domingo, 14 de setembro de 2014

A Ovelha Perdida

A OVELHA PERDIDA
Mensagem do dia 14/09/2014 (Domingo/Manhã) – Igreja Batista Central em Toledo
Série: As Parábolas de Jesus 02 - Texto: Lucas 15.1-7

Introdução
Como foi dito na mensagem anterior, Lucas 15 possui uma trilogia de Parábolas: 1. A parábola da Ovelha Perdida (vv.3-7); 2. A parábola da Dracma Perdida (vv. 8-10); 3. A parábola do Filho Perdido (vv. 11-24). São parábolas que tratam da alegria de Deus quando recupera um pecador perdido. Nas palavras de Jesus “o que foi recuperado dava mais alegria do que o que foi mantido”. Uma congregação de fiéis agrada a Deus, mas recuperar um que não estava com Ele o alegra mais ainda, tanto que há “festa nos céus” (vv. 7, 10).

Contudo, nem todos festejavam, os fariseus e mestres da lei criticavam Jesus, chamando-o de “amigo de publicanos e pecadores” (Mt 11.19; Lc 7.34). E de fato, ELE o era, porém a diferença é clara, estes publicanos e pecadores o buscavam e desejavam ouvir seus ensinos, o contrário deles que rejeitavam Jesus. É o que diz os vv. 1-2: 1 Todos os publicanos e pecadores estavam se reunindo para ouvi-lo. 2 Mas os fariseus e os mestres da lei o criticavam: Este homem recebe pecadores e come com eles" (vv.1-2).

Jesus não perde oportunidade para ensinar, para exortar e para alertar, principalmente os que estavam cegos por sua religiosidade vã, “então lhes contou esta parábola”, leiamos vv.4-7 e vamos refletir sobre as lições desta parábola contada por Jesus: 4 "Qual de vocês que, possuindo cem ovelhas, e perdendo uma, não deixa as noventa e nove no campo e vai atrás da ovelha perdida, até encontrá-la? 5 E quando a encontra, coloca-a alegremente sobre os ombros 6 e vai para casa. Ao chegar, reúne seus amigos e vizinhos e diz: ‘Alegrem-se comigo, pois encontrei minha ovelha perdida’. 7 Eu lhes digo que, da mesma forma, haverá mais alegria no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não precisam arrepender-se".

1ª Lição: Os fariseus e mestres da lei precisavam de Deus. Julgavam-se “justos” em si mesmos, é por isso que eles, 1.Não reconheciam que estavam perdidos, como a ovelha que se perdeu da grei; 2. Não se alegravam com os que eram “encontrados”, exatamente por não aceitarem os de fora. A expressão: “Qual de vocês que...”, mostra que Jesus queria que eles compreendessem que o amor e a graça de Deus é universal, é para todos, inclusive para eles, que estavam fora da grei de Jesus.

2ª Lição: Cada ovelha é preciosa para o bom pastor. Muitos poderiam dizer que o pastor da parábola que Jesus contou foi negligente por deixar suas 99 ovelhas e ir atrás de apenas uma que estava perdida. Porém, o ensino bíblico é que cada ovelha é preciosa. Cada vida é muito preciosa aos olhos de Deus. Está ai o porquê de Jesus ter dado Sua própria vida em resgate de Suas ovelhas que estavam perdidas e tê-las resgatado. Penso assim: Jesus morreu pelo mundo todo, mas acredito que ELE também morreria apenas por mim, ou apenas por você.

3ª Lição: As ovelhas que não estão perdidas não precisam do mesmo cuidado que a que está perdida. Quando uma ovelha está perdida ela passa a necessitar de mais de atenção. Ela precisa de mais cuidados, de correção, de amparo, de instrução. Muitas vezes precisa de cura das feridas, precisa de carinho, amor, precisa de cuidados especiais. Foi isso que o pastor da parábola fez, deixou as 99 que estavam seguras, para resgatar aquela única que estava desgarrada das outras. Assim também é com Deus, que busca as Suas ovelhas desgarradas a fim de vê-las em Sua presença novamente. E é evidente que elas precisam de mais cuidados que aquelas que não estão perdidas. Até porque, as que não estão perdidas, um dia fora resgatada.

4ª A alegria de encontrar uma ovelha perdida é muito grande. O coração egoísta quer toda a atenção para si, mas aquele que vê a dor do “outro” se alegra sobremaneira pela recuperação de alguém que, antes, parecia irrecuperável. Imagino que eu um dia fui considerado “caso perdido” por alguns, mas Jesus não pensou assim. Aquele pastr “ao chegar em casa, reuniu seus amigos e vizinhos e dizendo: Alegrem-se comigo, pois encontrei minha ovelha perdida”. Da mesma forma Deus faz festa nos céus.

5ª Lição: Deus ama incondicionalmente as ovelhas perdidas. Pare para pensar: De certa forma todos nós já fomos “ovelhas perdidas”. Já estivemos longe de Deus e Ele amorosamente, nos resgatou e nos trouxe de volta à Sua presença. É por isso que a conclusão da parábola foi esta, v. 7: “Eu lhes digo que, da mesma forma, haverá mais alegria no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não precisam arrepender-se".

Há muitas ovelhas perdidas, e nós temos uma missão, devemos também, amorosamente, cooperar com Deus na busca das ovelhas perdidas que estão por esse mundo afora. Essa é uma mensagem muito forte que a parábola passa e que Jesus quis incutir na mente dos religiosos daquele tempo. Deus sente alegria por encontrar o que se perdeu.


No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth