas reflexões acerca das matérias. A Sinalização Semafórica (Luminosa) é uma delas. E a questão é: No sinal amarelo do semáforo, o que o condutor deve fazer?

Eu fiz uma pesquisinha básica, perguntei para várias pessoas. E a grande maioria disse: “atenção, siga!”. Mas esta orientação era vigente no antigo CNT (Código Nacional de Transito), que deixou de vigorar em 23 de Setembro de 1997. No entanto, o CTB (Código de Transito Brasileiro) rege outra coisa a respeito do sinal amarelo, veja: “Pare com segurança”. Isso está em vigor desde 23 de Setembro de 1997, porém os condutores ainda seguem no sinal amarelo. Sem falar que se houver algum acidente por ter passado no sinal amarelo, o condutor será considerado culpado. Alias, diga-se de passagem, que se todos os condutores respeitassem todas as leis de transito, os acidentes diminuiriam muitooooo, arriscaria dizer que deixaria de existir.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Descansando


“Eu me deitei e dormi, despertei, pois o Senhor me sustentou” (Salmo 3.5)

Este Salmo foi escrito por Davi, num momento muito difícil de sua vida, era perseguido pelo filho, Absalão. O contexto está em 2Sm 16-19. Na realidade, Davi chegou a ser destronado (2Sm 15.14). Como se a perseguição do filho não bastasse, havia muitos “amigos” que se levantaram contra ele e foram desleais (vv. 1, 6, cf. 2Sm 15.12), sem falar do boato de que Deus o abandonara (v. 2).

Fiquei pensando: Como seu coração estava? E imagino eu, que totalmente entristecido. Ora, seu próprio filho queria matá-lo, mesmo sangue. Jamais imaginaríamos que alguém de nosso próprio sangue nos faria algo tão cruel para nós.

No v 1 Davi diz: “São numerosos meus adversários”, mas ele tinha o Senhor como escudo (v. 3). Ele clamou a Deus e foi respondido (v.4), pois sua confiança estava em Deus, por isso não tinha medo (v.6). Sabia que a salvação vinha do Senhor (vv. 7-8), então ele declara “Eu me deitei e dormi, despertei, pois o Senhor me sustentou”.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Jesus, o Caminho a Verdade e a Vida


1 Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. 2 Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. 3 E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também. 4 E vós sabeis o caminho para onde eu vou. 5 Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais; como saber o caminho? 6 Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”. (João 14.1-6)

No mês passado tivemos em nossa Igreja a campanha, Jesus Cristo é a Única Esperança. E com certeza, Deus falou aos nossos corações e principalmente dos visitantes que participaram das programações. O mundo vive sem esperança e vive buscando esperança em coisas que não podem de forma alguma dar esperança, pois Jesus Cristo é a Única Esperança.  Pensando no texto acima (João 14.1-6), podemos perceber que Jesus Cristo chama a si mesmo por três características singulares de sua pessoa...

Característica: “Eu sou o caminho...” Sabemos que “sem o caminho não há para onde ir”. O ser humano tem o livre arbítrio para decidir qual caminho ou quais caminhos desejam seguir durante toda sua vida. Porém...  12 Há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele conduz à morte. 13 Até o riso terá dor o coração, e o fim da alegria é a tristeza” (Pv 14.12-13). Como o texto de provérbios afirma, há um caminho parece bom, só que o seu final é a morte, só há sofrimento e tristeza, a alegria é passageira e ilusória. No entanto, JESUS É O CAMINHO o verdadeiro caminho.