quarta-feira, 24 de abril de 2013

João Marcos – Um homem que deu a volta por cima


João Marcos – Um homem que deu a volta por cima
Série: Personagens Bíblicos – Dia 24/04/2013 (Quarta-feira) 
Igreja Batista Central em Toledo

INTRODUÇÃO
Você já foi rejeitado(a) alguma vez? Alguém, em alguma ocasião não quis que você fizesse determinada coisa na obra de Deus, julgando que você não está apto(a)? Pois é, João Marcos sabia muito bem o que é isso, mas ele deu a volta por cima, ele se redimiu e conquistou a confiança de todos. Vamos analisar sua vida e extrair valiosas lições para nossas vidas.

1. QUEM FOI JOÃO MARCOS?
No tempo em que Herodes começou uma voraz perseguição à igreja. Mandou matar Tiago irmão de João à espada. Viu que isso agradava aos judeus prendeu também a Pedro. Mas havia orações incessantes a Deus, por parte da Igreja a favor dele (At 12.1-5). Então um anjo mandado pelo Senhor o libertou da prisão e ele foi à casa de Maria, mãe de João, cognominado, apelidado, conhecido por de Marcos (At 12.12). É assim, que ele é citado na Bíblia pela primeira vez.

João Marcos era judeu, é o autor do segundo evangelho (Marcos). João é um nome hebreu, Iohanannes e significa Iahweh mostrou graça”. Marcos é um nome latino, de sentido ignorado. O título do estudo também poderia ser “O homem que recuperou a si mesmo”. Marcos provavelmente se converteu à fé cristã pelo ministério de Pedro, que inclusive o chama de filho (1 Pedro 5.13), como vimos, Pedro era muito querido e costumava frequentar a casa de sua mãe. A igreja reunida em sua casa orou para a libertação de Pedro. Sua mãe se chamava Maria, e provavelmente era rica, pois sua casa era grande, abrigava a igreja, e tinha criados (At 12.12-13).  Ele acompanhou a Paulo e a Barnabé desde Jerusalém até Antioquia (At 12.25), e partiu com eles como auxiliar para a 1ª viagem missionária, mas ele desistiu antes que completassem a viagem voltando para Jerusalém (At 13.5, 13).

João Marcos era primo de Barnabé (Cl 4.10). Barnabé era rico e famoso, como se vê em At 4.36-37. Homem sábio, temente a Deus, generoso, levita, evangelista, conhecido como “o filho da consolação”. Talvez isto tivesse causado sua imaturidade, que fez com que o apóstolo Paulo o recusasse, “sou primo do Barnabé”.

  • Uma lição: Cuidado para não pensarmos que temos algum direito na igreja e que as pessoas por isso, devem nos paparicar ou até mesmo aturar nossas vaidades.

  • Outra lição: Cuidado para não nos apressarmos a julgar alguém incapaz para cumprir algo que talvez nós possamos fazer, Barnabé foi compassivo e tolerante com João Marcos.
2. SUA MARCA NA HISTÓRIA
Ele teve um grande fracasso na vida: Atos 15.35-40. Acabou com a parceria missionária entre Paulo e Barnabé, e ganhou a oposição de Paulo. Escreveu o segundo evangelho e tornou-se respeitado por Paulo, 2 Timóteo 4.11: “Somente Lucas está comigo. Toma contigo Marcos e traze-o, pois me é útil para o ministério”. E Filipenses 1.24: “Marcos, Aristarco, Demas e Lucas, meus cooperadores”. João Marcos deu a volta por cima! Da rejeição à recuperação. Da recusa à admiração. O inútil e inconstante tornou-se útil e cooperador.

Marcos nos deixou um grande legado: o segundo evangelho, que reflete a figura de Pedro, que se hospedava na casa da sua família, e o tinha como filho (1Pe 5.13). Compôs este documento que foi a fonte de pesquisa de Mateus e Lucas. Portanto, o 1º Evangelho escrito. Ele provou seu valor a Paulo e a Pedro. Quando Paulo foi preso, Marcos foi a ele na prisão (Cl 4.10). Mostrou seu valor. O menino mimado se tornou apoio do preso Paulo.

CONCLUSÃO
Tem um filme muito bom, chamado: “Homens de Honra”, um homem negro humilde que sonhava ser mergulhador da marinha dos USA, numa cena específica perguntam para ele: “Porque quer isso?” Ele respondeu: “Porque disseram que eu não conseguiria”. Eis a grande lição de João Marcos: podemos nos superar e também superar nossas falhas e limitações com a graça de Deus. Caímos, mas devemos sempre nos levantar. O mundo dá voltas, jamais devemos subestimar alguém. E na verdade o que vai contar de fato é como vamos nos mostrar diante de Cristo, como derrotados ou vitoriosos. Basta darmos o melhor de nós.

No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth