quarta-feira, 31 de março de 2010

Tristeza


A minha alma, de tristeza, verte lágrimas; fortalece-me segundo a tua palavra”. Salmo 119.28

Quem nunca ficou triste sem motivos? Tem dias que não estamos bem, não queremos falar com ninguém e ao mesmo tempo gostaríamos de ter alguém talvez não para falar conosco, mas apenas para ficar ao nosso lado. Também tem dias que não queremos orar, não queremos ler a Bíblia e noutros que quando estamos tristes não paramos de orar e de ler a palavra de Deus. O mais interessante é que muitas vezes nem ao menos sabemos explicar esta tristeza. Num desses dias que não queremos falar aparece alguém com seus problemas para compartilhar conosco e Deus nos fortalece e ficamos satisfeitos por ajudar alguém, no entanto a nossa tristeza pode permanece ali e logo retorna.

A tristeza é um sentimento humano que expressa o desânimo ou frustração em relação a alguém ou algo. Tristeza é o oposto da alegria. O mais engraçado é que o assunto do meu texto anterior foi sobre alegria e agora estou escrevendo sobre tristeza, já adianto que isso não foi programado. Mas estive pensando, a tristeza causa reações físicas em vários níveis como a depressão, o choro constante, insônia, falta de apetite, angustia, desespero. É comum a tristeza ser descrita como algo amargo, como uma dor muitas vezes insuportável ou ainda como sentimento de incapacidade e até mesmo de perda e saudades. É comparada com o deserto, com tempestades e por aí vai...

Pensei também... O que a Bíblia diz sobre a tristeza? E o que podemos extrair da tristeza?

Seguir Jesus eventualmente traz sofrimento e tristeza para todo discípulo é normal por isso “resisti-lhe firmes na fé, certos de que sofrimentos iguais aos vossos estão se cumprindo na vossa irmandade espalhada pelo mundo”. (1 Pedro 5.9). Mas ela nos edifica “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação” (2 Coríntios 4.17).  No entanto podemos ter certeza de que “o choro pode durar a noite toda, mas a alegria vem pela manhã”. (Salmo 30.5).

Seja qual for a razão do choro, a fé em Jesus produz em nós a esperança de que um dia "Deus enxugará dos seus olhos toda lágrima" (Apocalipse 7.17) porque o motivo da tristeza terá sumido para nunca mais voltar e dará lugar a uma alegria imensa que durará para Eternidade. Não somos daqui deste mundo, apenas estamos no mundo por isso “Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens” (1 Coríntios 15.19). Há coisas grandiosas preparadas por Deus para todos os seus filhos “mas, como está escrito: Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram,nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam”. (1 Coríntios 2.9).

A permanência da tristeza vai depender de como vamos enfrentá-la. O melhor de tudo é que podemos confiar em Deus e saber que quando ficamos tristes Ele nos consola e nos alegra, restaura o nosso ânimo e nos enche de esperança.

Oração
“Obrigado óh Deus por participar de minha vida em todos os momentos. Na tristeza peço-te que fortaleça-me segundo a tua palavra. Em nome de Jesus. Amém”.

No amor de Cristo,

Paulo Berberth

Um comentário:

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth