terça-feira, 21 de setembro de 2010

Vaso ruim também quebra


Ele tinha trinta e dois anos quando começou a reinar e reinou oito anos em Jerusalém. Morreu sem deixar saudades; sepultaram-no na Cidade de Davi, porém não nos sepulcros dos reis”. (2 Crônicas 21.20)

Que lástima! Uma das coisas mais gostosas é ser querido e ser bem lembrado. O texto acima está se referindo a Jeorão, filho de Josafá (é essencial a leitura do cap 21 inteiro). A Bíblia diz que ele fez o que era mau diante do Senhor (v.6), matou seus irmãos (v.2), construiu altares e levou os habitantes à prostituição (v.11), tudo isso porque ele abandonou o Senhor (v.10). O profeta Elias manda um aviso e seu final foi realmente muito lastimável, morreu por conta de uma doença terrível (v19). E morreu sem deixar saudades e não teve glória nenhuma de rei (v.20).

Eu fiquei pensando nessa expressão: Morreu sem deixar saudades. E gostaria de fazer uma breve reflexão, quando eu morrer...

þ  Que lembranças deixarei?
þ  Que Marcas ficarão?
þ  Como serei lembrado?
þ  Será que farei falta para alguém?
þ  Sentirão saudades?

Eu particularmente não quero ser lembrado por uma pessoa medíocre que passou pela vida e não foi relevante na vida de ninguém, que não fez a diferença. Não quero apenas ser diferente, pois ser deferente não significa nada se não fizer a diferença, se não construir, se não edificar.

Quero ser lembrado como servo do Senhor. Quero ser lembrado pelas pessoas como um bom amigo e companheiro. Quero ser lembrado por ter dado bom testemunho. Falo isso não por orgulho ou glória pessoal, mas desejo de todo o coração essas coisas para que ao falarem ou lembrarem-se de meu nome (Paulo Berberth) o NOME sobre todo nome (Jesus Cristo), seja engrandecido, exaltado e glorificado.

Imagine se você morresse lhe enterrassem você por enterrar e o sentimento é de que você “foi tarde”, não deixará saudades nenhuma... Jeorão foi assim, vaso ruim também quebra.

E você, como será lembrado?

Oração
“Vivamos de tal modo que nossas vidas venham impactar o mundo para honra e glória de Jesus Cristo. Oh Senhor, nos ajude nisto. Amém!”.

No amor de Cristo,

Paulo Berberth

3 comentários:

  1. Sempre penso sobre isso. Como vou ser lembrada quando for embora daqui, quando eu morrer... E sempre me questionando se estou realmente fazendo diferença neste mundo...
    Gosto muito dos seus posts!Deus te abençoe!
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente conheço várias pessoas que morreram e não deixaram saudade.... e outras que ainda morrerão e não deixarão saudade...

    Não preciso deixar saudade, mas espero que lembrem de mim como alguém que testemunhou do amor de Deus.

    Abraço! Deus te abençoe

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto.... somos escolhidos e os escolhidos vieram ao mundo para fazer a diferença e não ser mais um na mediocridade, mas sim um para somar e distribuir o evangelho o qual somos embaixadores... grande abraço Paulinho.

    ResponderExcluir

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth