terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Espelhos da Graça


“Um espelho reflete a luz que incide sobre ele”.

Essa história é fantástica, moveu meu coração e quero compartilhá-la. E para melhor compreensão do contexto histórico dela, é imprescindível a leitura dos textos: 2Samuel 9.1-13; 19.27-30.

O texto narra a historia de Mefibosete, filho de Jônatas e neto do rei Saul. Além de ter praticamente toda a sua família morta pelos males que vieram sobre os descendentes de Saul, Mefibosete era deficiente físico. Aos cinco anos de idade sofreu um acidente ao cair dos braços de sua ama que fugia com ele e ficou coxo (2Sm 4.4).  Seu  nome tv,boypim. significa literalmente exterminador da vergonha”.

Mefibosete era um esquecido, alguém sem valor para a sociedade e sem utilidade, sua definição sobre si mesmo era “cão morto” (9.8). Não servia para o trabalho, não servia para a guerra. Pensem, se hoje os deficientes físicos sofrem enormes barreiras e preconceitos para se estabelecerem, naquela época era muito pior. Era um fardo para os seus e na verdade, o rei Davi poderia matá-lo, pois era costume o rei eliminar qualquer possibilidade de concorrência ao trono, (ele era neto do rei anterior, Saul, filho de Jônatas).

No entanto o rei Davi o procura. Mandou gente atrás dele. “O rei dissera: A alguém da família de Saul, para que eu use de GRAÇA (Benevolência – 9.1,3) para com ele, por amor de Jônatas?”. Davi o encontra. O Rei vai de encontro com aquele que não tinha valor para ninguém.

I-       A Graça de Deus se MANIFESTA a Mefibosete.

O rei havia procurado por ele. Foi em busca. Quis saber. Se interessou por ele. (9.3). O rei o encontrou e lhe restitui todos os bens, posses e a auto-estima. (9.7) O rei inseriu-o no palácio e ele agora comia à mesa com o ele. (9.13). Mefibosete mora no palácio agora, come da mesa do REI. Está na presença DELE. É protegido, está em segurança, tem a dignidade e o respeito de que precisa. Ele foi restaurado.

Phillipe Yancey escreve em seu livro “Maravilhosa Graça”:
“Não há nada o que você possa fazer para Deus te amar mais”.

Mefibosete comia na mesa do REI. Ele o queria ali, então, ali ficava. Não fazia e não havia feito nada para o REI amá-lo mais. Simplesmente o rei o Amava. Comia, bebia, comparecia à presença do REI. E, participava de tudo, sem restrições. “Como um dos filhos do Rei” (9.11).

Você também foi alcançado(a) pela Graça de Deus? “A graça de Deus se manifestou trazendo salvação a todos os homens.” (Tito 2.11). Pois este é o desejo do Rei, alcançá-lo.

O Rei Jesus Cristo foi saiu em sua busca. Ele quis saber de você, se interessou por você. Morreu a sua morte, para que você tivesse vida. Eu e você éramos como ovelhas sem pastor. Ele sendo tão grande, olhou para a nós, éramos inimigos de Deus, estávamos separados Dele éramos como um “cão morto”, mesmo assim nos amou, faz sentar à sua mesa e trata como um filho, todos aqueles que crêem em TEU nome. Você já reconheceu a GRAÇA de Deus em sua vida?

Um espelho reflete a luz que incide sobre ele. Então...


II-    A Graça de Deus era REFLETIDA na vida de Mefibosete

Davi estava no auge do seu reinado. “Se tornou famoso, conhecido...” (2Sm 8.13). Mas nos Davi cai. Olha para Bate-Seba, mulher de Urias. Comete adultério com ela e mata seu Urias. E o profeta Natã o repreende ele se arrepende (2Sm capítulos 11-12). Como se não bastasse, outro escândalo no Palácio acontece. Amnom filho do rei se apaixona por sua irmã Tamar e comete incesto com ela à força (2Sm13.1-22). Absalão fica com ódio de Amnom e o mata (2Sm 13.23-36). E ainda Davi sofre mais uma apunhalada, Absalão toma seu reino e Davi foge para que Absalão não morrer nas mãos de seu próprio filho (2Sm 15).

Neste tempo, Mefibosete foi acusado falsamente por seu servo Ziba (16.3-4). Mas a Graça de Deus era refletida em sua vida. Ele sabia perdoar. Não o matou, nem fez mal algum, muito menos se defendeu. Mas ofereceu a “outra face”. (19.30). Davi havia acreditado em Ziba e deu metade dos bens de Mefibosete para Ziba. Quando Davi encontra-se com Mefibosete, assim que Absalão morre e Davi retoma seu reino, se surpreende!

Mefibosete não se achava digno de nada. Lembrava-se sempre de que merecia a morte por ser “inimigo do Rei” (19.28a). Nós também éramos inimigos do Rei e todos nós carecemos de sua Graça. Precisamos de misericórdia.

Rm 3.23: “pois todos pecaram e carecem da glória de Deus”.

Cl 1.21: “E a vós outros também que, outrora, éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras malignas”.

Rm 5.10-11: 10 Porque, se nós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte do seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida; 11 e não apenas isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, por intermédio de quem recebemos, agora, a reconciliação”.

Mefibosete tinha um coração grato. Ele reconheceu a GRAÇA de Deus através da vida do rei (Davi) e estar na presença do REI era para ele suficiente. Havia uma enorme satisfação, não precisava de mais nada (19.28b). Como não se lembrar das palavras do Senhor ao apóstolo Paulo: “A minha Graça te Basta” (2Co. 12.9).

Mefibosete Refletiu a GRAÇA recebida em tua vida, ele desejava viver refletindo a GRAÇA. Nós comemos na mesa do REI. A nossa função é se alimentar da GRAÇA: come-la, bebê-la, desfrutar, mas também passá-la adiante. Refleti-la ao mundo, aos nossos irmãos. Como podemos nos esquecemos disso?

Ainda existem muitos que estão longe da mesa do REI, sem comunhão com o REI. Não foram alcançados por sua Graça ainda e nós devemos ser instrumentos para isso. É sem graça sentar-se a mesa do REI JESUS, fartar-se de grande banquete e olhar em volta e ver que ainda há tantos que não comem junto com o Rei.

Pior é olhar outros que, assim como eu, foram salvos pela GRAÇA, só que ficam acusando, apontando dedo com seu moralismo e legalismo exacerbado, sua religiosidade podre que fede. Eles constroem muros ao invés de pontes, tudo por causa de alguma dificuldade, falhas ou até mesmo dos pecados dos mais fracos na fé, eles dizem:

“Miseráveis! Deveriam ser punidos, pois caíram, se quebraram, estão mancos no palácio. Dependem ainda da GRAÇA DE CRISTO! Olha a mão suja daquele! DEUS castiga-o! Como pode, mãos sujas, corpos imundos à mesa? Não consigo comer! Arranca-os daqui, Senhor! Eles não são dignos!”

Hipócritas! Possuem corações duros. Ingratos. Não usam de misericórdia. Esqueceram-se que foram alcançados pela graça. Esqueceram-se que eram como “caos mortos”. Esqueceram-se que eram também inimigos de Deus. Esqueceram-se que também são pecadores. Esqueceram-se que da Palavra do Senhor que diz:

“Tira primeiro a trave do teu olho...” Mat 7.5
Julga, Olha para a vida do outro...

“Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo, para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” 1Jo 1.9
Deus nos perdoa e purifica se arrependidos confessarmos nossos pecados...

“A graça de Deus se manifestou trazendo salvação a todos os homens.” Tt 2.11
Deus buscou todos os homens e não apenas alguns...

“Tendo amado aos seus, amou-os até ao fim”. Jo 13.1b
Jesus foi até o fim, morte e morte de Cruz...

“Vai, pois, arrepende-te e pratica as tuas primeiras obras”. Ap 2.5
Jesus oferece a todos oportunidade de voltar e praticar a tua vontade...

“Pela graça vós sois salvos...” Ef 2.8
Somos salvos pela GRAÇA e não precisamos fazer esforço nenhum tê-la, apenas crer...

Phillipe Yancey ainda escreve no mesmo livro:
“Não há nada o que você possa fazer para Deus te amar menos”.

Refletir a GRAÇA de Deus é tudo e é a nossa missão. Mas para refletir a GRAÇA de CRISTO Requer: Alegria, Entusiasmo, Satisfação, Servidão, Dedicação, Empenho, Gratidão, Vibração.

Seja RELEVANTE neste mundo que tanto sofre por não estarem diante do REI.

O que você tem feito para refletir a Graça?

Como um Espelho refletindo a Graça EU quero ser. E você?

Eis o nosso Desafio.

No amor de Cristo,

Paulo Berberth

4 comentários:

  1. Amém...que sejamos espelhos de Jesus...Por que pela graça dele e somente pela graça assim como Mefibosete saimos de "lo-debar",saimos da cidade do esquecimento e fomos alcançados pelo seu infinito amor!!!

    ResponderExcluir
  2. Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Natal agradável, harmonioso e com sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Um abraço e fique com DEUS.

    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ae Paulo, muito bom!! Gostei. Espero que a cada possamos refletir a graça de Deus em nossas vidas, e que outros possam ver esse reflexo.
    Feliz Ano novo.

    ResponderExcluir

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth