sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

O amor de Deus e o Deus que é amor


O amor de Deus e o Deus que é amor

19 Nós amamos porque ele nos amou primeiro. 20 Se alguém afirmar: "Eu amo a Deus", mas odiar seu irmão, é mentiroso, pois quem não ama seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. 21 Ele nos deu este mandamento: Quem ama a Deus, ame também seu irmão” (1 João 4.19-21).

Reflita: Ahhhh... O amor. Quem inventou o amor? Alguém já perguntou e nunca soube da resposta, mas respondo eu – DEUS! Deus é amor. Ele nos amou. Amou primeiro, antes de tudo, já na eternidade ELE nos amou. Amou quando nos criou. Amou quando nos fez e deu a vida. Amou quando morreu a nossa morte. Amou criando todas as coisas, diz os Salmos que... “Do Senhor é a terra e tudo o que nela existe, o mundo e os que nele vivem” (24.1) e que “Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra das suas mãos” (19.1).

Jesus nos amou tanto que foi nos preparar um lugar (João 14.1-3) e voltará para nos buscar para que então eternamente possamos viver com ELE e ELE conosco. ELE nos ama, nos ensinou o amor e nos deu este mandamento: “Quem ama a Deus, ame também seu irmão”.

Amemos a Deus e o próximo como a nós mesmos, que este amor não seja apenas por palavras, mas em ação, em atitudes, em gestos.


No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth