terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Aos simples e pequeninos


“Naquela ocasião Jesus disse: “Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque ocultaste estas coisas dos sábios e cultos (eruditos), e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, pois assim foi do teu agrado”. (Mateus 11.25-26)

O texto inicia com a expressão: “Naquela ocasião Jesus disse...” Mas, que ocasião é essa? Nos versículos anteriores Jesus estava falando a respeito da falta de fé de algumas cidades que mesmo vendo seus milagres não creram Nele (vv. 20-24). Então o mestre diz: “Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque ocultaste estas coisas dos sábios e cultos (eruditos), e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, pois assim foi do teu agrado”.

Quando Jesus fala das coisas de Deus estar ocultas aos “sábios” e “cultos”, não quer dizer de maneira alguma, que Ele está arbitrariamente condenando uns e salvando outros. Deus não faz isso, pelo contrário! Os “sábios” e “cultos” são aqueles que pensam que sabem, todavia não sabem nada, são orgulhosos e imaginam que não têm nada a aprender de Jesus. São as pessoas que, apesar dos milagres e da pregação do Evangelho, continuaram a rejeitá-Lo, não crêem na mensagem de Cristo.

“Ele veio para o que era seu, mas os seus não o receberam. Mas a todos que o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes a prerrogativa de se tornarem filhos de Deus” (João1.11-12).

Em contraste, Ele fala dos “pequeninos”, que são aqueles que humildemente, como crianças, aceitam e crêem em suas BOAS NOVAS. E se não compreendem algo, como os discípulos, vão atrás do Mestre e perguntam, tiram suas dúvidas. Jesus nunca recusou dar explicações ou escondeu informações de quem lhe pediu com sinceridade e de todo o coração. Mas evitou responder questões tolas dos “sábios” e “cultos” que na verdade queriam apenas testá-lO, ou melhor, com muita sabedoria respondia perguntando e aí eles se embolavam nas respostas.

O verdadeiro Cristianismo é simples e totalmente entendível para quem deseja crer. Não se baseia em “segredos escondidos”, como é o caso do gnosticismo. Muito menos em “revelações especiais”, que acontece em diversas seitas e também em algumas igrejas que se denominam cristã e pregam muitas revelações e se esquecem do que já foi revelado e que na verdade não há mais nada para ser revelado.

O apóstolo João já alertou: “Todo que vai além do ensino de Cristo e não permanece nele, não tem Deus. Quem permanece no ensino, esse tem tanto o Pai como o Filho” (2João 9). É assim nasce heresias e seitas, quando pessoas que se julgam “sábias” aos seus próprios olhos e literalmente INVENTAM doutrinas e teologias que NÃO vem de Deus. João estava se referindo a essas pessoas e diz: “São muitos os enganadores que estão espalhados pelo mundo...” (2João 7). Isso não é novo, é muito antigo, cuidado!

Você já compreendeu o Evangelho de Cristo? Quando foi a última vez que você agradeceu a Deus, por simplesmente Ele ter se revelado a ti, por ter lhe dado entendimento para ver o que os sábios não vêem?

Talvez agora mesmo seja uma boa oportunidade para agradecer e louvar a Deus por ter o privilégio de conhecer Suas virtudes.  Por isso Ele faz o maravilhoso convite aos que ainda não entenderam: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei”. (Mt 11.28)

No amor de Cristo,

Paulo Berberth


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth