terça-feira, 1 de outubro de 2013

A Herança dos Filhos

A Herança dos Filhos
Pastoral nr 029

Outubro é o mês das crianças. Dia 13 (2º Domingo do mês) “Dia da criança batista”. Teremos um culto especial e atividades para as crianças. Isso vai ser muito legal, mas você já pensou no que vai deixar como legado para seus filhos?

Se você tivesse muito dinheiro, certamente o deixaria para seus filhos, certo?  Com toda certeza como bons pais que são, almejam apenas o melhor para seus filhos. A grande maioria com o pensamento: “Aquilo que não pude ter, darei a meus filhos”.

Na verdade, você justifica que trabalhou a vida inteira, e às vezes longe dos seus filhos, para deixar um bom legado para eles. O que eles farão da herança, você não saberá. Imagino que alguns dos endinheirados percam, por vezes, o sono. Imagino (apenas imagino) que alguns dos endinheirados que tenham mais de um filho percam o sono diante dos conflitos que surgirão após a sua morte, pelo controle do que poupou e acumulou durante toda sua vida.

Se você tem muito dinheiro ou não tem dinheiro algum, isso não importa, há um legado que você pode deixar. Qual legado você deixará? São apenas tesouros terrenos? Quem sabe são os bons e velhos valores e princípios aceitos pela sociedade? Ou será que deixará aos teus filhos, o testemunho de bons pais que serviram e amaram a Deus de todo coração e que lhes ensinaram não apenas os valores e princípios humanos, mas principalmente os de Deus que está acima.

Será que eles reconhecerão que seus pais foram servos e servas de Deus, que tinham vida de oração, abnegados com relação aos necessitados, desprendidos do dinheiro para com a obra de Deus? Será que o legado que deixarão serão os de amar a Deus, servir a Deus. Amar o próximo, servir o próximo. Amar a igreja local, servir a igreja local. Ser fiel nos dízimos e ofertas. Ser fiel nos compromissos eclesiásticos. Será que os seus filhos serão conhecidos por amarem e servirem a Deus como os pais deles foram? Se é que foram!

Que tipo de herança deixaremos para nossos filhos? Seria uma herança corruptível ou incorruptível. Pense nisso!

“Não ajunteis tesouros na terra, onde traça e ferrugem os consomem, e os ladrões invadem e roubam; mas ajuntai tesouros no céu, onde nem traça nem ferrugem os consomem, e os ladrões não invadem nem roubam. Porque onde estiver teu tesouro, aí estará também teu coração” (Mateus 6 .19-21).


No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth