quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Santificação IV

(Paz em Cristo)

“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize”. João 14.27


Continuando a conhecer alguns aspectos práticos da santificação, agora, este texto, será tratado o terceiro fruto do Espírito Santo (encontrado em Gl 5.22-23), a Paz. Qual o conceito de paz vivida pelo mundo? Como pregam a paz? Qual a forma que ela se apresenta? Como vivenciam a Paz? Será que é possível ter a paz se não for em Cristo?

Percebo que o mundo tem um conceito de paz totalmente invertido ao que a Bíblia ensina. De que adianta as pessoas se vestirem de branco e botarem no rosto um sorriso amarelo e diz que estão manifestando à favor da paz. A paz não é um estado de espírito, de que adianta externar algo que não vive e conhece se por dentro há uma grande e interminável guerra.

A paz não é o que se encontra no mundo. Pergunto: Que paz é essa que se arma para guerra? Onde está o fim da destruição? A ansiedade quer vencer o desespero do coração. O egoísmo e a maldade desejam camuflar o real sentimento que habita nos corações. A passeata é bonita e mobiliza, porém é hipócrita, pois os corações estão cheios de ódio e falta de perdão. O nome da paz foi declarado na cruz. O nome da paz é Jesus. Ouço a voz que diz: “Minha paz vos dou”. Ouvindo esta voz tudo vai mudar...

Somente Jesus Cristo é capaz de dar Paz ao coração. E o cristão tem a oportunidade de mostrar ao mundo esta Paz. Ontem à noite fui atender uma pessoa, ela estava com dúvidas a respeito das coisas que acontecem no mundo, sobre as atrocidades que o ser humano é capaz de cometer. A grande questão dela era: Porque Deus permite essas coisas? Porque eu não sinto paz? Porque eu vivo com medo e insegura?

Amados, quando Deus nos dá oportunidades como esta, devemos aproveitá-las e com Amor e Alegria falar da Paz que habita em nossos corações. Falar da verdade que conhecemos. Falar do incrível amor e da mudança que houve em nossas vidas por causa desta Paz, vinda do Mestre Jesus. A fonte da Paz. O príncipe da PAZ. No final da conversa ela me disse: “Obrigado, não vou mais ter medo, agora eu sei de onde vem a Paz verdadeira e como eu posso tê-la”. Aleluia! Que ela tenha entendido a mensagem.
Também o cristão deve viver em paz e não apenas tê-la interiormente. O cristão deve levar a paz onde há guerra. O cristão deve contribuir para com a harmonia com as pessoas que os cercam, mesmo tendo diferenças e tendo temperamentos diferentes. Ele não deve olhar para as circunstâncias, ele deve deixar que a PAZ de Deus transborde o coração de tal maneira que o que está em guerra perceba a diferença do cristão, seja pela palavra branda, um olhar de amor, quem sabe um abraço sincero, ou até mesmo um pedido de perdão, quem sabe andando a segunda milha, oferecendo a outra face, amando incondicionalmente. Bom, eu sei que fácil não é, mas sei que assim devo agir para honra e glória do meu mestre. JESUS.

Anunciemos a Paz, anunciemos JESUS. E principalmente que todos nós vivamos a Paz de Deus, se não... o mundo continuará buscando paz noutros lugares e noutras coisas que jamais terão. Este é o nosso desafio!

No amor de Cristo,

Paulo Berberth



_______________________________________
Eu gosto muito desta música, depois ouça ela.
O nome da paz – Banda Resgate


Um comentário:

  1. PAZ...
    Palavra tão pequena, porém que faz toda a diferença na vida do ser humano...
    Como é maravilhoso viver a PAZ que excede todo entendimento, a paz que só Cristo tem a capacidade de nos oferecer...A paz que independe das circunstâncias, a paz que nos faz deitar no travesseiro e dormir mesmo em meio às lutas, às batalhas, às enfermidades, ao desemprego...A paz que nos faz descansar, pois nos dá a certeza de que somos guardados pelo "guarda de Israel", que não dorme...Aleluia!!!
    Que o Senhor nos livre de sêrmos "aliciados" pela "pseudo paz" que o mundo oferece...Pois sabemos que a paz, só Cristo nos dá!!!
    "E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus." (Filipenses 4 : 7)
    Graça e Paz!!!!

    ResponderExcluir

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth