sábado, 26 de junho de 2010

Saudades


“Pois minha testemunha é Deus, da saudades que tenho de todos vós, na terna misericórdia de Cristo Jesus” Filipenses 1.8

Saudades! Eu não sei por que, mas ela está sempre presente. O que é?  Como explicar? Alguém disse que a saudade é amar um passado que ainda não passou, é recusar um presente que machuca, é não ver o futuro que nos convida.

Penso que saudades é o sentimento mais urgente que existe. É como a fome que só passa depois de ter sido matada, é como a sede depois de ter sido saciada, é como o silêncio depois de ter sido quebrado. Nem gostamos de dizer adeus com medo de não falar Oi, ao mesmo passo que o até logo também é uma tortura.

Saudades! Quem não sente? Ou jamais sentiu? É porque ainda não viveu. Eu sinto saudades de pessoas especiais e de momentos importantes de minha vida. Sinto saudades das lembranças, dos gestos, das palavras, da voz, do rosto, do sorriso, do choro, do colo, do ombro, das mãos, das gargalhadas e brincadeiras.

Estranho este sentimento e o mais engraçado é que sinto saudades até mesmo do que não vivi. Seria o sonho não realizado? O desejo não concretizado? As palavras não ditas? Os gestos não sentidos? O sorriso não admirado? Dos abraços e beijos e carinhos não recebidos?

Por causa dela, dá vontade de chorar e de rir, de abraçar, de beijar e até mesmo de cantar. É neste emaranhado de sentimentos após uma curta reflexão, concluo que não entendo muitas coisas e para estas dúvidas digo que... Eu não sei, além de saber que ela está aqui e dói.

Oração
“Senhor, conforte o meu coração em nome de Jesus. Amém”.

No amor de Cristo, Pr Paulo Berberth

12 comentários:

  1. Aiiii Lindo demais chorei a bessa lembrando das minnhas saudades

    ResponderExcluir
  2. CARA TU É BOM MESMO
    OBRIGADO
    ACALENTOU MEU CORAÇÃO
    GRANDE ABRAÇO

    ResponderExcluir
  3. PArabens...!! Disse tudo mesmo!!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada... eu tbém não
    tenho respostas
    "... concluo que não entendo muitas coisas e para estas dúvidas digo que... Eu não sei, além de saber que ela está aqui e dói".

    ResponderExcluir
  5. Muito lindoOO realmente é issOO mesmoo..Que Deus continue te dando sabedoria sempre...

    ResponderExcluir
  6. Saudades... é prova de que o passado valeu a pena! mas porque muitas vezes dizemos quando estamos orando, que sentimos saudades de Deus se ELE sempre está conosco? Será que saudades é só a falta do passado mesmo? ou como foi dito no texto, é a falta do que ainda não chegou, mas que esperamos, daí podemos relacionar isso com a fé, puxa!!!! a fé, será que é parecida com a saudades? porque esperamos sem ver, mas confiamos que virá. Sentir saudades é bom...muitos não gostam, mas a verdade é que ela nos ajuda a amadurecer, a valorizar o que outrora não dávamos valor, a lutar pelo que se quer, pois é...saudades eterna saudades, que um dia quando estivermos face a face com o Rei dos reis, não vamos precisar mais senti-la.Deus te abençoe Paulin meu querido, continue sendo assim inspirado pelo divino Espírito Santo. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Deus...

    Saudade..tenho tantas,saudades de coisas que nem sei..Saudades apenas!!!.

    Amigos que se foram,planos e projetos não concluidos, sonhos que se perderam, amigos que se foram..mas mesmo assim minha saudade se transforma em Esperança..Cristo é minha maior saudade e esperança.


    Lindo Texto Pauloo,Deus em Cristo o abençõe!!

    ResponderExcluir
  8. Graça e paz Paulo!
    Sim eu gostei do seu artigo por isso publiquei no meu blog, assim como leio outros artigos seus e sempre que gosto eu publico.
    Postei vários artigos sobre o livro que você me indicou Temperamentos Transformados, e são os mais acessados em meu blog.
    Fica na paz do Senhor ùnico e nosso Salvador.

    ResponderExcluir
  9. Ahhh , tenho sempre esse sentimento saudades =/ essa palavrinha q faz com q o peito aperte , as vezes as lágrimas escorre em nosso rosto ... amei seu post , que Deus conforte o teu , o meu e o de todos que sentem saudades !!! Daniela Pereaz.

    ResponderExcluir

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth