sexta-feira, 10 de junho de 2016

#SALMO 5 – parte 1

Estudos em Salmos
Salmo 5 “A ORAÇÃO DE UM AFLITO” – Parte 1

Introdução
O Salmo 5 é basicamente um lamento que contém declarações de inocência, de confiança, de reconhecimento de quem Deus é e faz pelos justos e ímpios, Davi ora pedindo proteção. Ele estava na presença do Senhor quando colocou seus inimigos diante dele. Suas orações têm duas grandes preocupações: “Ajuda-me e destrói meus inimigos”. Davi estava aflito. O salmo tem cinco estrofes. Em três ele fala diretamente com Deus, em duas ele fala dos inimigos.

1ª ESTROFE – “ESCUTA, SENHOR” (vv. 1-3)
2ª ESTROFE – “TU ÉS JUSTO” (vv. 4-6)
3ª ESTROFE – “EU, PORÉM” (vv. 7-8)
4ª ESTROFE – “CONDENA -OS” (vv. 9-10)
5ª ESTROFE – “ALENGREM-SE” (vv. 11-12)

1ª ESTROFE – “ESCUTA, SENHOR” (vv. 1-3)
1 Escuta, Senhor, as minhas palavras, considera o meu gemer. 2 Atenta para o meu grito de socorro, meu Rei e meu Deus, pois é a ti que imploro. 3 De manhã ouves, Senhor, o meu clamor; de manhã te apresento a minha oração e aguardo com esperança.

A dor de Davi era tão grande que gemia (v.1). Então ele pede “Escuta, Senhor as minhas palavras, considera o meu gemer”.  Muitas vezes sofremos dores assim, dói na alma e não temos forças sequer para dizer a alguém, apenas podemos rogar, suplicar ao nosso Deus que nos atenda e que ouça, repare, olhe para a nossa dor. É evidente que sabemos que Deus ouve nossas orações e se importa conosco, contudo, Ele deseja que o conclamemos.

O v. 2 é a chave do salmo: é a base da oração (leia). Deus é seu Rei. Davi fora eleito rei teocrático sobre a terra, mas compreendia plenamente que o REI supremo de todo Israel e de toda a terra é DEUS. Ele, como rei humano, se subordina a Deus como o REI dos reis. Atitude indispensável na oração: subordinar-se a Deus. Muitos decretam e pensam que Deus é obrigado a dar-lhes de tudo, todavia, a atitude mais bela é a submissão.

V. 3: Ele ora e espera. Apenas apresenta a Deus a sua oração e Nele confia, diz: “aguardo com esperança”. Bela lição: Como disse seu filho Salomão – Para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu” (Ec 3.1) – Salomão aprendeu direitinho. Quem ora, deve orar com fé, esperança e paciência. Deus tem a forma dele agir, que não é como a nossa.

  • Ore e descanse no Senhor!

No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

Nós vimos...
1ª ESTROFE – “OUÇA-ME SENHOR” (vv. 1-3)
Ainda falta...
2ª ESTROFE – “TU ÉS JUSTO” (vv. 4-6)
3ª ESTROFE – “EU, PORÉM” (vv. 7-8)
4ª ESTROFE – “CONDENA -OS” (vv. 9-10)

5ª ESTROFE – “ALENGREM-SE” (vv. 11-12)

Um comentário:

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth