quinta-feira, 28 de maio de 2009

Finalidade Clara

Finalidade Clara

"assim como nos escolheu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor" (Efésios 1:4 ARA)

Tenho ouvido várias pregações sobre muitas coisas como prosperidade, restituição (o tema do imposto de renda), unção disso e daquilo outro, soube ainda ontem que existe até a unção do riso (hilário, para não dizer ridículo), pregações humanistas e existencialistas, pregações sobre atitude positivas na vida e coisas nesta linha. Isso pode até ser "legalzinho", pode até fica uma “bela” e “tocante” pregação.

Mas o que Deus deseja de nós tem a ver com o motivo para Ele ter nos criado, o que segundo este texto, é para que sejamos santos (semelhantes a Ele) e irrepreensíveis. Esses caras não pregam sobre uma vida assim com Cristo, apóiam o secularismo, acham que não tem nada a ver certas coisas, porém conseguimos perceber claramente que a vida dessas pessoas são vazias e fúteis, são charlatões e estão fazendo da igreja de Cristo um “Circo” pior ainda é que a platéia tem seguido esses movimentos.

A questão toda é que devemos nos lembrar continuamente que Deus nos criou para sermos santos, e isso não é uma coisa pequena ou boba. Nos tornarmos gradualmente semelhantes a Jesus em caráter e posicionamento e essência, exige integridade na vida, retidão, compromisso com Deus, com sua Verdade e Palavra, exige perseverança, muito esforço e dedicação como também um toque de amor pelas coisas de Deus. O Espírito Santo fará a parte dEle, mas nós devemos assumir a nossa responsabilidade, a vida cristã tem que ser prática, a palavra de Deus é praticável. Não é necessário lembrar que se isso foi uma escolha que aconteceu antes da fundação do mundo, querer nadar contra Deus e sua vontade é perder tempo. Deus tem um propósito e seremos mais felizes ao imitá-lo e segui-lo para nossa edificação.

Me perguntaram certa vez como eu definiria santidade. Foi duro de encontrar uma definição, mas me veio à mente algo como:

"Santidade é fazer o que Jesus faria no meu lugar e não deixar de fazer o que Ele espera que eu faça".

Se é isso que Deus espera de nós, vamos correr atrás pois ninguém é mais beneficiado que nós mesmos. Faremos então a vontade de Deus?

Oração:
"Deus querido, sinto-me privilegiado por ser Teu, quero ser ensinado por Ti a ter como objetivo de vida o meu crescimento espiritual em santidade, buscando sempre a tua vontade e o Teu querer para todas as decisões de minha vida, ajude-me para tanto. Amém"

No Amor de Cristo,

Paulo Berberth

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário!
No Amor de Cristo,
Pr Paulo Berberth