terça-feira, 7 de julho de 2009

A Tristeza profunda de Elias


A depressão é um dos assuntos mais mal compreendidos na igreja evangélica da atualidade. Muitos pastores lidam com a depressão como se fosse ação demoníaca. Outros vêem como pecado. Mas na verdade a depressão é uma doença, e muito séria. Claro que na minha limitada forma de ver e perceber os fatos deste assunto, não quero de forma alguma esgotá-lo com minhas simples observações, mas creio que trata-se de uma doença que pode levar a pessoa até ao suicídio, penso que de alguma forma ela possui estágios, uns mais elevados outros nem tantos. Vamos analisar o que houve com Elias e como ele passou por tão grande tristeza.

Devemos tomar cuidado com a ressaca de uma grande vitória. Você nunca é tão vulnerável como depois de uma grande vitória.

“As vitórias de ontem não são garantias de sucesso de hoje”.

Todo dia você precisa estar cheio do Espírito Santo. Elias, o guerreiro e gigante servo do Senhor, depois de derrotar os profetas de Baal, agora teme, foge e se deprime (1Reis 19.1-4). Quais foram as causas da depressão de Elias?

Primeiro: Ele olhou para as circunstâncias em vez de olhar para Deus (1Reis 19.2-3). A vida dele dependia de Deus, e não de Jezabel. Sua vida e a minha vida, depende de Deus e não de homens.

Segundo: Ele se afastou das pessoas mais próximas na hora em que mais precisava delas (1Reis 19.3b). A solidão não é um bom remédio para quem está deprimido. As pessoas precisam de Deus, mas também precisam das outras pessoas.

Terceiro: A autocomiseração mascarou a visão dele sobre a vida (1Reis 19.4,9) Elias pensou que estava sozinho.

Quarto: o esgotamento físico-emocional (1Reis 19. 4-5). Elias estava fisicamente cansado e emocionalmente exausto.

E como Deus curou a depressão de Elias?

Deus usou quatro expedientes:

Primeiro: Sonoterapia (1Reis 19.5). Uma pessoa deprimida não consegue desligar sua mente. O corpo fica moído, mas a mente não desliga.

Segundo: Boa alimentação (1Reis 19.6). Deus preparou uma mesa para Elias no deserto.

Terceiro: Desabafo (1Reis19.9). Deus mandou Elias sair da caverna, abrir as câmaras de horror do seu coração e espremer todo o pus da ferida.

Quarto: Deus lhe mostrou uma nova perspectiva para o futuro (1Reis 9.15-21). Elias estava vendo a vida pelo retrovisor. Ele olhava com saudosismo para o passado e com desânimo para o futuro. Ele queria morrer, pensando que o melhor da sua vida ficara no passado. Mas Deus mostrou que seu ministério ainda não tinha acabado. Ele ainda precisava ungir um rei na Síria, outro em Israel e um profeta em seu lugar. Elias queria morrer, mas o plano de Deus era levá-lo para o céu sem passar pela experiência da morte.

O melhor de Deus para a vida de Elias ainda estava por vir. Elias queria morrer, mas não sabia o que pedia. Quando estamos deprimidos, pensamos na morte de forma obsessiva. Não porque queremos morrer. Na verdade, queremos viver, mas, como não vemos outra saída senão na morte, então queremos morrer. O que sentimos é uma dor tão profunda que julgamos maior do que a própria morte. Por isso, as pessoas deprimidas flertam com a morte. Mas Deus na sua bondade nem sempre nos dá o que queremos, mas aquilo que necessitamos. Deus não respondeu positivamente à oração de Elias. Ele queria ir para o céu mediante a morte, mas Deus o levou para o céu mediante o arrebatamento.

Elias cumpriu plenamente o seu ministério. Ele acabou a carreira e estava pronto para ir para a casa receber sua recompensa. Na corte de Acabe foi mensageiro de Deus. Em Querite, foi quebrantado por Deus. Em Sarepta, foi lapidado por Deus. No Carmelo, foi usado por Deus. Na caverna, foi restaurado por Deus. Mas no Jordão, foi arrebatado por Deus.

Eu não sei se você tem passado por alguma dor ou tristeza profunda assim como Elias passou, mas uma coisa eu sei. Deus tem o melhor, Ele conhece nossas limitações e fraquezas. Ele pode mudar o rumo de nossas vidas, mesmo que peguemos desvios perigosos. Ele pode fazer milagres que não esperamos.

Quanto a mim, segue em meu coração a esperança de cumprir cabalmente a missão e o ministério que Deus me confiou, mesmo sendo eu infiel e negligente com as coisas Dele. Sinto-me privilegiado em ter sido escolhido por Ele para tão grande missão que é a de Anunciar o Evangelho e testemunhar do amor de Cristo para todas as pessoas que me cercam, não apenas em palavras, mas principalmente em atitudes.

Oração:
“Senhor perdoe-me por meus erros e pecados, quero ser Fiel, mas não sou, quero ser Firme e dedicado, mas também não tenho sido de fato quem o Senhor deseja que eu seja, porque assim como o apóstolo Paulo disse certa vez que – o bem que quero não faço e o mal que não quero isso faço – peço-te que guie os meus passos e realize através de minha vida os teus propósitos, isto é o que mais anseio, ser Teu instrumento neste mundo que tanto sofre por não conhecer a Ti. Em nome de Jesus. Amém”.

No amor de Cristo,

Paulo Berberth

3 comentários:

  1. obrigado pelas essa oraçao essa palavras estou tão triste pois fiz uma burrada mais essa oraçao me fez sentir melhor obrigado jesus

    ResponderExcluir
  2. que benção de Palavra, Paulo. Eu concordo com vc na questao de q mtas pessoas vêem a depressão como um pecado, ação demoníaca, etc. E realmente a depressão é uma doença. Médicos tb consideram uma doença, tanto é q receitam remedéios para a cura da depressão, e qdo vem a depressão ela precisa ser tratada, pq a tendência é piorar, quando vai deixando de lado. Para evitar a depressão temos q evitar sempre estar sozinhos, estar sempre nos alimentando com a Palavra de Deus, e sermos cientes que temos vitórias mas isso nao quer dizer q amanha nao teremos lutas... as lutas vem mas nao é motivo para desanimarmos e entrarmos em depressão.
    Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  3. De Deus esse texto pra minha vida...
    Quantas vezes nos vemos como Elias, pedindo a morte para nós...Com a nossa visõa embaçada, sem conseguir enxergar a solução, a saída, a restauração...mas contamos com esse Deus maravilhoso, que assim como foi com Elias, tem sido conosco, nos dizendo: sai da caverna!!!!
    Que possamos obedecer à voz do Senhor e sairmos desse lugar que limita nossa visão, afinal como de dentro da caverna olharemos para o céu que é de onde vem o nosso socorro?
    "Elevo meus olhos para os montes, de onde me virá o socorro?
    O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra" (salmos 121:01 e 02 )

    ResponderExcluir

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth