terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Símbolos do Natal


Você alguma vez já parou para pensar nos símbolos do Natal???



Presépio: Segundo a tradição, o presépio foi criado por Francisco de Assis em 1223. O intuito da criação era apresentar de maneira clara e visível a importância do nascimento de Jesus Cristo, o Salvador de toda a humanidade.


Estrela de Belém: Muito vista como ornamento superior na árvore de Natal, simboliza e a Estrela Guia que levou os magos do oriente até a casa onde Jesus estava. Relato descrito em Mateus 2.2


Árvore: Este símbolo tem sido por muitos anos motivo de estudos e reflexão quanto a sua origem e significado. Sabe-se que é anterior a Jesus Cristo, pois já era utilizado por volta do segundo e terceiro milênio a.C. No entanto, hoje é o grande representante do Natal e, em todo o mundo, a se ver uma árvore de Natal associa-se ao nascimento de Jesus Cristo.


Velas: Jesus diz em João 9.5 que Ele é a luz do mundo e a presença da luz de velas durante o Natal procura remeter a presença de Jesus. No judaísmo existe o ritual de acender as velas no Hanuchá que comemora a presença do poder de Deus na conquista de Jerusalém que, até então, era domínio Grego. Em muitas culturas o fogo e a luz indicam a presença de Deus.


Sinos: Representam o respeito ao chamado divino e a comunicação entre o céu e a terra. Os sinos, por tradição, anunciam a vida, a morte, e o chamado de Deus aos fiéis que obedecem a sua Palavra. No Natal, anuncia o nascimento do Salvador, Jesus Cristo.

Existem muitos outros símbolos relacionados ao Natal, mas a maioria deles está ligada as tradições e culturas de seus próprios países. Como se deve observar todos eles remetem ao nascimento de Jesus Cristo e, inegavelmente, este é o verdadeiro motivo do Natal. Alguns ainda entram em discussões secundárias quanto a data do nascimento de Jesus, mas o que é importante de fato é que o mundo inteiro para em 25 de dezembro em reconhecimento ao nascimento do Salvador de toda a humanidade.

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz”. (Isaías 9. 6).

Pr. Ivan Fidelis dos Santos

Um comentário:

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth