segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Santificação III

(A Alegria – Marca do Cristão)


“Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado de amigos, porque tudo quanto ouvi do meu Pai vos tenho dado a conhecer” João 15.15

Jesus não fez esta afirmação para qualquer um, mas aos seus discípulos. Homens que estavam andando com Ele por mais de três anos. Homens que haviam deixado tudo para segui-lo. Homens que haviam se dedicado a obedecê-lo e a servi-lo.

Conosco não é diferente, pois ao dedicarmos as nossas vidas a Cristo entregamos cada aspecto ao seu controle e senhorio. Descobrimos que nossa relação tem uma diferença muito grande daquela que se esperava entre senhor e servo. A nossa relação já começou diferente, pois fomos comprados por alto preço e ainda quando não merecíamos.

Se Cristo agora é o Senhor e nós somos servos, então Ele dá as ordens e nós devemos obedecer. Isso não mudou e não mudará – embora algumas teologias por aí, querem decretar e declarar o que Jesus deve ou não fazer. Quando um servo qualquer realiza uma tarefa, ele o faz porque é obrigado pela sua condição de escravo. Nós, porém, quando recebemos de Cristo uma ordem, devemos cumprir com ALEGRIA, porque nos dedicamos a servi-lo por amor. Não somos servos apenas, somos amigos e isso deve ser motivo de Alegria para todo cristão.


Cumprir a vontade do meu mestre me dá acesso ao Seu coração, pois Ele deseja ser meu amigo. Isso é demais! Eu não merecia nada, a não ser a condenação pelos meus pecados, e Ele me resgatou das trevas, trouxe-me para a Sua maravilhosa Luz, livrou-me da opressão de satanás, libertou-me do poder do pecado e encheu-me com Seu Espírito Santo e deu-me a ALEGRIA verdadeira e genuína que trouxe sentido para o meu viver. Mesmo sendo infiel e muitas vezes pecando, mesmo assim, Ele ainda deseja ser meu amigo.

Uma das coisas mais tristes é ver um cristão sem Alegria, lembro-me de uma situação em que um incrédulo veio conversar comigo e disse que estava aconselhando um cristão, porque vivia cabisbaixo e triste pelos cantos. Palavras de um incrédulo: “Eu, ser cristão como fulano? Nem pensar! Vejo que o cristão tem motivos de sobra para Sorrir e se alegrar, é só olhar nos olhos de um e veremos que tem Alegria”. Aquilo muito me chamou a atenção, um não crente ensinando um crente que ele tem motivos de sobra para sorrir e se alegrar.

Amados, fomos chamados para resplandecer a ALEGRIA do Senhor às pessoas que nos cercam. Somos amigos do mestre, e não do “Tião da esquina”. Somos Embaixadores do Rei, Sirvamos a Ele, portanto, com alegria e amor. Que possamos refletir em todo tempo a Alegria da salvação em nossas vidas. E se nos abatermos, que possamos nos lembrar de textos como esses abaixo:

“Alegrai-vos no Senhor, outra vez digo: Alegrai-vos!” (Filipenses 4.4)



“O Choro pode durar uma noite toda, mas a Alegria vem do Senhor (Salmo 30.5b)



"Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna". Hebreus 4.16

Oração:
"Que este fruto do Espírito Santo, a ALEGRIA, seja evidente em nossas vidas em Nome de Jesus Cristo. Amém!"

No amor de Cristo,

Paulo Berberth

2 comentários:

  1. PARABÉNS PR
    Que Deus te abençoe sempre
    A Alegria do SENHOR é a minha Força
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Quem de nós, crentes em Jesus, nunca nos entristecemos?
    Somos humanos, e na vida incluem tempos difíceis, tais como: enfermidade, desemprego, separações, decepções, entre vários outros, que nos fazem chegar a um estado de tristeza. O maravilhoso disso tudo é saber que servimos a um Deus extremamente amoroso, que se importa com o sentimento de seus filhos, e que nos tira daquele estado de tristeza e nos transporta para a alegria...
    Maravilhoso demais isso...Afinal o nosso Deus já havia nos advertido, que no mundo teríamos aflições, mas que tivéssemos bom ânimo...
    Que o Senhor nos conceda a cada dificuldade, a graça de sêrmos consolados, e que possamos fazer dos "vales" um manancial...
    A tristeza passa...
    E a alegria vem...
    Graça e Paz!!!

    ResponderExcluir

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth