terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Diego Lugano, SPFC e o Cristianismo

Diego Lugano, SPFC e o Cristianismo

📖 Colossenses 3.23-24: 23Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens, 24 sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança. É a Cristo, o Senhor, que vocês estão servindo”.

Reflita: 💭 Este final de semana que passou, foi a última rodada do campeonato brasileiro de futebol masculino, um fato chamou muito a minha atenção, não apenas por ser são-paulino, mas por gostar de futebol. Diego Lugano se despediu do SPFC. Evidente que não sabemos o que ele vai fazer daqui para frente, se vai continuar jogando ou se vai se aposentar. A torcida ama ele e ele ama o clube.
 

Lugano teve uma carreira vitoriosa no SPFC, foram 213 jogos, 110 vitórias, 51 empates e 52 derrotas. Conquistou o campeonato paulista, brasileiro, a libertadores o mundial e a Florida Cup – sem falar de sua garra, dedicação e paixão pelo clube. Tudo isso deixa todos muito felizes, mas não é isso que mais me chamou a atenção em sua despedida, foi uma das entrevistas que ele deu após o jogo, ele disse: “Muito obrigado por tanto, perdão por tão pouco”.

👣Aplicação:  Que fantástico! Lugano teve consciência de que por mais que tenha feito pelo clube, ainda assim, ele achava que foi pouco, porque o clube merecia mais. Sendo repetitivo de propósito, “achei isso fantástico”, por isso quero fazer uma comparação com o evangelho, com o cristianismo – Jesus merece sempre o melhor! E por mais que façamos, sempre será pouco, ELE merece infinitamente mais. Nunca julgue que o que faz para Deus é suficiente, queira sempre mais, faça mais, ande um pouco mais, lute um pouco mais, sirva mais, ame mais. E mesmo assim, no final de tudo ainda dirá ao SENHOR: “Muito obrigado por tanto, perdão por tão pouco”.


No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth