quarta-feira, 6 de março de 2013

Moisés - A oração como queixa - 02


Moisés - A oração como queixa - 02
Mensagem do dia 06/03/2013 (Quarta) 
Igreja Batista Central em Toledo
Textos: Êxodo 5.20 - 6.1

Nós vimos a semana passada que DEUS NÃO PROMETEU VITÓRIAS SEM LUTA. Que devemos fazer a nossa parte, porque Deus já tem feito a Dele. A situação era difícil. A questão é a mesma: Será que podemos nos queixar de Deus? Nos queixar à Deus? Ou as duas coisas? Será que Ele compreende a nossa queixa? Como agir nestas horas, em que tudo dá errado e as pessoas não nos compreendem? Simples: Entendendo algumas verdades a respeito de Deus e da postura de seu povo. A primeira é que DEUS NÃO PROMETEU VITÓRIAS SEM LUTA.

2ª VERDADE: DEUS ACEITA AS QUEIXAS
Moisés se queixa, Ex 5.22-23: 22Moisés voltou-se para o Senhor e perguntou: "Senhor, por que maltrataste a este povo? Afinal, por que me enviaste? 23 Desde que me dirigi ao faraó para falar em teu nome, ele tem maltratado a este povo, e tu de modo algum libertaste o teu povo!"

Moisés se queixa e fica claro que é uma queixa verdadeira, não para desafiar a Deus, e também não significa que a fez sem temor, mas porque ele realmente estava com o coração triste por não ver os efeitos, os resultados de suas ações. Podemos aprender aqui uma lição: O resultado vem de Deus e não de nossas mãos como aconteceu em  1 Coríntios 3.4-7. Resumindo: Deus dá o crescimento.

Então, Deus não o repreende por sua queixar. Para a impaciência e insegurança de Moisés, Deus responde com paciência e segurança, Ex 6.1: Então o Senhor disse a Moisés: "Agora você verá o que farei ao faraó: Por minha mão poderosa, ele os deixará ir; por minha mão poderosa, ele os expulsará do seu país".

Mas devemos ter muito cuidado. Muitas vezes, em nossas queixas, podemos ser injustos com Deus, soberbos e pretensiosos, achando que temos algum tipo de direito sobre o Senhor. Há pessoas que usam expressões como: "eu decreto... eu não aceito... eu profetizo... Deus faça isso.... faça aquilo". E podemos interpretar errado a ação de Deus. "O Senhor está demorando... nada da certo em minha vida... o Senhor não me ama... etc".

Mas isso não é verdade, 1º Não devemos impor nada para Deus, é ELE quem dá as ordens; 2º Deus está cuidando de tudo mesmo que pareça estranho ou difícil entender sua forma de agir. Para que Deus agisse no tempo certo e como ELE quisesse, Moisés iria ter que ter muita paciência e confiar Nele.

Há aquela frase que diz assim: "Não devemos perguntar a Deus, porque? Mas para que?".  Isso não é verdade também. Podemos perguntar os "Porquês" para Deus, mas com Temor e coração contrito. Podemos até nos queixar, mas devemos ter sensibilidade para entender que nem sempre as queixas são justas. Por isso policie-se nas palavras e intenções do coração. Na sua misericórdia DEUS ouve e compreende.  E ainda responde, apesar de nossa visão errada e limitada das coisas.

No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth