quinta-feira, 24 de maio de 2012

Um louvor a Deus



Então Moisés e os israelitas entoaram este cântico ao Senhor: "Cantarei ao Senhor, pois triunfou gloriosamente. Lançou ao mar o cavalo e o seu cavaleiro! O Senhor é a minha força e a minha canção; ele é a minha salvação! Ele é o meu Deus e eu o louvarei, é o Deus de meu pai, e eu o exaltarei!” (Êxodo 15.1-2).

Após uma grande vitória vem uma inesquecível comemoração. Este texto é conhecido como parte do “cântico de Moisés”. O povo de Israel tinha muito que comemorar. Depois de uma difícil saída do Egito, onde eram escravos. O povo viu o mar se abrir e atravessaram aquele mar em terra seca e “Naquele dia o Senhor salvou Israel das mãos dos egípcios, e os israelitas viram os egípcios mortos na praia. Israel viu o grande poder do Senhor contra os egípcios, temeu ao Senhor e pôs nele a sua confiança, como também em Moisés, seu servo” (Êxodo 14.30-31).

Moisés foi instrumento de salvação, mas ele resolveu louvar a Deus e o inicio deste louvor é significativo. Moisés Louvou a Deus pelo que ELE fez, mas principalmente, ele o louva por quem Ele é e representa para ele. Como tem sido seus louvores? O que motiva seu coração a louvar?

1. Louvor pelo que Deus fez (v.1). "Cantarei ao Senhor, pois triunfou gloriosamente. Lançou ao mar o cavalo e o seu cavaleiro!”

Um texto muito conhecido que expressa o mesmo sentimento é o Salmo 126.3 “... grandes coisas fez o SENHOR por nós; por isso, estamos alegres”.

Nós devemos ficar alegres pelo que Deus fez, faz e ainda fará em nossas vidas. Porque suas obras não tem fim. Ele realiza grandes coisas. Coisas que nem sequer podemos contar, pois seriam mais numerosas que as estrelas do céu e que os grãos da areia do mar. Deus faz coisas maravilhosas e não temos palavras para expressar nossa alegria. Mas nós só podemos fazer isso porque sabemos quem é este Deus maravilhoso.

2. Louvor por quem Deus é (v.2). “O Senhor é a minha força e a minha canção; ele é a minha salvação! Ele é o meu Deus e eu o louvarei, é o Deus de meu pai, e eu o exaltarei!”

O grande problema da humanidade é que boa parte dela deseja as bênçãos de Deus e não o DEUS das bênçãos. Isso é muito perigoso! Talvez tais pessoas estão recebendo coisas que não vem de Deus e não sabe, exatamente porque não sabe quem é Deus em sua vida. Moisés tinha essa consciência, sabia o que Deus havia feito, mas sabia principalmente quem ELE é e representa na vida dele.

Não podemos inverter os valores e pensar que as bênçãos são mais importantes do que Deus. As bênçãos nos são alcançadas para glorificarmos a Deus e não o contrário, Deus existe para glorificarmos as bênçãos. Toda honra e toda glória seja devidamente endereçada.
  • O que Deus tem feito em sua vida?
  • Quem é Deus para você?

 Sim! Glorifique ao Senhor pelas vitórias, mas jamais se esqueça de quem ELE é para você.

No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth

Um comentário:

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth