quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Moisés - A oração como queixa - 01


Moisés - A oração como queixa - 01
Série: Orações na Bíblia - Dia 27/02/2013 (Quarta) 
Igreja Batista Central em Toledo
Textos: Êxodo 5.20 - 6.1

INTRODUÇÃO
Antes de estudar o nosso texto base, devemos saber o que o antecede. Leia com calma a história (4.18 a 5.19). O que temos diante de nós? Simples: Deus prometeu fazer alguma coisa (3.16-18), mas Moisés esperava que as coisas acontecessem sem contratempos. Faraó ainda zombou de Moisés (5.1-5) e mandou pressionar mais o povo (5.6-9,14-19). Então,  povo se zanga com Moisés: (5.20-21). E Moisés com Deus (5.22-23).

Será que podemos nos queixar de Deus? Nos queixar à Deus? Ou as duas coisas? Será que Ele compreende a nossa queixa? Como agir nestas horas, em que tudo dá errado e as pessoas não nos compreendem? Simples: Entendendo algumas verdades a respeito de Deus e da postura de seu povo.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

O que valorizar?



O QUE VALORIZAR?

"Valorize as "pequenas" GRANDES coisas que Deus lhe permite vivenciar, se o fizeres, terás  a certeza e convicção de que as "GRANDES" pequenas coisas do mundo na verdade, não importam tanto quanto as pessoas a valorizam"

No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Diagnosticar não é mudar


Diagnosticar não é mudar

Eu acho fantástico conviver com pessoas. O ser humano é enigmático, misterioso, curioso e fascinante. Decifrar uma pessoa é bem difícil e exige muita observação, paciência, tolerância, empatia, compreensão, perseverança, dedicação e amor. Caso não temos essas virtudes, não demora muito para desistirmos delas.

Alguém famosa certa vez declarou: "Não me importo em cometer erros, mas não consigo conviver com os dos outros". E admitiu: "Sou muito controladora. E sei que não sou uma pessoa fácil".

domingo, 24 de fevereiro de 2013

SALMO 4 - A ORAÇÃO EM MEIO A ANGÚSTIA



SALMO 4 - A ORAÇÃO EM MEIO A ANGÚSTIA

Mensagem do dia 24/02/2013 (Domingo/Noite) 

Igreja Batista Central em Toledo

INTRODUÇÃO
Há algumas semelhanças entre o salmo 3 e o 4, o Salmo 3 é conhecido como Salmo matutino (v.5), e o Salmo 4, como noturno (vv. 4 e 8), provavelmente o 3 foi composto ao amanhecer e o 4 antes de dormir. Ambos possuem o mesmo contexto de perseguição, Davi estava cercado por sofrimento, injustiça e opressão. No Salmo 3 Davi estava sendo perseguido por seu filho, Absalão (2Samuel 15-19). Mas este Salmo, que é também uma oração, foi composto quando ele estava sendo perseguido por Saul, porque Deus o rejeitara e escolhera a Davi para ser Rei (1Sm 21 a 31 – onze capítulos. Foi algo tenso, essa luta durou anos: 2Sm 3.1). O momento específico do salmo: 1Samuel 22, quando Davi se escondeu na caverna de Adulão. Como se podia dormir numa hora desta?  Ao final de mais um dia de pressão, dor e perseguição, Davi trava três diálogos que o leva da angustia à paz e sono tranquilo.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Leia-me, primeiro



# DICA
"Conhecer alguém é como ler sua história completa, mas parágrafo por parágrafo, frase por frase, palavra por palavra, letra por letra, depois disso, mesmo assim você está passivo de uma interpretação errada. Não diga isso ou aquilo, não aponte o dedo, não julgue, o 'achismo' acaba com as verdades. Portanto, não diga que conhece alguém sem ao menos passar por toda essa etapa e mesmo assim seja prudente com suas palavras". 

Pr Paulo Berberth

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Um Holocausto Mental



UMA BREVE REFLEXÃO

Vivemos hoje uma espécie de "holocausto mental". As mentes estão sendo brutalmente assassinadas. Não podemos ficar inertes, não podemos concordar com este tipo de influencia que está destruindo vidas. Viva a Vontade de Deus em sua vida. Reflita a vontade de Deus. Não se deixe enganar pelo diabo e seus súditos, eles não querem o seu bem, querem roubar, matar e destruir. Não se amolde na forma do mundo, todavia seja você a influencia de DEUS na terra, o Sal, a Luz, o embaixador de Cristo, o seu bom perfume. Seja instrumento de Deus nas vidas, ajude, contribua, participe desta missão de acabar com este holocausto mental que tem destruído a nossa sociedade. Influencie e não seja influenciado.

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Servos, “o GRANDE é pequeno”


Servos, “o GRANDE é pequeno”.
Mensagem do dia 17/02/2013 (Domingo/Noite) 
Igreja Batista Central em Toledo
Texto: Marcos 10.35-45

Introdução
Jesus estava próximo da cruz, Ele anuncia sua morte, Marcos 10.33-34: "Estamos subindo para Jerusalém e o Filho do homem será entregue aos chefes dos sacerdotes e aos mestres da lei. Eles o condenarão à morte e o entregarão aos gentios, que zombarão dele, cuspirão nele, o açoitarão e o matarão. Três dias depois ele ressuscitará".

Depois disso Tiago e João faz um pedido absurdo (vv. 35-37), Eles querem se sentar um a direita e outro a esquerda de Jesus em seu Reino. Este pedido dos irmãos causa uma certa revolta nos outros 10 (v.41), eles ficaram indignados! No entanto, Jesus nunca perde oportunidade para ensiná-los, e diz o que realmente importa.

Nós sabemos muito bem que o mundo valoriza status, bens materiais, cargos, posições, nomes, títulos. Mas o conceito de Deus é o contrário do mundo. Este princípio se aplica em qualquer área (guarde isso). E para Jesus o mais importante, o primeiro, o maior em seu Reino é o menor, é o servo, por isso “o GRANDE é pequeno”.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Enoque - Um homem de oração - 03


Enoque - Um homem de oração - 03
Mensagem do dia 13/02/2013 (Quarta) – Igreja Batista Central em Toledo
Textos: Gênesis 5.21-24, Hebreus 11.5-6, Judas, 14-15

“Enoque andou com Deus” (Gn 5.24). Como já falamos, sua biografia é "curta e rica". Seu nome significa “dedicado”. Resumindo: Enoque era um homem dedicado que estava sempre na companhia de Deus.

A 1ª Razão que evidencia ser uma pessoa de oração...
É QUE ELA MOSTRA ISSO NA CONDUTA

A 2ª Razão que evidencia ser uma pessoa de oração...
É QUE ELA TEM UMA VIDA DE FÉ QUE AGRADA A DEUS

A 3ª Razão que evidencia ser uma pessoa de oração...
É QUE ELA TEM INTIMIDADE COM DEUS

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Enoque - Um homem de oração - 02


Enoque - Um homem de oração - 02
Mensagem do dia 06/02/2013 (Quarta) – Igreja Batista Central em Toledo
Textos: Gênesis 5.21-24, Hebreus 11.5-6, Judas, 14-15

Enoque era um homem dedicado que estava sempre na companhia de Deus.  Andava com ELE e nós vimos que a 1ª Razão que evidencia ser uma pessoa de oração... É QUE ELA MOSTRA ISSO NA CONDUTA. Enoque tinha isso em sua vida. Assim como Enoque, reconhecemos uma pessoa de oração exatamente porque ela mantém a comunhão com o Pai. Quem ora não precisa falar que ora, simplesmente sabemos que ela ora.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Uma Igreja Frutífera


UMA IGREJA FRUTÍFERA
Pastoral nr 022


João 15.8, 16: "Meu Pai é glorificado pelo fato de vocês darem muito fruto; e assim serão considerados meus discípulos... Vocês não me escolheram, mas eu os escolhi para irem e darem fruto, fruto que permaneça..."

Frutificar é um imperativo bíblico. A expectativa de Jesus, o nosso Senhor e Salvador é que os seus discípulos frutifiquem. E na realidade serão considerados seus discípulos aqueles que frutificam. Aqueles que cumprem sua expectativa.

E a nossa fé é provada por frutos. Disse Jesus: "Pelo fruto se conhece a árvore.. e pelos frutos os conhecerão". Esses frutos não são apenas espelhados pelas virtudes que devem marcar ou ornar o caráter do cristão, mas também que traduzem em ações diárias coerentes ao discurso pessoal, "sou cristão", sinônimo de frutificar.