sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Habacuque: Expõe seus dilemas para Deus - 04

 Habacuque: Expõe seus dilemas para Deus - 04
Mensagem do dia 05/10/2011 (quarta-feira) 
Igreja Batista Aeroporto de Campo Mourão

Série: Orações na Bíblia-04 – Texto Base: Livro de Habacuque

III- Habacuque expõe seus dilemas para Deus, mas tudo acaba em Louvor (Hb 3.1-19)

Habacuque iniciou o livro questionando a Deus, mas terminou com uma oração de louvor. Depois da resposta de Deus: “O Justo viverá pela fé”, ele eleva o coração rogando a que Deus realizasse novamente uma obra poderosa conforme realizou no Êxodo e no Monte Sinai (3.2).

“Tenho ouvido, ó SENHOR, as tuas declarações, e me sinto alarmado; aviva a tua obra, ó SENHOR, no decorrer dos anos, e, no decurso dos anos, faze-a conhecida; na tua ira, lembra-te da misericórdia”.
 Ele se humilhou perante o Senhor, pedindo misericórdia e adorou ao Senhor cujo “resplendor é como luz, raios brilham da sua mão e ali está velado o seu poder” (3.4). Ele reconheceu o poder de Deus e sua Soberania sobre as nações (3.6-7) e sobre a natureza (3.11 e 15). Perante Deus Habacuque confessou “Ouvi-o e o meu íntimo se comoveu à sua voz, tremeram os meus lábios” (3.16), mas reconheceu que Deus ouviu suas dúvidas e coube ao profeta esperar calmamente pelo julgamento dos perversos.


Habacuque contemplou a Deus e agora confirma sua confiança no DEUS de sua Salvação, numa das condições mais comoventes das Escrituras Sagradas (3.17-19)

17 Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado,  18 todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação.  19 O SENHOR Deus é a minha fortaleza, e faz os meus pés como os da corça, e me faz andar altaneiramente. Ao mestre de canto. Para instrumentos de cordas”.

Quando enfrenta situações difíceis, você confia no Senhor como Habacuque?

Conclusão
Este pequeno livro que começa com um grito de desespero ao Senhor porque parecia que ELE não estava ouvindo a oração, termina de forma maravilhosa. No fim, Habacuque estava alegre e exultando no seu Deus, pois confiava que Ele estava no controle de tudo e reconheceu: “O Senhor Deus é a minha fortaleza” (3.19).

Que nós também, possamos confiar sempre no Senhor, mesmo quando as coisas aparentemente não têm solução e momentaneamente Deus não está atendendo às nossas orações! Que o testemunho de Habacuque seja o nosso também, em toda e qualquer circunstancia anunciemos: “eu me alegro no Senhor, exulto no Deus da minha Salvação”.

No amor de Cristo,

Pr Paulo Berberth

2 comentários:

  1. Como um livro pequeno como Habacuque ensina tanto. Creio que precisamos de Habacuques no dia de hoje.

    ResponderExcluir
  2. Amém; e quem não leu o livro, leia pois é muito especial.

    ResponderExcluir

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth