terça-feira, 25 de dezembro de 2012

O Natal


"O NATAL"
Mensagem do dia 23/12/2012 (Domingo/Noite) - Culto de Natal 
Igreja Batista Central em Toledo

Introdução
Faremos uma reflexão sobre o Natal. Na mensagem do dia 09/12 e no boletim deste mês a pastoral tinha como tema "OVerdadeiro Sentido do Natal". Eu disse naquela ocasião que todos os anos ouvia as mesmas coisas sobre o Natal: Que era uma forma de ganhar dinheiro; Que as festas perdiam o controle nas comemorações; Que um "bom velhinho" tomava de Jesus o lugar de figura principal do Natal; Que muitos crentes não comemoram o Natal e nem julgam ele importante por ser uma festa que se originou no paganismo.

Disse que essas coisas podiam até ser verdades, mas propus pelo menos 3 sentidos verdadeiros do Natal:
·         O 1º Sentido Verdadeiro do Natal... É Anunciar o Nascimento de Jesus Cristo. Independente da data, ELE nasceu, portanto, Natal é todos os dias.
·         O 2º Sentido Verdadeiro do Natal...  É Anunciar a Oportunidade de Salvação ao Mundo. Jesus Nasceu para Salvar o mundo, sem exceção. Jesus veio por todas a humanidade.
·         O 3º Sentido Verdadeiro do Natal... É Anunciar o socorro de Jesus Cristo as pessoas. Jesus é o bom pastor que cuida, alimenta e sustenta suas ovelhas.

É NATAL. O que você pensa e o como você se comporta quando chega os dias de Natal? Fiquei me perguntando o que mais ensinar sobre o Natal? Nós já sabemos o que é o natal. Mas o que é o Natal para você? De uma forma prática, O que fazemos nos dias de Natal?

1º Podemos ler as histórias sobre o nascimento de Jesus, são fatos reais registrados nos Evangelhos. (Os registros estão em Mateus 1 e 2; Lucas e 1 e 2; João 1.1-14). Vamos ler Mateus 1.18-25. Não existe uma história mais fascinante do que a história de Jesus. Fico me imaginando daqui uns anos contando a história do nascimento de Jesus para meus filhos. Talvez você já teve oportunidade para fazer isso, talvez você já ouviu as histórias de Jesus contada por seus pais, avós, tios, na EBD... Sobre Jesus foram escritos os mais diversos temas. Fonte inesgotável. Leia, aprofunde-se, conheça, estude, ensine, compartilhe sobre Jesus. Isso para mim é viver o Natal.

2º Admire-se que Deus tenha tomado a decisão de enviar seu único Filho para que seu coração fosse alcançado. Jesus nasceu! Não importa a data, sabemos que dia 25 de Dezembro não é a data verdadeira, mas o que importa a data? O importante é que Jesus nasceu! O Pai desejou, planejou, arquitetou, amou o mundo de tal maneira que enviou seu único Filho ao mundo, para que seu coração e o meu coração fosse alcançado por este amor. Ninguém obrigou, Ele quis enviar Jesus, que mesmo sendo DEUS, abandonou a sua Glória e se fez carne para padecer morte e morte de cruz. Medite: O que seria a sua vida se Jesus não tivesse nascido? Admire-se, fique feliz porque Deus quis enviar seu Filho ao mundo, JESUS NASCEU! Isso para mim é viver o Natal.

3º Agradeça a Deus por ter entrado na sua história, revelando-se em DOIS momentos, no nascimento de Jesus e no seu  novo nascimento. Vamos um pouco à diante. Agradeça a Deus por ter entrado na sua história, a primeira vez em Belém em datas imprecisas (evidente), a segunda na sua história pessoal. Gratidão por sua conversão e tantos outros fatos do interesse de Deus por você. Ele quis entrar em sua vida. De nada adianta apenas conhecer e saber que Jesus nasceu se você não foi transformado, remido pela sangue de Jesus. A gratidão é expressa em corações que desejam servir, participar, cooperar para com o Reino. No Natal podemos ter corações gratos porque Jesus desejou entrar em sua vida para lhe dar a Salvação. Isso para mim é viver o Natal.

Conclusão
Para que o Natal tenha mais sentido prático na sua vida e na vida dos que lhes cercam o que você poderia fazer? Eu penso em apenas uma resposta: Obedecer ao SENHOR dia após dia. Cumprir as suas orientações. Imitar suas atitudes. Falar como ele falou. Pensar como Ele pensou.

O Natal é muito mais que dar presentes e comermos e bebermos nesses dias. Ou fazermos boas obras às pessoas carentes, necessitadas, idosos, doentes etc. O natal não é uma espécie de compensação da consciência. Fui mal o ano inteiro, agora pago de bãozinho.

Decida viver depois do Natal e até o próximo do mesmo jeito que viveu nesses dias natalinos. Se você for, por essa época, mais interessado na história de Jesus, mais atento ao significado da vida de Jesus, mais grato pela vinda de Jesus, mais generoso com os amigos por causa de Jesus, mais solidário com os necessitados como foi Jesus, então viverá o NATAL. Deseje realizar estes ideais para sempre, não apenas nos dias do Natal, mas todos os dias de sua vida.

No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

Clique no link e baixe o slide da mensagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth