sábado, 6 de outubro de 2012

Eleitos


"Eleitos"
Mensagem do dia 06/10/2012 (Acampamento/Adolescentes) 
Igreja Batista Central em Toledo

"9 Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. 10 Antes vocês nem sequer eram povo, mas agora são povo de Deus; não haviam recebido misericórdia, mas agora a receberam" (1 Pedro 2.9-10).

Conceito: A doutrina da eleição (de uma maneira simples) é o propósito de Deus da salvação para a humanidade, sua salvação não consiste nos méritos e obras humanas, mas sim através de sua Graça por meio da fé na obra salvifica de Jesus Cristo. Os eleitos são todos aqueles que receberam Cristo como seu único e suficiente Salvador. Esses são conhecidos como cristãos. E como a Bíblia chama os cristãos? 1. Filhos de Deus (João 1.12); 2. Herdeiros de Deus e Co-herdeiros com Cristo (Romanos 8.17); 3. O Bom Perfume de Cristo (2Coríntios 2.14-16); 4. Embaixadores de Cristo  (2Coríntios 5.20); 5. Sal da terra e Luz do mundo (Mateus 5.13-16); 6. A Geração Eleita (1Pedro 2.9);

  • Porque somos vistos por Deus nesta posição tão virtuosa?


Em 1 Pedro, o propósito ao se mencionar a eleição é certamente o de encorajar, animar os leitores e fortalecer a sua fé, pois estavam passando por perseguições e dificuldades. Mesmo em meio a essas circunstancias eles precisavam dar bom testemunho.

Certamente Deus não nos considera assim para nos acomodarmos e desfrutar de todas as bênçãos e benefícios da Salvação, sem assumirmos nenhuma responsabilidade, até que Jesus volte. Pedro manda seu recado aos leitores: Deus assim os privilegiou "para que proclamem as virtudes do Deus que vos chamou das trevas à sua maravilhosa luz".

Mas para atingir este alvo, é necessário muito mais que um testemunho casual ou superficial. Deus deseja trabalhar em as nossas vidas muito mais do que pensamos. 1. É necessário dedicar a Deus nossas mentes, "mentes preparadas para atuar", "como filhos obedientes" (1.13-15); 2. É necessário rever nossa conduta, maneira de viver, "... sede santos, porque eu sou santo", "portai-vos com temor" (1.16-25); 3. É necessário permitir nosso crescimento espiritual, amadurecimento (2.1-2).

Fica evidente que Pedro faz uma separação entre o crente e o não crente. Os vv.9-10 apresentam uma descrição da “identidade” dos cristãos em contraste com o v.8b “aqueles que tropeçam por desobedecer a palavra”. Consequência da aceitação ou rejeição de Cristo.

"Vocês, porém". Ao contrário dos que não obedecem a Palavra de Deus, "... são geração eleita".  Mostrando quem é o cristão e uma descrição da missão para o qual foram chamados, eleitos. O verdadeiro povo de Deus é identificado como um povo separado pelo próprio Deus. Para ser usado por Ele e para Ele. Um povo santo que tem uma missão clara e fundamental.

A conjunção "para", “a fim de”, ou “para que” é usado apontando o "propósito", a "finalidade" de ser "geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus". A missão portanto, é a de “...proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz”. Proclamardes as virtudes de Deus. Os feitos de Deus devem ser proclamados. O Evangelho deve ser anunciado.

Mais duas expressões importantes: "... vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz”. O antes e o depois da salvação. Trevas e luz. A maravilhosa luz. No v.10, confirma essa separação: "Antes vocês nem sequer eram povo, mas agora são povo de Deus; não haviam recebido misericórdia, mas agora a receberam".

Conclusão: 
Fomos chamados para dar frutos. por isso nós devemos proclamar verbalmente as virtudes louváveis de Deus, seus feitos, seu poder, glória, sabedoria, graça, misericórdia, amor e santidade. Através de nossa conduta, devemos testemunhar que somos filhos da luz e não das trevas independente das circunstancias.

No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

---------------------------------------------------------
"Eleitos"
Debate dia 07/10/2012 Manhã (Acampamento/Adolescentes)

            Através do estudo que tivemos ontem, vamos pensar no coletivo, vamos pensar como Igreja e vamos refletir sobre este tema. Nós já sabemos quem são os eleitos, como Deus os chamou e para que foram chamados. Temos uma missão bastante difícil, pensem e reflitam sobre as seguintes questões:

1. O que pode atrapalhar uma pessoa de cumprir sua missão como verdadeiro cristão? Pense em exemplos práticos para o debate.

2. Qual é a missão da Igreja e quais são as áreas que ela pode atuar e o que ela precisa fazer alcançar na sociedade?

3. Podemos pensar num ministério, atividade, numa ação prática para cumprirmos como igreja esta nossa missão. O que a Mocidade IBCT poderia fazer para alcançar o objetivo de Deus?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth