quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Juízo Heim...


1Provérbios de Salomão, filho de Davi, o rei de Israel. 2 Para aprender a sabedoria e o ensino; para entender as palavras de inteligência; 3 para obter o ensino do bom proceder, a justiça, o juízo e a eqüidade; 4 para dar aos simples prudência e aos jovens, conhecimento e bom siso. 5 Ouça o sábio e cresça em prudência; e o instruído adquira habilidade”. (Provérbios 1.1-5)

Eis aí o objetivo do livro de Provérbios escrito por Salomão (2-4), que almejou sabedoria e foi muito sábio, mas nem sempre quis usar, mesmo sabendo e tendo conhecimento de como deveria ou não proceder. Neste caso as quedas são inevitáveis.

Certas coisas são engraçadas, quando era adolescente vivia ouvindo principalmente de minha mãe: “Paulo, juízo heim...”. Muitas vezes achava que ela só estava querendo “pegar no meu pé”, sabe aquele adolescente rebelde, metido a sabichão? Pois é, eu ficava irritado, me achava o “super maduro” e achava que não precisava ser alertado. Hoje entendo claramente que nessa idade a estultícia do coração é mais evidenciada em nossas vidas.
Já faz alguns anos que trabalho com Jovens e Adolescentes e em meu ministério o que não falta é essa expressão juízo heim...”. Vivo dizendo isso para a galerinha e o mais engraçado que a resposta é sempre a mesma que eu dava, ou seja: “Juízo...? Ah... pode deixar que eu tenho!”. Parece automático, mas logo em seguida (não perco tempo) respondo: “Então use! De adianta ter juízo e não usar?”. E é bem aqui que gostaria de chegar. “O conhecimento sem a prática é apenas informação”.

Juízo é o ato de julgar. É a faculdade intelectual de avaliar, de entender, de comparar e tirar conclusões próprias. É fazer bom ou mau juízo de alguém ou de alguma situação. Uma pessoa ajuizada neste sentido de que estou me referindo é uma pessoa que age com prudência, é sensata, tem bom senso, tino, siso.

Há aquela velha piadinha sobre o “dente do siso”, que depois dele se extraído, a pessoa passa a ter juízo. Isso se dá porque os dentes do siso ou terceiros molares são os últimos dentes a desenvolverem-se. Normalmente desenvolvem-se no final da adolescência ou por volta dos 20 anos. Digamos que nessa idade já se espera que a pessoa TENHA JUÍZO E SAIBA USÁ-LO, para o seu bem. No entanto, sabemos que nem sempre isso acontece e, diga-se de passagem, não é culpa do dente viu!

Aí, segue a idéia... Para você ser ajuizado é necessário buscar na Palavra de Deus os valores, orientações e princípios verdadeiros e eternos que o Senhor requer de seus servos, principalmente para nós que somos jovens e adolescentes (eu também sou jovem), pois somos bombardeados de todos os lados para caminhar por caminhos tortuosos e nada agradáveis, por isso...

21 Filho meu, não se apartem estas coisas dos teus olhos; guarda a verdadeira sabedoria e o bom siso 22 porque serão vida para a tua alma e adorno ao teu pescoço. 23 Então, andarás seguro no teu caminho, e não tropeçará o teu pé”. (Provérbios 3.21-23).  

Ei você aí... Juízo heim...?  Ah... você já tem? Então... Use!

No amor de Cristo,

Paulo Berberth

10 comentários:

  1. “O conhecimento sem a prática é apenas informação”.

    é verdade... Vou USAR daqui pra frente pastor

    ResponderExcluir
  2. que puxão de orelha kkk
    Que Deus te abençoe sempre e ti dá sabedoria

    ResponderExcluir
  3. É isso aí!!

    "Alegre-se, jovem, na sua mocidade! Seja feliz o seu coração nos dias da sua juventude! Siga por onde seu coração mandar, até onde a sua vista alcançar; mas saiba que por todas essas coisas Deus o trará a julgamento." (Ec 11:9)

    Ou seja, JUIZO HEIN!

    ResponderExcluir
  4. Muito bom Paulinho como sempre! Amei o texto...

    ResponderExcluir
  5. amigo muitooo bom e isso msm! De que adianta se nao usar...

    ResponderExcluir
  6. Paulinho alem de escrever bem voce eh um gato amiguinho

    ResponderExcluir
  7. MuitOO bom...Pode deixá vou ter JuizOO***kkkk
    Palavra edificante*Que Deus conutinue te abençoando Paulim*_*

    Não erreis: Deus não se deixa escanecer, pq tudo o que o homem semear, isso tb ceifará
    Gálatas 6:

    ResponderExcluir
  8. è muito interessante e informativo teus post tenho crescido bastante espiritualmente , amadureci mto depois que te conheci , tu és um bom pastor , conselheiro e amigo eu ja tenho juízo , porém uso pouco huahuhuahua economia rsrs mais vou usar mais daqui para frente..

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho usado muito bem hehe...

    Gostei do post Goiabãoo...

    Que Deus te abençõe sempre!!

    Abçs.

    ResponderExcluir
  10. Boa pastor,tem gente que fala que tem juizo,mas nao usa.Cajado neles.

    ResponderExcluir

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth