sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Habacuque: Expõe seus dilemas para Deus - 01

Habacuque: Expõe seus dilemas para Deus - 01
Mensagem do dia 14/09/2011 (quarta-feira) 
Igreja Batista Aeroporto de Campo Mourão

Série: Orações na Bíblia-04 – Texto Base: Livro de Habacuque

Introdução
Há pessoas que dizem não poder questionar a Deus, podemos perguntar o “PARA QUE”, mas não o “PORQUE”. Será que isso é verdade? Será que Deus nos dá a liberdade para perguntar os porquês? O que vocês acham?

Sim! Podemos perguntar para Deus todas as questões que sondam nossos corações, todavia a resposta virá ou não dos lábios do Senhor, porque a resposta depende DELE. E também não podemos tratar a Deus sem a devida reverencia e temor. Talvez Ele permita que você passe por crises exatamente para lhe ensinar algo. O apóstolo Paulo disse: 3 ... também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; 4 e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança.  5 Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado” (Romanos 5.3-5).

Hoje, faremos apenas um PANORÂMA do livro e depois estudaremos com mais detalhes três pontos importantes aplicando em nossas vidas os ensinamentos do Senhor através de Habacuque.

No inicio do livro já aparece uma expressão importante que demonstra a incompreensão de Habacuque: “Até quando?...” (1.2); “... o SENHOR não fará nada?” (1.4): O povo era oprimido. E talvez por isso eles também se desviaram dos preceitos do Senhor.

A RESPOSTA DE DEUS – O que já está ruim pode piorar?  1.5-11: Os Babilônios vão assolar Judá. Eles eram poderosos. Por conta disso, Habacuque “chora mais um pouco”, 1.12-17 – Mas porque SENHOR? Vai permitir o mal? O Senhor é bom, como permitirás o mal para com seu povo? Habacuque resolve se isolar para esperar a resposta do Senhor (2.1).

O Justo viverá pela fé: 2.2-4. O justo não morrerá, exatamente porque é fiel. O Justo será poupado por causa da sua fidelidade. O Infiel não será poupado. Os justos serão preservados no dia da tribulação.

O Senhor ensina o povo a respeito da tirania, desonestidade, ambição e a idolatria (2.5-19). E encerra sua palavra mostrando que ELE é soberano e que é digno de reverencia (2.20).

A justiça triunfará depois que isso foi garantido, Habacuque eleva o coração numa oração rogando que Deus realize novamente uma obra poderosa conforme realizou no Êxodo e no Monte Sinai (3.2-15).

Depois de contemplar ao Senhor, Habacuque confirma sua confiança no Deus de sua salvação, numa das confissões mais comoventes das Escrituras Sagradas, Hc 3.17-19: 17 Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado,  18 todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação.  19 O SENHOR Deus é a minha fortaleza, e faz os meus pés como os da corça, e me faz andar altaneiramente. Ao mestre de canto. Para instrumentos de cordas”.

No amor de Cristo,

Pr Paulo Berberth

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth