sábado, 19 de maio de 2018

Imediatamente, Obedeceram...


Mensagem do dia 18/05/2018 (Sexta-feira/ Culto no lar) - Igreja Batista Mandacaru
 
& Marcos 1.16-20: 16 Enquanto andava à beira do mar da Galileia, Jesus viu Simão e seu irmão André. Jogavam redes ao mar, pois viviam da pesca. 17 Jesus lhes disse: "Venham! Sigam-me, e eu farei de vocês pescadores de gente". 18 No mesmo instante, deixaram suas redes e o seguiram. 19 Pouco mais adiante, Jesus viu Tiago e João, filhos de Zebedeu, consertando redes num barco. 20 Chamou-os de imediato e eles também o seguiram, deixando seu pai, Zebedeu, no barco com os empregados.

Introdução
Vivemos a geração “full time” – tudo deve ser rápido o tempo todo. Isso tem gerado pessoas nervosas, irritadas, aborrecidas na maioria das vezes por causa de coisas tolas. Basta uma fechada no trânsito que a ira vem à tona. Ou se para 3, ou 4 carros na frente a impaciência toma conta do ser, e logo vem uma palavra de reclamação – “Que droga! Está tudo parado!”

Da mesma forma, para muitas coisas temos total disponibilidade, principalmente se é algo que gostamos muito. Tudo o que amamos fazer é bem mais fácil ter vontade para realizar, difícil mesmo é fazer algo que não gostamos, ou que por alguma razão, não queremos, não é verdade?

Jesus estava andando a beira do mar da Galiléia e viu Simão e seu irmão André, que lançavam redes ao mar. Então Jesus faz um convite para eles, o que nós poderíamos dizer que é a maior e a mais importante missão de suas vidas, Ele disse: “Venham! Sigam-me, e eu farei de vocês pescadores de gente" (v. 17). Pouco mais adiante, Jesus chamou também Tiago e João, filhos de Zebedeu, para a mesma missão.

Essa missão se estende a todos nós. O que acho mais incrível é que quando ouviram o chamado de Jesus, todos eles Simão, André, Tiago e João.... obedeceram imediatamente, sem saber se iriam gostar ou não, obedeceram sem questionar, sem argumentarem nada, apenas obedeceram.

A Obediência é fundamental na vida do cristão. Se colocássemos sempre em prática a obediência, sem demora e com zelo aquilo que ouvimos do Senhor:

F nós seriamos pessoas melhores, servos melhores, mais maduros e firmes com Cristo.

F Não seriamos tão falhos na leitura da Palavra, mesmo sabendo que a leitura bíblica enriquece tremendamente nossa vida espiritual.

F A oração não cessaria em nossas vidas, pois sabemos que temos de orar tanto por nós, como por outros que precisam de intercessão.

F A pessoa que está esperando por ouvir do evangelho chegaria ao conhecimento de Cristo de maneira muito mais rápida e eficaz, se nós falássemos do amor Jesus para ela.

Tudo seria melhor se obedecêssemos a voz do Mestre.

v Somos imediatistas para muitas outras coisas, mas porque não somos tão obedientes como teríamos que ser, até mesmo como gostaríamos de ser com as coisas de Deus?

Primeiro porque existem vários tipos de pessoas, vejam algumas...

  1. Os simpatizantes. Eles ficam comovidos por uma mensagem e até demonstram a intenção de mudar de atitude, mas infelizmente não tem muita firmeza e a decisão não dura muito tempo, pois desistem logo. São indecisos, pois não sabem exatamente o que querem. Mas ao mesmo tempo parece que quer tudo. “São levados pela onda”.

  1. Os procrastinadores. São aqueles que esperam demais para obedecer, sabe o que tem de fazer, mas não fazem ficam enrolando, acabam vacilando e por fim, se esquecem até mesmo do que foi pedido.

  1. O murmurador. É aquele que reclama de tudo e nada está bom. São as “justificativas” para não obedecerem.

  1. Os ouvintes não praticantes. Ouvem, mas não praticam o que aprendem, é como o homem tolo lá citado por Tiago – “ele se olha no espelho e logo esquece como é seu rosto”. Infelizmente, estes, na maioria das vezes, conscientemente não querem obedecer. Existe outros casos que possuem claramente dificuldades e até de maneira sincera, lutam para praticar, mas acabam não tendo perseverança e constância.

  1. Os Obedientes. São aqueles que assim como Simão, André, Tiago e João.... obedeceram imediatamente!

v Em qual tipo de pessoas você se encaixa?

Conclusão
Devemos ser cumpridores da Palavra. A verdade mais proveitosa é a verdade obedecida e praticada. Ou seja, de que adianta você saber das verdades de Deus se não as pratica? Não adianta de nada, porque sua vida será uma mentira. E outra, nós nunca perdemos em obedecer!

Se você foi impactado por algum dever, enquanto estava meditando nas Escrituras Sagradas do Senhor, ouvindo a mensagem do pastor, ou até mesmo ao ouvir uma música, apresse-se em cumprir tal dever, antes que o desejo de servir se acabe. Antes que você olhe para as dificuldades e desista. Seja uma boa semente, que a Palavra de Deus frutifique em sua vida.

Deixe a sua rede e tudo que você tem, ao invés de ser encontrado como uma pessoa rebelde ao chamado do Senhor. Apresse-se, enquanto ha oportunidade e o desejo estão em bendita conexão com o Pai.

Pare e reflita! O que está faltando para ser um servo melhor?

Jesus o chama para servir “Vinde após mim...”, Simão, André, Tiago e João... “deixaram imediatamente as redes e o seguiram”. Obedeceram até o final. Qual será a sua decisão?

No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth