sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Ele estava na popa

Ele estava na popa

“E ele estava na popa dormindo sobre uma almofada; e despertaram-no, dizendo-lhe: Mestre, não te importa que pereçamos?” (Marcos 4.38).

Infelizmente há muitas pessoas que acham que Deus as abandonou e não se importa com elas, isso fica mais evidente nos momentos de crise, nos momento de dor e desespero, momentos que julgam precisar mais da proteção e do cuidado divino. Mas a verdade é que Deus se importa, se preocupa e cuida de você, mas temos pelos menos 2 princípios: 1º Deus pode fazer o impossível acontecer; 2º Ele age sempre de acordo com a sua soberana vontade;

Um grande desafio para a nossa fé, é conseguir compreender que o silêncio de Deus é capaz de nos salvar, nos tranquilizar trazendo paz e refrigério para os nossos corações. Assim aconteceu com os discípulos, vamos ler a continuação do texto:

39 E ele, despertando, repreendeu o vento e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança. 40 E disse-lhes: Por que sois tão tímidos? Ainda não tendes fé? 41 E sentiram um grande temor e diziam uns aos outros: Mas quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?” (Marcos 4.39-41).

Vers. 39 – Jesus age, Acalma a tempestade.
Vers. 40 – Jesus questiona os discípulos a respeito da fé.
Vers. 41 – Todos ficaram atônitos, perceberam que Jesus é o Deus dos Impossíveis.

Agora sim a história está completa. Jesus agiu em seu tempo e do seu jeito. Curioso é pensar que acalmar uma tempestade e fazer os ventos e ondas do mar sossegarem é algo tão impossível quanto dormir na popa de um barquinho sem motor enquanto o mundo desmorona ao redor.

Deus tem planos mais altos que os nossos e nos surpreende a cada dia. Por isso podemos ter a convicção de que independente das circunstancias que estivermos vivenciando, Deus é poderoso para fazer o que para nós é impossível. Na verdade, o que faz toda a diferença quando estivermos no meio de uma terrível tempestade, é ter JESUS em nosso Barco.

No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

Um comentário:

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth