sábado, 29 de agosto de 2009

A Soberania de Deus

A Soberania de Deus

“Ao Senhor pertencem a terra e tudo o que nela existe, o mundo e os que nele habitam”(Salmo 24.1)

“Ninguém conhece melhor o produto do que o fabricante”

Deus nos conhece perfeitamente, sabe tudo sobre nós, sabe de nossas qualidades e defeitos. Conhece o intimo do nosso coração. Conhece os nossos temores e medos. Sabe muito bem o que precisamos, o que sonhamos, o que planejamos e desejamos. E como não poderia deixar de ser, sabe o que é bom e ruim para nós, por isso ELE nos dirige, nos orienta a fazermos aquilo que é BOM, PERFEITO E AGRADÁVEL – A tua vontade (Rm 12.2b).

"Pois Tu formaste o meu interior, Tu me teceste no ventre de minha mãe." (Salmo 139.13) "Não foi manufaturado ou produzido em massa, mas tecido. Cada fio da personalidade, carinhosamente entrelaçado. Cada fio de temperamento, deliberadamente selecionado..." (Max Lucado)

O problema é que Cremos e confiamos muito nos “controles” que criamos, ao ponto de nos sentirmos completamente seguros e estáveis dentro deles. Aí vem algum vento um pouco mais forte e tudo se vê abalado. Neste caso o que nos resta é fazer aquilo que já era óbvio desde o inicio. Confiar Em Deus, Buscá-lo e Crer em Tua Ação.

“1Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? 2 O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra”. (Salmo 121.1-2)

“Entrega teu caminho ao Senhor; Confia Nele e Ele tudo fará” (Salmo 37.5)
*** Como podemos compreender e confiar na Soberania de Deus?

Vamos pensar em 3 passos importantes para Confiar na soberania de Deus. Não que seja os únicos, mas creio que são importantes.

O 1º Passo Você deve Orar.

E Orar é muito mais que falar com Deus, é reconhecer que precisamos Dele, é reconhecer sua grandeza e desejar ser inteiramente dependente Dele. Afinal, sem Ele nada podemos fazer:

“Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer”. (João 15.5)

Temos vários exemplos na Bíblia que em vários momentos o que se fez foi orar, seja na tribulação ou na alegria. Gostaria de citar Daniel, José, Neemias, Moisés, Davi, o próprio Jesus, apóstolo Paulo... e muitos outros...

“Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças”. (Filipenses 4.6)

Antes devo orar o resultado desta entrega é a Paz que excede todo o entendimento (Fp 4.7).

*** Você deve orar...

Sua postura ao orar, não pode ser de qualquer forma, mas....

O 2º Passo Você deve Se humilhar diante de Deus.

“6 Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte, 7 lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”. (1Pedro 5.6-7)

Há uma luta constante para o homem
auto-suficiência X dependência de Deus.

A tendência natural do ser humano é tentar resolver os problemas por si só, mas o próprio Jesus nos deu um maravilhoso convite.

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei”. (Mateus 11.28)

Se humilhe diante do Senhor, Confie NELE não tente resolver os problemas com as tuas próprias forças.

*** Você deve se humilhar diante do Senhor

Orar com a postura correta, ou seja, com humildade...

O 3º Passo Você deve Crer em sua Soberania

Há muitas coisas que não entendemos, simplesmente cremos! Talvez jamais entenderemos.

“Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem”. (Hebreus 11.1)

“6 De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam”.

Não temos que provar nossa fé para ninguém. Gosto muito de pensar em como os ateus tentam argumentar sua crença num deus que não existe. Mas é muito simples “combatê-los”. Simplesmente porque eles criam um deus para dizer que ele não existe e este deus que eles criam, é apenas uma projeção daquilo que pode ser, mas não é, mesmo que fosse, não chegaria a ser. Deus não se define, ele é amor, sim! Só que muito mais... E ele é Paz, sim! Só que muito mais... Ele é Amor e Paz e muito mais. Ou seja, a projeção criada por um ateu, não é nem de perto o DEUS TODO PODEROSO E SOBERANO que criou o próprio ateu. Na verdade eu creio que não existe ateu, porque no seu íntimo ele sabe muito bem que Deus existe, apenas não reconheci isso. E todo orgulhoso para se defender, sabe o que ele faz? Ele Ataca.

Eu creio e ponto final, minha fé basta. Não há argumentos contra isso.

“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”. (Romanos 8.28)

“11 Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais. 12 Então, me invocareis, passareis a orar a mim, e eu vos ouvirei. 13 Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração”. (Jeremias 29.11-13)

Está aí, um grande desafio:
*** Será que cremos realmente que tudo coopera pra o nosso bem?
*** Será que cremos realmente que Deus tem um plano muito mais Excelente do que podemos pensar ou imaginar?

Não há outra saída. Crer é a única e mais segura forma de reconhecer a Soberania de Deus.

*** Você deve Crer na Soberania de Deus

1. Orar
2. Se Humilhar
3. Crer

Oração:
“Pai querido, neste momento quero me colocar diante do Senhor, em oração, pois sei que me ouves, e sei que és DEUS, e eu sou teu servo, há muitas coisas que não entendo, mas creio que o Senhor está no controle de todas as coisas. Peço-te que o Senhor abençoe nossas vidas em nome de Jesus Cristo. Amém!”.

No amor de Cristo,

Paulo Berberth

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Cristianismo Hoje


Uma das coisas que mais conversávamos no seminário era sobre o nosso futuro pastorado. Dizíamos que seriamos pastores em tempos difíceis, mas talvez os pastores de épocas anteriores também pensassem o mesmo em seu tempo. O fato é que o mundo muda constantemente e a igreja de Cristo luta neste processo para ser relevante. O problema é que encontramos hoje um cristianismo diferente, talvez um cristianismo longe do que realmente Jesus deseja.

Os valores se inveteram em demasia. Pensamos viver em um mundo “justo”, onde a pessoa recebe o que merece e merece o que recebe. Ou seja, se ela está na rua, alguma coisa de errado fez. Se ganhou algum dinheiro, ela mereceu porque é uma pessoa boa. Dizem por ai “cada um tem o que merece”. Nossa sociedade vive o passageiro como se fosse eterno e isto chegou a nossas igrejas. O secularismo vem tomando conta, invadindo vidas e destruindo lares com seu pensamento imediatista e colocando as coisas de forma relativa. Tudo é relativo e nem tudo é pecado ou ruim. Há sempre um pensamento egoísta e tendencioso às coisas que poderão trazer algum tipo de “lucro”. Dizem: “Não é bem assim que a Bíblia fala”, e outra, “Nem tudo deve ser levado ao pé da letra”.

Usam trechos isolados da Bíblia para defender o próprio ponto de vista como: “Tudo me é lícito.” (ponto final). Não continuam o versículo sabe-se lá o porquê, mas ele continua: “...mas nem tudo me convém Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas”. (1 Coríntios 6.12). Fico pensando no texto de Apocalipse 3.20 quando Jesus é deixado do lado de fora da igreja de Laodicéia e bate educadamente e diz com sua voz doce e amável. Estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele e ele comigo”.

Jesus está do lado de fora. Muitos vivem um certo “evangeliquez” que está na moda. Querem um Jesus que não existe, com padrões totalmente distorcidos. Confundem livre-arbítrio com libertinagem. Muitas igrejas viraram “clubes”, apenas um local para atividades, diversões e encontros sociais, por isso que quando surge algo “novo” a primeira coisa que é dita é: “nossa igreja poderia ter”. E assim imitando tudo e todos. Trocaram a Base fundamental por uma decoração mixuruca. Não entenderam o que é ser cristão e não sabem o que é ser salvo. E muitos estão perdidos dentro da casa do Pai. Pais que dão maus exemplos geram filhos problemáticos e rebeldes, jovens desinteressados e apáticos, indiferentes, irrelevantes. Fico pensando no que fazer? Como agir? Como lutar? Como não desanimar frente a tão grandes desafios?

O tema proposto para trabalhar com os jovens é “Compromisso com o Senhor”. A idéia é atingir as várias áreas mostrando como os jovens podem ser, de fato, comprometidos com o Senhor e praticar tal compromisso de forma que façam diferença neste mundo indiferente. O apóstolo Paulo resume o cristianismo dizendo: “Já estou crucificado com Cristo, portanto, não sou mais eu quem vive, mas é Cristo quem vive em mim. E essa vida que vivo agora no corpo, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim”. (Gálatas 2.20) Que todos possam viver como Jesus deseja e espera.

“Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o com todas as tuas forças, porque na sepultura, para onde vais, não há trabalho, nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria”. (Eclesiastes 9.10)


No amor de Cristo, Sem. Paulo Berberth
Igreja Batista do Cambuí - Campinas - 23/08/2009

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

A Oração

“Ore por grandes coisas, espere grandes coisas, trabalhe por grandes coisas, mas acima de tudo ore” A. R. Torrey

Tenho aprendido que a oração é a chave que abre todos os tesouros da infinita graça e poder de Deus.

Portanto ore... ore... ore... ore... ore... ore... ore... ore... ore... ore... ore... ore... ore.......

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Palavras de um Rei...

“Disse Davi a Salomão, seu filho: Sê forte e corajoso e faze a obra; não temas, nem te desanimes, porque o SENHOR Deus, meu Deus, há de ser contigo; não te deixará, nem te desamparará, até que acabes todas as obras para o serviço da Casa do SENHOR”. 1 Crônicas 28.20

O rei Davi havia feito de tudo para construir o templo do Senhor, mas o Senhor falou que não seria ele o construtor – então preparou tudo para que seu filho Salomão o fizesse – obedeceu as regras estabelecidas, e descansou em paz. Tenho ouvido dizer que "tudo que é bom dura pouco". Eu diria que tudo que é bom dura pra sempre. O que você pensa sobre isto? O que Davi fez de bom não ficou apenas enquanto ele era vivo, continuou no reinado de seu filho e sabemos que sua vida e reinado “falam” até hoje, ele foi considerado “um homem segundo o coração de Deus”.

Este texto me intrigou muito e fiquei refletindo... Como é que uma pessoa que não conseguiu fazer o que queria (exatamente porque o Senhor disse que ele não faria), diz para o teu filho palavras de encorajamento e animo? E como será que Salomão recebeu estas palavras?

Hoje em dia nos desanimamos muito facilmente com a obra do Senhor e às vezes por questões tão pequenas, como quando alguém critica sua pregação, ou alguma programação específica, você pensou em algo agradável e criativo, mas não agradou ninguém, ou quem sabe aquela única pessoa tira a sua alegria e você acaba se esquecendo dos demais que foram edificados. Ou quem sabe, seja a apatia das pessoas, a falta de compromisso, a indiferença que lhe “bota pra baixo”. E quem sabe você já pensou assim como eu já pensei várias vezes – “Puxa, que falta de consideração com as coisas de Deus”.

Pois é, Davi sabia de tudo isso e ele deu uma palavra dirigida por Deus para que seu filho Salomão, não se intimidasse diante das adversidades e de sua missão. Olhe as palavras:

“...Sê forte e corajoso e faze a obra; não temas, nem te desanimes, porque o SENHOR Deus, meu Deus, há de ser contigo; não te deixará, nem te desamparará, até que acabes todas as obras para o serviço da Casa do SENHOR”.

Que estimulo Senhor! Revigorou as minhas forças. Assim como foi com ele pode ser comigo e com você. Basta obedecermos as palavras do Todo-Poderoso. E automaticamente me veio à mente as palavras do apóstolo Paulo:

1 Coríntios 15.57-58 “Graças a Deus, que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis (Constantes) e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão”.

Oração:
“Senhor, peço-te que dê forças, alegria e ânimo as pessoas que lerão este texto. Peço-te que o Senhor nos fortaleça a cada dia assim como já tem feito e que possamos ser, servos ousados, Firmes, Constantes, Frutificantes, Alegres, Animados, Corajosos, Sabendo que estamos realizando a maior de todas as obras que é Servir a Ti e anunciá-lo às nações. Em nome de Jesus que oro. Amém!”

No amor de Cristo,

Paulo Berberth

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Esperança em tempos de Crise


Para onde ir quando as portas se fecham e não há luz no fim do Túnel? Você já foi pego por um temporal? Daqueles que mesmo com guarda-chuva acaba encharcando dos pés à cabeça? Pois é... Eu já fui. E mais de uma vez!

Imaginem os raios, como rápidos chicotes de néon, rasgam os céus deixando rastros de luz extremamente claros, seguidos de estrondosos trovões que encoam como assustadoras bombas. As pessoas correndo buscando abrigo enquanto seus guarda-chuvas acabam virando ao contrário e tornando-se inúteis, vulneráveis e impotentes com a fúria do vento. Imaginando estas cenas automaticamente pensei em Naum 1.3 “O seu caminho está no vendaval e na tempestade...”

Sabemos que, além do fenômeno físico propriamente dito, Deus também caminha através das tormentas de nossa vida. Conhecemos essa característica do Pai, mas...
  • Como podemos perceber a sua presença quando a “água vai subindo, subindo e inunda a nossa vida”?
  • Como Deus atua em meio aos “furacões” das enfermidades, divórcios, falências financeiras, conflitos familiares, os filhos em situações de decadência envolvidos com vícios e rebeldia, relacionamentos estremecidos e abalados, acidentes e morte de entes queridos, crise emocional, quando parece não haver mais esperança?
  • O que acontece em meio às “tempestades” das irritações, frustrações e decepções?
  • Como ficam os “redemoinhos” decorrentes de nossa própria desobediência e pecado? Ou quando as conseqüências de pecados alheios simplesmente desabam sobre nós?

Veio em minha mente 5 textos maravilhosos, na Palavra de Deus teria muitos outros, mas a princípio prefiro compartilhar estes abaixo, peço que leia e tire suas conclusões...

Salmo 46.10 “Aquietai-vos e sabei que EU SOU Deus...”

Isaias 41.10 “não temas, porque EU SOU contigo; não te assombres, porque EU SOU o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel”.

Isaías 43.19 “Eis que faço coisa nova, que está saindo à luz; porventura, não o percebeis? Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo”.

Salmo 23.4 “Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam”.

João 16.33b “No mundo, tereis aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo”.
Oração:
“Senhor, Ajude-me a olhar para estas questões e para tua palavra e achar as resposta em Ti, até porque para quem iremos? Se apenas Tu tens as palavras de vida eterna, ajude-me a entender o que não consigo entender e me fortaleça com o teu poder. A tua Graça me Basta, e Ela é melhor do que a vida. Em nome de Jesus Amém.”

No amor de Cristo,

Paulo Berberth
video