segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Multiplique


Multiplique

“E todos os dias, no templo e de casa em casa, não cessavam de ensinar e de anunciar Jesus, o Cristo” (Atos 5.42).

Multiplique. Fazendo Discípulos & Plantando Igrejas. Este é o tema da Campanha de Missões Nacionais deste ano. A Grande Comissão de Jesus à sua igreja é muito clara: “fazei discípulos” (Mateus 28.19-20).  Os crentes da igreja primitiva entenderam tão claramente esta ordem que não se distraíram dela por coisa alguma. Viviam em função de se multiplicar, fazendo novos discípulos, e com isso a igreja crescia e se fortalecia à medida em que o evangelho chegava a todos os lugares do mundo.

·         Mas se a ênfase da Grande Comissão é fazer discípulos, por que plantar igrejas?
 
A resposta é simples: porque é preciso agrega-los à igreja local, que é a comunidade dos discípulos. Hoje, na área da eclesiologia definimos igreja em dois aspectos: A Igreja Espiritual e a Igreja Local. Ambas, instituídas e edificadas por Jesus que disse: “Edificarei a minha igreja” (Mt 16.18).

A igreja é de Jesus, é, portanto, legítima agência e expressão de seu Reino. A obra de edificação ainda continua tanto por meio do agregar mais discípulos a ela, quanto pelo aperfeiçoamento e crescimento destes discípulos. À medida que os primeiros cristãos dedicaram-se intensamente à tarefa de fazer discípulos, a consequência natural (mas também intencional) foi o agrupamento destes crentes, formando igrejas locais. Por isso, antes de plantar igrejas é preciso fazer discípulos ensinando e anunciando Jesus, o Cristo e todos os teus princípios ensinos para uma nova vida em Cristo. Ensinando inclusive o que a Bíblia diz dos cristãos, como ela nos chama, como o cristão é visto por Deus à Luz de sua Palavra?

þ  Em 1 Pe 2.9: Somos a Geração Eleita;
þ  Em 2 Co 5.20: Somos Embaixadores de Cristo;
þ  Em Mt 5.13-16: Somos Sal da terra e Luz do mundo;
þ  Em 2 Co 2.14-17: Somos o bom perfume de Cristo ;

Alguém certa vez disse que o cristão é o “5º EVANGELHO”, as pessoas nos leem. Temos uma missão importante no mundo como cristãos, anunciar e testemunhar de Jesus Cristo, com palavras, ou ações, agindo como Ele agiu, pensando como Ele pensou. Não apenas ser diferentes, mas fazer a diferença. Até porque, ser diferente não significa nada se não fazemos a diferença. Por isso, sempre digo: “Que diferença faço se não faço diferença?”.

Assim sendo, como divisa da campanha deste ano, podemos nos inspirar na igreja de Atos que era incansável no evangelismo discipulador, no ensino da palavra e na propagação do evangelho de Cristo. Multiplique-se. Faça discípulos de Jesus.


No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth